menu

Disciplina para despertar vocação pela magistratura começará a ser implantada este ano

MG: STF já pode decidir sobre designados


Procuradoria Geral da República envia ao Supremo parecer sobre ação que pode tirar de seus cargos 98 mil servidores públicos estaduais efetivados sem concurso em 2007

A última peça que faltava para o julgamento da ação direta de inconstitucionalidade (Adin) que pode anular a efetivação de 98 mil servidores do estado de Minas Gerais já está nas mãos do relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), o ministro Dias Toffoli. O parecer da Procuradoria Geral da República (PGR) pela procedência do pedido de suspensão dos efeitos da lei complementar de 2007, que efetivou, sem concurso público, os chamados designados da educação, foi protocolado na terça-feira. Agora cabe a Toffoli dar o seu voto para que o processo seja incluído na pauta do plenário do STF.

A regra foi questionada em novembro do ano passado, quando o ministro relator Dias Tofoli determinou o rito abreviado para o processo, ou seja, a ação será julgada diretamente no mérito. No parecer da PGR, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, se remeteu às alegações que já havia feito na petição inicial, assinada por ele. Na peça, Gurgel dizia que as contratações sem concurso são permitidas em vagas temporárias e, nesse sentido, o reconhecimento de que um cargo que era temporário passa a ser necessário como permanente, isso implica na obrigação de transformá-lo em posto de provimento efetivo. Gurgel cita também na Adin duas ações no STF que tornaram inconstitucionais leis semelhantes no Rio Grande do Sul e Distrito Federal. O procurador pediu uma medida cautelar para suspender a norma por entender que sua vigência implica em gastos no orçamento estadual e prejudica outras pessoas, que poderiam ter acesso aos cargos por concurso público.

Parte da lei já havia sido declarada inconstitucional pelo Tribunal de Justiça de Minas Gerais em julgamento de arguição de inconstitucionalidade cível, mas, como a decisão atingia um universo pequeno dentro do total, a PGR decidiu entrar com a Adin para excluir todos os beneficiados dos quadros do estado, alegando violação dos princípios públicos da isonomia, impessoalidade e obrigatoriedade de concurso público.

Vínculos Em fevereiro, a Advocacia Geral da União (AGU) emitiu parecer entendendo que o artigo da Lei Complementar 100/07 questionado fere a Constituição federal, que determina o ingresso na administração pública somente por concurso público. Opinou, porém, pelo não recebimento da ação, por considerar que ela foi elaborada de modo errado.

A legislação questionada efetivou os cerca de 98 mil funcionários contratados sem concurso até 31 de dezembro de 2006 que trabalhavam com vínculo precário no estado, lotados nas escolas e universidades públicas em funções como professores, vigilantes e faxineiros. Por emenda acrescentada pelos deputados estaduais, também foram beneficiados pela regra 499 funcionários da função pública e quadro suplementar lotados na parte administrativa da Assembleia Legislativa. Durante a tramitação do então projeto na Assembleia, houve uma grande polêmica sobre a constitucionalidade de texto, que fazia parte de um acordo estimado em R$ 10 bilhões com o Ministério da Previdência para o governo mineiro obter o certificado de regularização previdenciária (CRP), documento necessário para obter recursos da União. Desde 2004, o CRP vinha sendo obtido por decisões judiciais liminares.

Fonte: Estado de Minas
Saiba mais no SOS Concurseiro

218 comments

  1. jorge milani

    A lei 100 é totalmente inconstitucional desde a sua criação. Errado está a pessoa ou as pessoas que a criou. Como ficará a situação dessas pessoas que nada têm a ver com isso. Gostaria de saber como ficará a situação dos concursados em Minas Gerais que estão aguardando as nomeações do último concurso, sendo as vagas existentes ocupadas pelo efetivados da lei 100?. É uma situação constrangedora para os efetivados e os concursados.

    Posted on 29 de maio de 2013
    • cici

      As vagas não foram lançadas mais se surgidas no decorrer do concurso podem ser ocupadas por concursados direito adquirido, mais que justo. Pois os efetivados mamaram demais agora é a nossa vez de concursados assumirmos o nosso direito.

      Posted on 12 de setembro de 2013
      • Maria Ilma Viana de Andrade

        Mamando não , somos pessoas que realmente amamos educar e estamos muito mais tempo na educação do que a lei 100, peço respeito a nós professores e professoras, você pensa que é fácil educar nos tempos de hoje? não é não viu nós estamos trabalhando muito educamos cuidamos tentamos manter as escolas de pé com os poucos recursos que temos afinal O Governo gostando de nós ou não somos responsáveis pelas crianças de nossa nação . e ele é um só e nós somos milhões de pessoas e estudamos e optamos para se educadores .E eu em Particular não sei fazer outra coisa a não ser ser PROFESSORA VIU AMIGA! e SE VOCE QUER MAMAR COMPRE UMA MAMADEIRA E MUCILON.

        Posted on 8 de novembro de 2013
        • Ene

          Isso Ilma …Não estamos trabalhando por acaso em outras épocas o mesmo processo aconteceu, somos responsáveis pelos nossos alunos, somo s educadores e não estamos aqui pra “mamar” como está acostumada a colega acima, estamos sim é lutando por uma educação de qualidade todos os dias em sala de aula e sem nenhum recurso, tem gente que precisa acordar e parar de nos apontar como erradas, se houver realmente justiça continuaremos com nosso trabalho, Os concursados que chegaram na escola que trabalho já está dando problema…usando de palavras inadequadas e difamando nossos alunos, e trabalho que é bom nada.

          Posted on 22 de janeiro de 2014
        • Galetecris

          Adorei, tem gente que não sabe o que fala!!! Essa ai, quer mamar no estado, garanto que é uma péssima profissional, que não sabe nada para estar falando assim.
          Realmente ela não entende nada da Lei 100, até parece que foi a gente que criou isto, somos vitimas da situação, e agora? o que vi acontecer com a gente? Com tantas contas para pagar? É um desrespeito com a gente, teve concurso e recebemos uma cartinha do Estado falando que nossas vagas não iriam para o concurso, então não precisaríamos fazer o concurso, muita gente não fez e agora???
          Essa eu quero ver!!!

          Posted on 19 de fevereiro de 2014
          • Paulo Rodrigues

            Realmente tem gente que não sabe o que fala mesmo, não tem ninguém mamando porque foi efetivado pela lei 100, se educação fosse mamadeira, seria uma mamadeira sem leite. No Brasil a gente é educador porque gosta e tem amor a profissão, muitas das vezes a gente paga para trabalhar e nem por isso a gente deixa de fazer um bom trabalho. Não somos culpados pela incompetência e falta de respeito por parte do governo.

            Posted on 27 de março de 2014
          • amanda

            Vai ver filhinha……..os concursados serem nomeados , pq se voces acreditaram na boa fé do Aécio o problema e de vcs, felizmente nós que merecidamente ocuparemos nossos cargos não fomos bobos e fizemos o concurso, pq já diz o ditado maldito o homem que confia no homem, e digo sim ……nao fizeram o concurso pq nao quizeram, confiaram na tal LCsemvergonha e caíram do cavalo….a culpa não é nossa e sim de vcs, da mesma maneira que acham injusto os excedentes do concurso entrarem, nós tbém axamos um absurdo os efetivados sem concurso ocupando as vagas de quem corre atras das coisas certas e justas….ficaadica!!!!! QUERO MINHA VAGA

            Posted on 2 de abril de 2014
        • Marly

          Isso, Ilma, muito bem!!!! Eu fui efetivada pela lei 100, sei que é inconstitucional, mas, não pedi para estar nesta situação e nem tenho culpa, assim como milhares de professores e outros que foram efetivados por esta lei.O mínimo que merecemos é respeito, não adianta ficar jogando pedras em nós, tem efetivado que trabalha melhor do que efetivo, alguns deles já se acomodaram, não fazem muito em prol da educação…tem efetivado que veste a camisa na educação…faz jus ao nome que leva de professor….tenho fé em DEUS que se a lei for anulada não vamos perder os nossos cargos….o governo deve ter uma carta na manga,….Aguardemos…vc que torce contra a lei 100…gostaria de estar no nosso lugar?????Viver torcendo pela desgraça dos outros é muito feio…devemos conseguir tudo com fé e amor em DEUS e, principalmente respeito pelos outros!!!!Pense nisto!!!

          Posted on 20 de fevereiro de 2014
        • vladia

          Que tal educar ensinando a constituição?

          Posted on 20 de fevereiro de 2014
          • Daniele de Abreu

            Acho que todos vocês estão por fora do que foi a lei dos 100, o que aconteceu de verdade é que o ex governador Aécio Neves não repassou 7 anos de recolhimento do FGTS e nem DO INSS é pessoal, nós na época éramos designados , portanto pertencíamos ao regime não estatutário,foram descontados de nós 7 anos de INSS e FGTS e não foi repassado para o INSS. Essa lei foi criada para tapar o roubo dos funcionários alegando uma falsa Efetivação” quero que vai a merda esses governantes ladrões, pois eles não tocam na questão principal, e vocês ai brigando por concurso? ninguém pediu para ser efetivado, melhor roubado. Estou em processo de aposentadoria e não existe contribuição em sete anos, fui na superintendência para fazer meus cálculos , eles me mandam para o INSS, no INSS não tem nada, eles mandam novamente para a superintendência e eles fingem que não sabem o que fazer. Portanto meus queridos deveríamos nos preocupar com nossos direitos trabalhista. Sou professora de música Regente me formei pela UNICAMP e tenho capacidade de discernimento, estão confundindo a cabeça de todos para que a culpa fique nos servidores. Mas isso já é campanha política abram os olhos pessoal… não briguem a toa , procure estudar a fundo essa questão OK ?

            Posted on 31 de março de 2014
          • MARGARIDA

            ROUBAR FAZ PARTE DA CONSTITUIÇÃO?

            Posted on 25 de abril de 2014
        • Sandra

          Concordo plenamente, Ilma, porque as pessoas de fora não tem noção do que é EDUCAR. Já deu para perceber nesse comentário incoerente. Até mesmo para os que estão chegando nas escolas, não estão dando conta do recado, infelizmente.

          Posted on 27 de fevereiro de 2014
        • Dora

          Muito bem Maria Ilma. Só falta explicar que aprovado é diferente de classificado. APROVADO em concurso público é o sujeito que tem pontuação para assumir o cargo nas vagas DIVULGADAS/OFERTADAS. O resto é CLASSIFICADO não tendo, portanto, NENHUM DIREITO de pleitear vaga. Será DESIGNADO em função pública.
          O povo podia se informar antes da falar tanta bobagem.

          Posted on 12 de março de 2014
          • cristina rabelo andrade lobo

            É isto aí. Até que enfim encontro alguém culto, sensato e coerente.

            Posted on 26 de março de 2014
          • DRI

            CANDIDATO CLASSIFICADO SIGNIFICA QUE ALÉM DE SER APROVA EXAME TAMBÉM TEVE DIREITO A OCUPAR UMA DAS VAGAS DISPONÍVEIS. CANDIDATO APENAS APROVADO SIGNIFICA QUE NÃO FOI ELIMINADO E SE ENCONTRA NA SITUAÇÃO DE CLASSIFICÁVEL, NA DESISTÊNCIA OU ELIMINAÇÃO DE UM CANDIDATO JÁ CLASSIFICADO, UM CANDIDATO APENAS APROVADO PODERÁ OCUPAR ESSA VAGA

            Posted on 5 de abril de 2014
        • Luiz Roberto

          Sou efetivado pela lei 100. E aqueles que já se aposentaram? Voltarão para o trabalho? Se eles aposentaram pela lei 100, temos o mesmo direito. Quanto ao concurso eu sou concursado também. Independente da classificação, o justo é ser nomeado.

          Posted on 21 de março de 2014
          • Conceição

            Os efetivados da lei 100 deveriam ter feito como você: estudar e passar no concurso público e assim não ficar refém dessa lei que por sinal vem sendo questionada no Supremo Tribunal desde 2012. Acreditar em promessas de um governo que não está nem aí para a educação e muito menos para os profissionais é lamentável, vale lembrar que a lei 100 foi criada para regularizar a situação do Estado junto ao Ministério da Previdência, dívida de 10 bilhões de reais que foram descontados dos servidores e não repassados a Previdência e enquanto essa dívida não fosse paga o governo mineiro não receberia o certificado de regularização previdenciária (CRP). O documento é necessário para se obter recursos da União, portanto a lei foi criada visando regularizar a situação do Estado e JAMAIS BENEFICIAR os profissionais da Educação, que agora estão em situação complicada correndo o risco de perder seus cargos.

            Posted on 26 de março de 2014
        • sirley

          Você não sabe o que é mamar ,isso significa trabalhar ganhar.E as vagas até então disponíveis para o concurso estas dos efetivados não foram disponibilizadas,estudasse para entrar nas vagas,.O seu ponto de vista em relação a educação é bem precário e sem´ética.Pense um pouquinho

          Posted on 24 de março de 2014
        • Sheila Patricia Soares Lanna

          É isso aí…essa pessoa acima está dizendo isso sem menor noção do que diz.Tenho 13 anos de estado e havia sido sim efetivada,sem concurso.Não achava correto,mas enfim…não foi eu quem roubou o dinheiro desviado do INSS.Muitos falam,mas não aguentam o rojão que é sala de aula.Não mamamos…minha cara Cici,estávamos trabalhando e duro.E sabe do que mais?É por pessoas como vc que estamos onde estamos,sem união!Eta classe mais desunida!E parabéns Maria Ilma.

          Posted on 27 de março de 2014
        • Neuza

          Belas palavras! Não temos culpa do erro dos que criaram a Lei 100.
          Agora espero que cumpram a Lei, pois de acordo só poderão ser nomeados o nº de acordo com o edital. Os efetivados da Lei 100 não estão tomando o lugar de ninguém ,pois estas vagas não foram contadas para nomeações.

          Posted on 30 de março de 2014
        • Rosa Ramos

          Isso mesmo Maria Ilma só pelo fato dessa pessoa falar nestes termos, sem o mínimo de respeito prova que ela mesmo tendo feito uma prova não tem a menor condição de educar, não conhece os valores simples: como respeito ao próximo e está reivindicando uma vaga na área de educação?

          Posted on 2 de abril de 2014
        • Neuza

          Concordo plenamente com você,nós da lei 100,não temos culpa nenhuma,os concursados ficam falando de nós como se tivessemos tirado algo deles,nossas vagas NÃO estavam no edital.Estamos trabalhando muito e no momento cheios de preocupaçao com nossos destinos.Será que se fosse algum deles,falariam que estão MAMANDO…

          Posted on 15 de abril de 2014
      • pichorra

        e cici vc quer mesmo é mamar né?
        se quiser isso mesmo, vc tem que mudar de profissão,
        pois a categoria de professor trabalha muito, ganha muito pouco e a
        única coisa que se tem para “mamar” é o cu do governo.

        Posted on 10 de novembro de 2013
        • Muito bom, Maria Ilma, muito bem colocado. Essa Cici deve ser daquelas profissionais que fica assistindo filme com os alunos, por que não fez um planejamento e quando a escola aperta, dá um jeito de tirar uma licença ou tentar um ajustamento profissional. Pobre de espírito e rica em mediocridade. Eu quero que ela continue mamando se assumir uma sala de aula, com os alunos agressivos e indisciplinados do jeito que estão e o governo nos encurralando da forma que vem agindo com os educadores, sem contar com o acúmulo de trabalho, o descaso dos pais e o baixo salário. Aliás, ela deve mamar mesmo, porque até o supermercado vai ser difícil pagar, vai ficar mais barato o mucilon.

          Posted on 1 de abril de 2014
        • Neuza

          Que palavreado,é assim a sua aula!!! Vc tem mais é que se queixar mesmo,com essa atitude de tratar os da Lei 100. È uma vergonha e falta de pudor.Tomara que a Lei 100 prevaleça.Vcs não sabem tratar as pessoas com respeito,que classe…

          Posted on 15 de abril de 2014
      • Joana

        Acho mesmo que usando termos como “mamando”, você não se mostra preparado(a) para atuar como professor. Quando deparar com a realidade dos fatos, vai querer “mamar”, e vai perceber que o que resta ao professor de hoje é fazer doação. Nada é a favor do professor, a começar pelo salário. Bem, para informar um pouco mais, os efetivados, quando procuraram saber sobre o concurso, foram informados de que, sendo efetivados em dois cargos, não poderiam fazer o concurso, ou cairiam em uma terceira situação. Portanto CICI, impedidos de fazer o concurso, não podem ser deixados de lado como objetos. QUEM NÃO TEVE COMPETÊNCIA PARA RESOLVER A SITUAÇÃO DOS DESIGNADOS QUE TIVERAM SEUS DESCONTOS EFETUADOS E NÃO REPASSADOS, QUE AGORA RESOLVAM COM O MÍNIMO DE SABEDORIA E BOM SENSO POSSÍVEIS .Quanto a vc, CICI, que bom que não tem uma teta, caso contrário…

        Posted on 16 de fevereiro de 2014
      • Arlete

        Mamar significa receber sem trabalhar. O efetivado é funcionário como qualquer outro dona Cici. Não tomamos o lugar de ninguém. O lugar foi ocupado porque somos habilitados e o cargo era vago. Ainda existe vários cargos vagos por aí. Inclusive ocupados por designados. Tem certeza que a senhora está procurando trabalho?

        Posted on 24 de março de 2014
      • Douglas

        O que você esta querendo dizer com mamar? Sou efetivado e trabalho todos os dias e ainda tenha que aguentar pessoas desinformadas, provavelmente interessadas, e no seu caso querendo mamar…

        Posted on 26 de março de 2014
      • Angel

        Quero ver se os honrados concursados irão aguentar o tranco. Acham que escola pública é particular!!! Aguardo o caus.

        Posted on 26 de março de 2014
      • LEIA

        Cara “Cici”, você chama trabalhar duro dando aulas para salas de até 40 alunos todos dos dias de “mamar”, então imagino como será você “mamando”.

        Posted on 31 de março de 2014
      • nana

        mas q despeito heimmmmm?
        para com essa inveja..

        Posted on 2 de abril de 2014
      • marlon

        Direito de mamar?

        Posted on 3 de abril de 2014
      • sirley

        cici vc é totalmente sem nexo,mamando dando aula em estado.me polpe

        Posted on 5 de abril de 2014
      • mariana

        Creio que devo estar em sala bem antes de voce nascer,pois comecei em 1987. Já passei em concurso anterior e qdo era para eu tomar posse, o governo municipalizou as escolas e eu perdi a oportunidade de ser nomeada. Portanto ralo desde 1987 e nunca mamei, sempre fiz jus ao GRANDE salario.

        Posted on 6 de abril de 2014
      • Brutus

        Vc foi infeliz e leviano (a) em seu comentário. Quem trabalha como esses professores, não merece o termo “mamando”. Vc é simplesmente o significado da palavra PODRE!!!!!! Um concursadinho recente que daqui a alguns dias vai fazer outro concurso por não ter peito para lecionar.

        Posted on 13 de maio de 2014
    • marlene

      Eu concordo com vc,pois sou formada em duas graduações de licenciatura ,enquanto isso a lei 100 tem dois cargos e extensões de aulas sem ser aprovado no concurso,eu tb´m foi aprovado no concurso e estou trabalhando designada…quem esta na lei 100 e acha isso correto é uma pessoa injusta e sem Deus no coração….mas se DEUS quiser esta próximo o fim dessa injustiça e dessa pouca vergonha….

      Posted on 21 de fevereiro de 2014
    • Francisco

      Parem de brigar e vão passar em um concurso de verdade. A Lei 100 é uma afronta a democracia. Se você é efetivado tome vergonha e renuncie. Que aceita o erro também está errado.

      Posted on 14 de março de 2014
      • Lana

        Porque renunciar? Sua língua não está cabendo na boca! Não sabe o que fala. E você renunciaria?

        Posted on 22 de março de 2014
    • Marina Nehmy

      Também é inconstitucional eu ter passado em primeiro lugar e não haver sido chamada e agora estou inconstitucional na Lei 100?

      Posted on 31 de março de 2014
    • ERICA

      GOSTARIA DE SABER SE TODOS OS QUE PASSARAM ALEM DO NUMERO DE VAGAS SERAM CHAMADOS

      Posted on 1 de abril de 2014
    • NILson

      Os responsáveis que criou a lei 100 são os próprios Políticos e eles são a Autoridade maior do Estado. Tenho certeza que Todos tiveram conhecimento o Governo do Estado e o Federal que aceitaram e efetivaram os professores e demais profissionais da Educação. Portando os profissionais da Educação não podem ser demitidos por causa de INTERESSE POLÍTICO que são contra . Esses profissionais da Educação jamais devem ser demitidos porque se houve um erro foi do próprio Governo Estadual e Federal. Somente ele podem aprovar leis e tenho certeza que o Governo Federal tinha conhecimento da Lei 100 senão ela não Existia. Seja de interesse político ou não nenhum profissional da Educação deve perde seu serviço por causa de erro ou interesse político. Os profissionais da Educação não devem ser demitidos.

      Posted on 5 de abril de 2014
  2. joão

    jorge milani, acredito que caso ocorra a queda da L/100, o que nos dá a entender,ser o mais provável ; os beneficiados da mesma,voltaram a condição de designados,havendo nova designação para distribuição de aulas e ou funções ocupadas,seguindo a listagem do último concurso,pois,assim tem regido as leis e normas legislativas do país…quanto a tomar posse em uma das 98 mil vagas existentes,acho difícil,por vários motivos,1º tais vagas não foram lançadas no concurso,deveriam,mas não foram,2º até sair tal decisão, o concurso já prescreveu,3º eles não são obrigados por lei,a nomear mais que 21.000 pessoas,total de vagas lançado em edital,4ª a lei é clara no sentido,havendo vagas disponíveis as mesmas devem ser ocupadas por concursados,porém nada fala que tais concursados tem o direito a ser nomeados,caso sejam excedentes ao número do edital ,ou seja,ficar com as vagas dos lei 100,acredite,quase impossível! E te digo mais,duvido que caso haja novo concurso lancem todas estas vagas.acredite sempre haverá cargos valgos em se tratando de estado…quantos aos que já se aposentam,só um especialista em leis,para afirmar algo de lógico.abçs…

    Posted on 14 de junho de 2013
    • Warley da Rocha Quintão

      Ainda bem que o Presidente do Supremo o Dr. Joaquim Barbosa não é um senhor que se “lixa” para os políticos como Aécio Neves e Antônio Anastasia, ele vai fazer o certo, o Procurador Geral da República e o Relator do Processo pediu a extinção deste lei absurda e eleitoreira ele vai seguir o relator porque é uma pessoa sábia, justa e sabe que esta lei foi feita para benefício político, um absurdo um monte de pessoas que passaram no concurso, algumas desempregadas por causa de uma lei “descrepante” desta. Um abraço a todos e que a justiça seja feita!!!!

      Posted on 3 de fevereiro de 2014
  3. joão

    jorge milani, acredito que caso ocorra a queda da L/100, o que nos dá a entender,ser o mais provável ; os beneficiados da mesma,voltaram a condição de designados,havendo nova designação para distribuição de aulas e ou funções ocupadas,seguindo a listagem do último concurso,pois,assim tem regido as leis e normas legislativas do país…quanto a tomar posse em uma das 98 mil vagas existentes,acho difícil,por vários motivos,1º tais vagas não foram lançadas no concurso,deveriam,mas não foram,2º até sair tal decisão, o concurso já prescreveu,3º eles não são obrigados por lei,a nomear mais que 21.000 pessoas,total de vagas lançado em edital,4ª a lei é clara no sentido,havendo vagas disponíveis as mesmas devem ser ocupadas por concursados,porém nada fala que tais concursados tem o direito a ser nomeados,caso sejam excedentes ao número do edital ,ou seja,ficar com as vagas dos lei 100,acredite,quase impossível! E te digo mais,duvido que caso haja novo concurso lancem todas estas vagas.acredite sempre haverá cargos valgos em se tratando de estado…quantos aos que já se aposentam,só um especialista em leis,para afirmar algo de lógico.não sou beneficiário de tal lei,ao contrário,um prejudicado,uma vez que fui aprovado em 2004 obtendo um total de 70% do total da prova e mesmo assim não pude ser empossado,já que estava excedente na cidade pretendida.

    Posted on 14 de junho de 2013
    • Laindra

      Engano seu, o governo já pediu as escolas levantamento de cargos ocupados pela lei 100,agora a realidade é outra estas vagas deverão ser ocupadas por concursados. Aqueles que aposentaram ou podem fazê lo no prazo de 60 dias terão seu direito preservado.

      Posted on 2 de abril de 2014
  4. Marcus

    Foi ótimo a lei 100, porque mesmo se acabar, vai existir aposentadoria para os designados. A aposentadoria é constitucional. Ninguém vai querer ser professor, com este salário de miséria.

    Posted on 23 de junho de 2013
    • pichorra

      concordo com vc marcus. O salario de miséria, trabalha-se muito, temos que conviver com a indisciplina e o desinteresse de alunos, e a falta de união da categoria .

      Posted on 10 de novembro de 2013
      • marlene

        NÃo acho salario de miséria, foi aprovada no concurso,mas a vaga esta com a lei 100…como trabalho honestamente designada , Deus abençoa meu salario ,tenho meu carro e se quiser posso comprar uma casa….talvez o seu é miséria porque é da lei 100…isso é que dá ,colocar pessoas sem concurso ,que não se esforçaram para ser aprovado num concurso….
        SE VC ACHA MISERIA SEU SALARIO ,MUDA DE PROFISSÃO…OK…

        Posted on 21 de fevereiro de 2014
        • Lana

          Você acha que o concursado tem mais condições de dar aula do que o sem concurso? Está enganada, nem sempre querida! Nas escolas estão cheias de pessoas que passaram em concurso , mas detesta sala de aula e vive pegando licença, pois não tem competência nenhuma para está em sala de aula. E assim vise -versa. Tem efetivos ótimos e efetivados também.

          Posted on 22 de março de 2014
        • MARIE

          SE VC ACHA MISERIA SEU SALARIO ,MUDA DE PROFISSÃO…OK

          Adorei … estou repetindo colega, absurdo que demorou tantos anos para cair. O meu salário também é abençoado,GRAÇAS A DEUS. Me desculpem alguns dos concursados que estão nesta , mas aqueles que não tiveram competência de passar em concurso…TCHAU TCHAU TCHAU. TANTA GENTE CONCURSADA QUE FICOU INJUSTIÇADA POR CAUSA DESTA PORCARIA DE LEI 100.TCHAU,ACABOU.
          Vão estuda,r caso contrário, RUA. ACABOU…..

          Posted on 28 de março de 2014
        • silesia

          concordo plenamente com vc Marlene.

          Posted on 4 de abril de 2014
    • marlene

      Acho que vc sonhando ,pois todas as designaç~es aparece de 15 até 30 professores querendo pegar aulas…kkkkk….

      Posted on 21 de fevereiro de 2014
  5. nina

    sou funcionária concursada desde 1992, nomeada em 1996, gostaria de saber se ainda em 2013, os critérios de ordem para escolha de turmas e horários, irão privilegiar agora os efetivos, visto que me considero prejudicada em função do critério que quem tem mais tempo na escola é que escolhe. Será que antes mesmo do julgamento final esses critérios serão corrigidos e beneficiara os concursados por direito.
    Desde já agradeço!

    Posted on 25 de junho de 2013
  6. Cléo

    João, caindo a lei , os cargos vagos que surgirem devem e podem ser ocupados por concursados…leia o edital e verá que os vagas que surgirem por aposentadoria ou outro fator são cargos vagos, não ha limites para efetivação meu caro, você anda equivocado, se informe melhor.
    Quanto ao prazo, você diz que quando s se ocorrer o concurso estará fora do prazo, este é outro equivoco seu pois vc sabe que o SUPREMO(ultima Instância) pediu RITO ABREVIADO para o processo, ou seja, a ação será julgada diretamente no mérito? sabe o que é isso? é para acelerar o processo. Cuidado com o que diz…Pesquise, se não fez o concurso e é efetivado se prepare para as designações e vai pro final da fila… confiar em algo incostitucional e frágil é no mínimo ingenuidade.

    Posted on 12 de julho de 2013
    • linda

      O que sinto é que somos tão individualistas que esta tal de lei 100 mostra descaradamente isso. Como tem professor passando mal de inveja de verem seus colegas nesta lei. Se vai cai o vai ficar veremos. Que coisa feia. Todos que entraram nessa foi o governo que os colocaram. E vcs falam de uma forma querendo extirpar todos. Que feio que inveja. Lembrando ja sou aposentada

      Posted on 5 de dezembro de 2013
      • marlene

        Nao tenho inveja de uma lei vergonhosa e sem moral, eu foi aprovada no concurso e foi em primeiro lugar,não precisamos de lei desonesta para trabalharmos , somos inteligentes pra ser aprovados no concurso…ok….mas estou designada até hoje…

        Posted on 21 de fevereiro de 2014
        • linda

          Tem sim e vejo que é muita. vc fala de um jeito como se todos da lei fosse incapaz de passar num concurso. E se fosse tao capaz nao estaria designada ne minha filha.

          Posted on 13 de março de 2014
        • [email protected]

          eu foi, Marlene que feio julga tanto os outros e escreve tão errado assim.kkkkkkkkkkkkkkkk.

          Posted on 20 de março de 2014
        • julie

          Deus fará o melhor para todos… está nas mãos Dele a decisão! Se for da vontade Dele, a forma da lei será mudada! Queiram ou não!

          Posted on 21 de março de 2014
        • julie

          É INVEJA SIM! É MALDADE SIM!

          Posted on 21 de março de 2014
        • Lana

          Quero vê se realmente você é em primeiro lugar em é dentro de uma sala de aula com 35 alunos. Você se acha!!!

          Posted on 22 de março de 2014
      • Lana

        Realmente! Tem pessoas que só se alegra sobre a derrota do outro.

        “Que as derrotas de seus inimigos não te deixe tão feliz quanto suas vitórias.”

        Posted on 22 de março de 2014
    • Rosangela

      Amei Amei amei!!!

      Posted on 25 de fevereiro de 2014
      • Rosinha

        Querida Rosângela queria ver se vc estivesse do outro lado. Vc está amando por pouco. Espere e verá os acontecimentos. Burrinha

        Posted on 27 de março de 2014
    • Lenilson da Silva Reis

      Vão enfiar o nosso tempo de serviço no cu de quem? De algum concursado ou algum que está aguardando vaga?

      Posted on 25 de março de 2014
    • joao

      (PARA À CLÉO)7) Com a decisão do STF ficou garantida a posse imediata dos concursados efetivados que passaram no concurso, independente da classificação?

      Não. Esta questão foi uma sugestão do Ministro no julgamento da ADI 4876. Não faz parte da decisão. Qualquer nomeação de concursado, obrigatoriamente, deve seguir a ordem de classificação e aprovação do concurso.

      8) As nomeações do concurso em vigor, já realizadas, serão revistas uma vez que os cargos ocupados pelos efetivados são vagos?

      OBS!!!!!Não é possível alterar as nomeações já feitas porque no momento em que foram feitas, estas vagas não foram incluídas no Edital SEE 01/2011.

      9) Com a decisão do STF, é obrigatória a imediata realização de novo concurso público?

      Não, porque no momento, existe concurso público em vigor.

      10) Diante de todos os prejuízos que o Governo de Minas causou aos efetivados, é possível ajuizar ação por danos morais?

      Esta questão está em análise pelo Departamento Jurídico do Sind-UTE/MG.

      11) O servidor efetivado será demitido imediatamente?

      Não. O efeito da decisão se aplica a partir do momento em que houver o trânsito em julgado.

      12) O Governo é obrigado a prorrogar o concurso em vigor?

      OBS!!!!!!Não. É um ato que depende da sua vontade. Ele não é obrigado. Entretanto, é importante dizer que como tem concurso público em vigor, o Governo é obrigado a nomear os aprovados para todas as vagas divulgadas no Edital SEE 01/2011, respeitando a ordem de classificação, antes de novas nomeações decorrentes de concurso futuro.

      Posted on 31 de março de 2014
    • joao

      ….PARA A CLÉO!!!!! João, caindo a lei , os cargos vagos que surgirem devem e podem ser ocupados por concursados…leia o edital e verá que os vagas que surgirem por aposentadoria ou outro fator são cargos vagos, não ha limites para efetivação meu caro, você anda equivocado, se informe melhor??????Filhinha!,informe se você…Pois já me informei,mediante via justiça…obs,veja o que diz a lei a respeito do aprovado,em concurso,,,Ela diz que caso você seja aprovado,terá direito a preitear a (VAGA DENTRO DO NÚMERO DISPOSTO NO CONCURSO)…FORAM APROXIMADAMENTE 21000.NÃO SOU EFETIVADO E SIM UMA VÍTIMA DESTA PORCARIA DE LEI 100,E ASSIM COMO VOCÊ,RESO PARA QUE A MESMA CAIA,posso te provar o que disse acima,por isso,não tenho e não devo ter cuidado com o que disse ou escrevi….Quanto a ser ou não efetivado,envie-me seu:e-mail, caso ache necessário lhe provar que sou aprovado e efetivo,desde 2004, com um total de 80% na disciplina de biologia,só mais uma coisa,guarde seu veneno para você,só tentei ajudar o rapaz acima.

      Posted on 31 de março de 2014
    • joao

      (PARA A CLÉO)…Postei um comentário tentado esclarecer as dúvidas da pessoa que se intitula:jorge milani.No entanto fui duramente repreendido pela Cléo,que pelo visto pouco ou nada entente sobre leis.Bom! Hoje volto a postar este comentário, uma vez que minhas falas vieram a se confirmar.Aja visto que o concurso prescreve-se em março deste ano.Nenhuma vaga dos leis 100 foi ou será ocupada pelos concursados,infelizmente é claro…Segue agora meu conselho aos amigos e irmãos de giz:comecem a estudar,pois tal lei irá ser julgada antes das eleições 2014; com plena certeza a mesma cairá,tendo o estado como consequência 12 meses para lançar novo concurso…Só serão empossados os aprovados dentro do número de vagas,mencionas no edital,21.337.Agora é com os irmãos,acreditar ou não! Pecam as esperanças em prorrogação do último concurso…O que irá acontecer é a queda da lei 100 no STF.dando a este estado, um prazo máximo de um ano para adequar-se e laçar novo edital para preencher tais vagas.Abs a todos.

      Posted on 31 de março de 2014
    • Lêda

      Concordo com você João, também passei em 37º lugar em 2004 e não fui chamada ficando como excedente. Não tenho porque me envergonhar de pertencer a Lei 100. Desde 1988 estou no estado, sendo obrigada a correr atrás de designação todos os janeiros, para ser contratada em fevereiro e mandada embora em 31 de dezembro, sem ter direito a nada. O que o governo fez, foi, simplesmente corrigir uma distorção ao qual vinha se arrastando e a qual ele mesmo exigia das empresas particulares tais como “Fundo de garantia”, “Vale transporte” e a própria aposentadoria pelo INSS. Como ficaria nosso caso?

      Posted on 1 de abril de 2014
  7. CLEUSA

    Nina, você foi ingênua. Deveria ter entrado com mandado de segurança. Inclusive o sind-ute entrou e ganhou para nós contra o art. 8º da res.2018. Deveria ter corrido atrás. O art. 8º da resolução 2018 fere e afronta o art. 37-II e 40 §§ 13 e 14 da CF. O mandado de segurança do sind-ute é de n° 0354865-43.2012.8.13.0000

    Posted on 6 de agosto de 2013
    • celia

      Cleusa,
      Fui nomeada este ano e estou sendo prejudica como a Nina, onde quem esta na lei 100 com mais tempo na escola esta pegando meu cargo e eu que tenho dois cargos na mesma escola estou ficando com incompatibilidade de horário (2 cargos em uma mesma escola), me disseram que terei que exonerar meu cargo. Como faço para recorrer?

      Posted on 15 de novembro de 2013
      • Indiara hellen

        Amiga, vc não pode ser prejudicada por incompatibilidade de horários, os efetivos tem direito de escolha antes dos efetivados, tem na lei, pode procurar seus direitos.

        Posted on 15 de dezembro de 2013
        • Lana

          Vai lá poderosa, mude a lei!

          Posted on 22 de março de 2014
  8. joao

    João, caindo a lei , os cargos vagos que surgirem devem e podem ser ocupados por concursados…leia o edital e verá que os vagas que surgirem por aposentadoria ou outro fator são cargos vagos, não ha limites para efetivação meu caro, você anda equivocado, se informe melhor??????Filhinha!,informe se você…Pois já me informei,mediante via justiça…obs,veja o que diz a lei a respeito do aprovado,em concurso,,,Ela diz que caso você seja aprovado,terá direito a preitear a (VAGA DENTRO DO NÚMERO DISPOSTO NO CONCURSO)…FORAM APROXIMADAMENTE 21000.NÃO SOU EFETIVADO E SIM UMA VÍTIMA DESTA PORCARIA DE LEI 100,E ASSIM COMO VOCÊ,RESO PARA QUE A MESMA CAIA,posso te provar o que disse acima,por isso,não tenho e não devo ter cuidado com o que disse ou escrevi….Quanto a ser ou não efetivado,envie-me seu:e-mail, caso ache necessário lhe provar que sou aprovado e efetivo,desde 2004, com um total de 80% na disciplina de biologia,só mais uma coisa,guarde seu veneno para você,só tentei ajudar o rapaz acima.

    Posted on 15 de agosto de 2013
    • marlene

      cONCORDO PLENAMENTE…

      Posted on 21 de fevereiro de 2014
  9. joao

    digo:rezo

    Posted on 15 de agosto de 2013
  10. salete

    a lei 100 é a lei mais justa de Minas Gerais . O que era uma grande injustiça era um funcionário designado ,doente sem aposentadoria , sem designação todos anos a partir de 31 de dezembro. Recolhia para previdncia própria a de minas sem direito a uma aposentadoria . ^Tempo de trabalho com mais de trinta anos . esta marcela não precisa mais ser aberta em minas gerais

    Posted on 22 de outubro de 2013
    • silverio

      Eu sou efetivado pela lei 100, mas fiz o concurso (último) e fui aprovado será se o governo pode mim nomear neste mesmo cargo?

      Posted on 3 de novembro de 2013
      • mariana

        Se eu fosse o governo não te nomeava para professor.Professor falando “mim” nomear. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

        Posted on 6 de abril de 2014
      • DRI

        EU TAMBÉM FIZ O CONCURSO PARA SUPERVISOR PEDAGÓGICO (METROPOLITANA A) MAS ACHEI MUITO ESQUISITO A CLASSIFICAÇÃO DOS PRIMEIROS COLOCADOS, TODOS TEM O MESMO SOBRENOME.

        Posted on 6 de abril de 2014
    • CLEIDE

      CONCORDO COM A SALETE!!!

      Posted on 4 de dezembro de 2013
  11. Scheila Rodrigues

    E sobre o concurso dos auxiliares de serviços gerais de MG realizado há muitos anos, em que os aprovados nunca tomaram posse e nenhuma autoridade fala sobre o assunto? Gostaria de saber sobre a situação desses servidores que estão enquadrados na Lei 100, serão demitidos também? Onde anda o Sindicato e a justiça à favor desses servidores? Gostaria de resposta.

    Posted on 30 de outubro de 2013
  12. patricia

    Olá! Sou mais uma das pessoas que sonham com a nomeação. Estou aguardando novas chamadas pelo último concurso da SEE, porém estou apreensiva. Alguns dizem que a lei 100 caiu em definitivo nesta semana, quero saber se isto é verdade.

    Posted on 30 de outubro de 2013
  13. silverio

    Eu penso o seguinte quem passou no último concurso e esta trabalhando como fetivado da lei 100, é só nomear como efetivo no cargo que está atuando é o mais justo ,senhor governador de esta chance

    Posted on 3 de novembro de 2013
  14. Janine

    Infelizmente, ou felizmente, fomos beneficiados com a Lei 100. Não pedimos por isso, muito pelo contrário, passei no concurso que houve em 2004 e só deram posse para 04 pessoas, sendo que havia mais de 100 vagas para o município onde tentei. Sendo assim, como podem ver, toda regra tem exceções: PASSEI NUM CONCURSO TAMBÉM! Infelizmente, o que vejo aqui é um monte de gente querendo a vaga de outros que já a ocupam há anos, MAS NÃO TÊM COMPETÊNCIA NEM MESMO PARA REDIGIR UM PEQUENO TEXTO SEM ERROS DE PORTUGUÊS! São esses os ignorantes que querem se dar bem com a desgraça alheia! Conquistem suas vagas sem precisar desejar o mal ao próximo!!!

    Posted on 4 de novembro de 2013
    • Catarina

      “Dê Cesar o que é de Cesar”. a Lei 100 é imoral.Você fez o concurso e passou? Parabéns! Você não passou ou tá esperando só “mamadeira”? Cai fora, você não tem “direito”, infelizmente está na CF, estude, faça o concurso e passe, só assim você pode falar : o lugar é meu. Se isso não acontecer com você, sei não, procure outra coisa pra fazer.

      Posted on 26 de janeiro de 2014
      • Lana

        Se é seu carregue para sua casa!

        Posted on 22 de março de 2014
  15. wanderley

    como pode?
    if

    Posted on 5 de novembro de 2013
  16. Flavio

    … lei 100 é inconstitucional. E outra, p q os efetivados não incentivam a efetividade dos outros contratados pós 2006? O governo manipula tudo e nos fazem de peças de duas cores, uns contra os outros.!

    Posted on 7 de novembro de 2013
    • marlene

      POR ISSO NÃO VAMOS VOTAR NO AÉCIO NEVES,POIS ELE JUNTO CO ANASTÁSIA FEZ ESSA LEI VERGONHOSA…
      POR ISSO NAS PESQUISAS ELE ESTA PERDENDO…

      Posted on 21 de fevereiro de 2014
  17. Maria

    Estou em processo de aposentadoria em um cargo efetivo e ocupo um cargo efetivado pela lei 100 que está vago a mais de 20 anos, passei em outros concursos e não fui chamada por estar fora da quantidade de cargo vago prometido em um concurso, não entendo porque os concursados reclamam tanto, mesmo que a lei 100 caia, meu cargo vai continuar vago, porque o governo não é obrigado efetivar alem dos cargos prometidos.

    Posted on 13 de novembro de 2013
  18. joão

    Olha! efetivados vítimas?Não,não são,estão trabalhando desde 2005 sem precisar participar de designação,pedindo ou não tal regalia…Vítimas são os milhares e milhares de designados que perderam a chance de prestar concurso e entrar pela porta da frente,já era para ter surgido no mínimo 3 concursos nesse período de lei 100…Vítimas os efetivados não foram e não são,mas pagarão por suas ingenuidades. Já dizia o velho provérbio,tudo que muito fácil vem,muito fácil se vai.O que penso é,ao invés de ficar discutido para ver quem tem razão ou não,vamos exigir concursos regulares e a posse de seus aprovados,pois de nada adianta lançar um concurso,nomear meia dúzia e deixar milhares de aprovados sem posse.obs.Quando digo designados,incluo a este meio,todos os efetivados,pois a menos que os mesmos tenha parecer favorável perante a ADIM,continuará ser essa a situação de tais servidores,pós julgamento.

    Posted on 22 de novembro de 2013
    • Sheila Patricia Soares Lanna

      Caro João,vc é digno de pena…vc acha que passamos esse tempo todo de férias na Disney?Até parece que estamos no céu!Quanto rancor desse pessoal que passou no concurso,quanta inveja!Nós fomos vítimas sim, de um governo sem escrúpulos.Imagina se fosse com você? Vai me dizer que iria pedir pra ser exonerado por que foi efetivado sem o concurso?Ponha se no lugar dos outros.Como vai ficar a aposentadoria de todos nós?Tanto designados quanto ex efetivados?Temos direito a uma aposentadoria digna!E como muitos já disseram nos comentários,o governo lançou no concurso determinado número de vagas,como empre fez,e nunca irá fazer concurso pra preencher o número de vagas dos efetivados!Vá sonhando!Quer saber,tenho vergonha de pertencer a essa classe,parece que cada um quer engolir o outro!Horror!

      Posted on 27 de março de 2014
  19. silverio

    Professora JANINE obrigada pela correção que você fez , quando escrevi a palavra efetivado faltando a letra E inicial ( FETIVADO), colega Professora.

    Posted on 24 de novembro de 2013
  20. cristina rabelo andrade lobo

    Acho justo acabar com a lei 100. Efetivo é aquele que estudou,fez um concurso e passou.Que haja outro(s) concursos até completarem as mais de 100000 vagas. Quem passar é porque é competente e está apto a assumir seu cargo de educador com louvor.Vejam bem esto falando dos aprovados dentro das vagas disponiveis. Classificados p/ mim não é aprovado. Que haja concurso e que efetivem os APROVADOS!!!

    Posted on 1 de dezembro de 2013
    • christiano

      Quero ver esse que são contra a lei 100,ser efetivados para varrer pátio,lavar banheiros e ganharei menos de 700 reais por mês,quero so ver,se pra passar em um concurso tem que ter competência,quero ver a competência deles para varrer pátio e lavar banheiros

      Posted on 26 de março de 2014
  21. cristina rabelo andrade lobo

    Acho justo acabar com a lei 100. Efetivo é aquele que estudou,fez um concurso e passou.Que haja outro(s) concursos até completarem as mais de 100000 vagas. Quem passar é porque é competente e está apto a assumir seu cargo de educador com louvor.Vejam bem estou falando dos aprovados dentro das vagas disponiveis. Classificados p/ mim não é aprovado. Que haja concurso e que efetivem os APROVADOS!!!

    Posted on 1 de dezembro de 2013
  22. CLEUSA

    Nina, você não será prejudicada se for esperta. Não precisa de advogado para entrar com mandado de segurança. O direito de efetivo é certo em qualquer tribunal. As resoluções não podem ultrapassar a lei maior Constituição Estadual e se esta não corresponder- vá para a C. Federal. O mandado de segurança é direito líquido e certo mas a pessoa prejudicada é que deve entrar com ele. O M.S. do sindicato caiu porque ele não poderia entrar com mandado de segurança coletivo pelo fato de também trabalhar para os professores da lei 100. ok? Sou professora também e não passo meu direito para ninguém já que fui eu quem ralei para passar num concurso. Estão nos criticando por ter lutado e passado em um concurso? Pelo menos não estamos prejudicando ninguém. Estamos lá por direito.

    Posted on 3 de dezembro de 2013
  23. Joana

    Fui nomeada neste último concurso e estou indignada, pois o efetivado tem direito de escolher aulas primeiro do que eu, porque sou a última lotada na escola. Isto é um absurdo!

    Posted on 13 de dezembro de 2013
  24. Maria A.

    Concordo plenamente que os concursados ocupem as vagas que foram divulgadas.
    Para que tanta divergência e bate boca?? Tem tantas desistências e aposentadorias, que irá faltar não é vaga e sim profissionais competentes para ocupar tais vagas.
    Quem está fora com certeza acha, que é só entrar dentro de uma sala de aula como se estivesse entrando dentro de um parque de diversão.
    Estou vendo dos que foram aprovados no concurso , o diretor ou supervisora precisando ficar na porta da sala de aula por causa de indisciplina de aluno, NÃO ESTÃO DANDO CONTA DA DISCIPLINA. E disciplina é primordial para uma educação e aprendizado de qualidade.
    Para tanto tem que ter mesmo o estágio probatório. Não deu conta manda embora.
    Escola não é cabide de emprego.

    Posted on 9 de janeiro de 2014
  25. Ninha Lopes

    Fui efetivada pela Lei 100, mas passei e bem classificada no concurso de 2000 , lutamos pela efetivação à época , sem lograrmos êxito, e o prazo do concurso se expirou . Nesse período, fui acometida por um câncer de mama, cujo tratamento faço até hoje, e não fiz o último concurso devido ao meu estado de saúde.Não temos culpa se o governo assim decidiu, preferiria ter sido nomeada no concurso anterior. Reconheço que os que agora passaram no concurso sentem a mesma aflição que nós sentimos anos atrás quando fomos aprovadas também e sequer fomos nomeadas. Vamos aguardar.

    Posted on 20 de janeiro de 2014
  26. Janaina

    Não li todos os comentários, mas um trecho me chamou a atenção: “mamar”, é isso mesmo produção???
    Sou vítima da LC 100 duas vezes, pois sou efetivada e aguardo a nomeação do concurso nas escolas estaduais, sou a próxima da lista que anseia, mas não vem. Somos vítimas, todos. Mas enquanto a classe se portar dessa forma, jogando uns contra os outros, efetivados x concursados ou efetivados x efetivos, teremos o que merecemos: pouco ou nada! Somos “reles” porque nos portamos como inferiores. Quando declara-se greve, uma minoria adere e os que permanecem nas escolas, muitas vezes ainda desdenham os que estão sem receber, brigando por melhores condições de trabalho para tais hipócritas. Generalizar não é o meu intuito. Mas tem muito professor que merece o mínimo.. oooo “crasse”

    Posted on 24 de janeiro de 2014
  27. Bete

    Sou uma das únicas 21 pessoas que conseguiram efetivar no concurso de 2001 para o cargo de asb no estado. Conseguimos através da justiça, que levou exatamente 10 anos para nos dar direito a posse. Mais não me conformo de não ter o direito de escolher o meu horário de trabalho. Gostaria de saber da Cleusa, que fez um comentário acima, a respeito de mandado de segurança, se dessa forma consigo o direito de escolher o meu horário de trabalho.

    Posted on 25 de janeiro de 2014
  28. Luiz Donizete da Silva

    A Bíblia e a Constituição andam juntas. A Lei 100 foi por caminhos largos, sem nenhuma dedicação para passar em um Concurso. O Concurso é por caminhos curtos e muita dedicação, muita luta. Da luta é que provém a Vitória. Tudo que vez fácil também vai fácil. Existem muitos que estão na Lei 100 que passaram no Concurso, com isso podem ter certeza que vão permanecer. Agora aqueles que não tiveram a coragem de ir fazer o concurso, ficaram acomodados em sua Zona de conforto pode ter certeza que a Justiça vai ser feita. Sofri muita discriminação, mesmo passando no concurso uma Diretora não quis me aceitar. Não é questão de vingança é questão de Justiça. A justiça pode até tardar, mas chega. Não tendo condições para pagar um bom advogado, creio que alguém da Justiça poderá abreviar esta questão o mais rápido possível. Segundo o Jurista Professor Dr Lucas Barroso ” O Direito é construído, como eu passei no Concurso construí esse Direito de tomar posse em meu cargo tanto sonhado.

    Posted on 1 de fevereiro de 2014
  29. cleusa

    Célia , desculpe-me. Só hoje vi seu comentário. Sou professora efetiva como você mas leio muito sobre o assunto. Inclusive passei no tjmg mas ainda não fui chamada. Gosto de bisbilhotar as leis. Não precisei entrar com nenhum MS por enquanto. Sou mais antiga. Quanto ao mandado de segurança, peça a um advogado amigo que lhe dê explicações. Dê uma lida em “O mandado de segurança individual – processual civil … ” É só colocar esse título que vc o encontrará. Com um advogado ou num MP fale sobre a lei 100 , a inconstitucionalidade dela, a resolução em que os efetivados estão inseridos e tudo que vc tiver sobre o assunto, inclusive o seu problema na devida escola…Seja firme e defenda seus direitos . Lendo sobre o assunto no site com o título que lhe passei vai aprender a se defender.Depois me conte a respeito neste mesmo blog. Vou ficar muito feliz.

    Posted on 14 de fevereiro de 2014
    • Sueli

      É uma situação constrangedora para os efetivados e os concursados.

      Posted on 18 de fevereiro de 2014
  30. WANDER

    Um amigo meu militar aposentado, que sabe que sou professor me disse que somos burros, pois não conseguimos melhorar nossos salário e nossa carreira, concordei com ele,só que disse a ele que professores não são burros, mas que politicamente somos burros. Essa Lei 100 não foi feita para favorecer nenhum funcionário, ele foi criada para tentar reverter um grande erro do Estado que não conseguia um Certificado de quitação de débitos com o INSS, uma dívida de mais de 10 bilhões que os Governos do PSDB não pagaram mas que descontaram do servidor e estavam impedidos de receberem recursos do governo federal. Inventou essa Lei 100 e passou a dívida para o IPSEMG pois os efetivados passariam a aposentar pelo IPSEMG e não pelo INSS (endividando no futuro mais ainda o IPSEMG). Aproveitou e fez campanha contra o SINDUTE usando os efetivados para não apoiarem a campanha salarial e a defesa da carreira em 2011, ameaçando estes servidores ou eles mesmo se sentindo grato a esse governo medíocre não se manifestaram. SOMOS SIM BURROS POLÍTICOS E TEMOS MEDO E PREGUIÇA DE BUSCARMOS OS NOSSOS DIREITOS. Sou efetivo entrei na escola pela porta da frente e admiro professores com vários anos de profissão no Estado e não conseguirem passar em concurso para o próprio cargo e ficar se vangloriando com a LEI 100.

    Posted on 18 de fevereiro de 2014
  31. Lília

    SE a lei 100 cair ou não, para mim tanto faz, tenho dois braços e duas pernas e ainda tenho fôlego para trabalhar.Apesar de amar o que faço, não estou vendo a menor vantagem em ser professora,pois parece que essa profissão é amaldiçoada,pois tudo que fazemos não é valorizado.Um professor estuda mais que um médico,que é tanto valorizado e todas as profissões dependem de um professor, e as pessoas só pensam em nos humilhar, inclusive a própria categoria, por isso se torna amaldiçoada essa profissão,pois por mim estes concursados podem ficar com tudo, eles merecem.

    Posted on 19 de fevereiro de 2014
  32. Lília

    Profissão mais amaldiçoada que essa ainda não vi. A própia categoria humilha, pisa e desvalorizam uns aos outros.
    O governo faz um absurdo desses e fica por isso mesmo. Será que vai ter punição para o governo? não pedi para efetivar,foi jogada política e agora nós temos que pagar por isso? pois para mim tanto faz tanto fez cair ou não cair,pois quero mesmo é sair dessa profissão amaldiçoada. Não estou vendo a menor graça em ser professor.Ainda bem que essa carreira vai ser extinta, pois pergunta se algum de nossos alunos querem ser professor.

    Posted on 19 de fevereiro de 2014
  33. joao

    Postei um comentário tentado esclarecer as dúvidas da pessoa que se intitula:jorge milani.No entanto fui duramente repreendido pela Cléo,que pelo visto pouco ou nada entente sobre leis.Bom! Hoje volto a postar este comentário, uma vez que minhas falas vieram a se confirmar.Aja visto que o concurso prescreve-se em março deste ano.Nenhuma vaga dos leis 100 foi ou será ocupada pelos concursados,infelizmente é claro…Segue agora meu conselho aos amigos e irmãos de giz:comecem a estudar,pois tal lei irá ser julgada antes das eleições 2014; com plena certeza a mesma cairá,tendo o estado como consequência 12 meses para lançar novo concurso…Só serão empossados os aprovados dentro do número de vagas,mencionas no edital,21.337.Agora é com os irmãos,acreditar ou não! Pecam as esperanças em prorrogação do último concurso…O que irá acontecer é a queda da lei 100 no STF.dando a este estado, um prazo máximo de um ano para adequar-se e laçar novo edital para preencher tais vagas.Abs a todos.

    Posted on 19 de fevereiro de 2014
    • Bia

      João como pude ver você é a pessoa mais sensata por aqui. Sem dúvida ninguém pediu pra ser efetivado. O que todos queremos é que haja uma solução justa pra todos.

      Posted on 11 de março de 2014
      • Lana

        Realmente, porque ficam falando muitos absurdos dos efetivados? Até parece que os efetivados tiveram culpa dessa abençoada lei 100. Gostaria eu que todos pudessem trabalhar. Essa Classe é a pior de todas que já tenho visto.

        Posted on 22 de março de 2014
  34. Galetecris

    A Lei 100 caindo,
    gostaria de saber sobre a situação desses servidores que estão enquadrados na Lei 100, serão demitidos imediatamente também? E as contas que temos para pagar? e a vida pessoal de cada um??? E os anos de Estado que essas pessoas tem???? Vai ser simplesmente jogado fora como se estas pessoas que tivessem criado essa situação???? Onde anda o Sindicato e a justiça à favor desses servidores? Gostaria de resposta.

    Posted on 19 de fevereiro de 2014
    • julie

      o SINDICATO, ESSE SÓ APARECE EM MARÇO PARA RECEBER DOS EFETIVADOS… NOS DEFENDER QUE É BOM NADA! E PELO QUE PERCEBO ESTÁ CHEIO DE JESUS CRISTOS E JOAQUINS BARBOSA JULGANDO JÁ A LEI! VÃO VER, PORTA QUE DEUS ABRE ELE NÃO FECHA!

      Posted on 21 de março de 2014
      • Neuza

        De acordo.Êta classe,não tem companheirismo.Briguem,falem dos da lei 100.Eu sou da lei 100,trabalho a bessa e so ouso discliminaçao sobre nós.Não fomos nós que fomos lá brigar por essa Lei.Que inveja feia,é uma vergonha tudo isso. Tomara que continuemos,Deus ha de nos ajudar!

        Posted on 15 de abril de 2014
  35. Viviane

    O que é justo não é incabível. A lei 100 veio para tapar rombos causados pela corrupção que assola o nosso país. Porém ao abrirem as vagas para o concurso público em 2012, para o governo de Minas, os governantes já teriam que estar á par, de que a justiça teria que ser feita, para as pessoas que se esforçaram e passaram nestes cargos públicos, pensando no futuro pessoal de cada novo servidor. Agora veja bem, é justo que eu fique desempregada enquanto há pessoas ocupando um lugar que poderia ser meu por direito? Passei no último concurso que teve do estado para a área educacional, e estou no momento sem emprego, fazendo bicos para sustentar meus filhos, enquanto que, pessoas que foram efetivadas pela LEI 100, ocupam o lugar de quem batalhou por essa vaga. Sei que se a lei 100 “QUE É INCONSTITUCIONAL”, for “desfeita” muitos funcionários QUE ENTRARAM SEM PRESTAR O CONCURSO PÚBLICO serão prejudicados, mas porém, nós que pagamos e passamos com mérito no mesmo, passaremos a ocupar nossos cargos de direito, como manda a lei! Outra coisa que NÃO É JUSTA, é que nós que passamos no concurso tenhamos que ficar indo em DESIGNAÇÕES, no lugar que deveria ser ao contrário, como era antes da lei 100, ter sido INADEQUADAMENTE CRIADA. Só espero que nossos governantes agora nestas eleições, façam o que for admissível e correto para conosco, não quero que ninguém seja prejudicado, mas porém não posso ser prejudicada também, não só eu, mas todas as pessoas que correram atrás deste sonho!

    Posted on 20 de fevereiro de 2014
    • Rosa Ramos

      Concordo com você Viviane, porém sabemos que todos os concursos tem prazo de validade e depois é extinto, se você for nomeado ótimo, se não terá que submeter novamente a novos concursos, eles chamam um nº x de pessoas e pronto. Mas estes trabalhadores da Lei 100 estão sendo julgados como folgados que ocupam as vagas de quem fez concurso, e são maltratados e humilhados. Só que nós da lei 100 não pedimos pra sermos efetivados sem concurso isso foi o governo que fez e estamos pagando por isso. O que não deveria acontecer, pois somos profissionais a anos e dedicamos com amor a nossa profissão. Muitos já estão até mesmo com problemas de saúde e devemos lembrar que o ser humano ao contrário dos concursos, não tem prazo de validade.

      Posted on 2 de abril de 2014
  36. Luciana

    Como alguns colegas comentaram, também acabo de ser prejudicada por colegas efetivados que tem mais tempo na escola do que eu. Sou efetiva, porém entrei na escola seis meses depois de um colega efetivado e estou correndo o risco de ficar até excedente este ano. Minha indignação é enorme. E ainda hoje tive que escutar da diretora, que todos nós devemos rezar para que o ministro seja iluminado para tomar a decisão de manter a lei 100…é demais não é. Então, onde devo ir procurar meus direitos?

    Posted on 20 de fevereiro de 2014
  37. Isabela

    Não fomos nós que pedimos para sermos efetivados, isso nos foi dado por Deus, se ele deu acredito que o homem não nos tira.
    Não temos culpa se o estado foi incompetente em ficar anos sem concurso e para normalizar a situação perante dezenas de funcionário essa foi a solução encontrada. Fico triste em ver outros colegas torcendo para que essa lei caia, pois é grupo de profissionais menos unido, devíamos nos unir para que só profissionais formados na área de educação pudesse ser professor, mas infelizmente qualquer um pode ser professor, e professor só pode ser professor.
    Aos colegas que torcem para que a lei caia meus pêsames, isso mostra como somos unidos………………

    Posted on 21 de fevereiro de 2014
  38. cleusa

    Bete,
    Se vc não sair vitoriosa, podemos desistir desse país e de MG.Já imaginou uma resolução baseada numa lei inconstitucional ter mais força que a Lei Federal? A Constituição Federal é soberana, até a Estadual tem a obrigação de ser seguida por ela. E o MS é direito líquido e certo. Se vc preenche os requisitos da lei federal que lei inconstitucional vai derrubá-la? Converse com um advogado amigo. Dê uma lida na resposta que dei pra Célia. Depois me fale neste blog ,ok? abs.

    Posted on 21 de fevereiro de 2014
  39. cleusa

    Há pessoas muitas ingênuas. Inveja de uma lei inconstitucional? Se quisermos ganhar é só corrermos atrás. Que tribunal vai dar ganho de causa ? Nenhum juiz que se preze,vai fazer isso.

    Posted on 21 de fevereiro de 2014
  40. Paula

    Como “alguém” que escreve mim nomear pode passar num concurso? rs… Os professores da Lei 100 não são culpados. São vítimas da absurda e desonesta politicagem deste país. Estão sendo tratados como bandidos… Na minha opinião os bandidos são outros… Não vamos julgá-los…

    Posted on 21 de fevereiro de 2014
  41. Carolina do Norte

    Ferindo a constiutição com a LEI 100? A constituição está sangrando a muuuuuito tempo com cada ação enganosa dos políticos brasileiros que não respeitam direito algum dos brasileiros.

    Art. 3º Constituem objetivos fundamentais da República Federativa do Brasil:

    I – construir uma sociedade livre, justa e solidária;

    II – garantir o desenvolvimento nacional;

    III – erradicar a pobreza e a marginalização e reduzir as desigualdades sociais e regionais;

    IV – promover o bem de todos, sem preconceitos de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação.

    O que mais tem é marginalização, desigualdade e pobreza nesse país.
    Será que a constituição foi respeitada algum dia?

    Esse é um país que vai pra frente andando feito um curupira. Nós pobres mortais brasileiros brigando, enquanto os políticos se divertem…

    by

    Posted on 21 de fevereiro de 2014
  42. The best friend

    Que dia teremos a resposta galera. estou curiosa meu jesus!!

    Posted on 22 de fevereiro de 2014
  43. The best friend

    Que dia teremos a resposta galera, estou curiosa meu jesus!!

    Posted on 22 de fevereiro de 2014
  44. Maria Regina

    João, o concurso prescreve em 15 novembro de 2014,pois o mesmo foi homologado no dia 15 de novembro de
    2012,e o que vale é a data da homologação… e não a do edital!!!

    Posted on 24 de fevereiro de 2014
  45. Brenner

    Amei, Amei, Amei!! Vai cair e pronto!! Nem adianta chorar…. kkkkkkkkkkkkk

    Posted on 25 de fevereiro de 2014
    • Lana

      Você está falando. A ultima sentença é a sua . Parabéns!

      Posted on 22 de março de 2014
  46. Brenner

    Que vergonha esses efetivados que estao mamando sim e que nem prestaram para passar no concurso que foi facil….. quem passou tudo bem, podem continuar na vaga, mas quem nao passou, FORA

    Posted on 25 de fevereiro de 2014
  47. Brenner

    Outra coisa que me incomoda e gente nao habilitada em determinada disciplina e que esta ocupando a vaga de um habilitado. Meu teclado esta com problemas nos acentos…. sinto muito… Quando os efetivados desocuparem a minha vaga, quem sabe ganho melhor para comprar um novo!!!!

    Posted on 25 de fevereiro de 2014
  48. josé

    concordo com a salete

    Posted on 25 de fevereiro de 2014
  49. josé

    Acredito que a lei 100 é a lei mais justa de Minas Gerais . O que era uma grande injustiça era um funcionário designado, doente sem aposentadoria , sem designação todos anos .Cadê a constituição? Recolhia para previdência própria a de minas sem direito a uma aposentadoria.Tempo de trabalho com mais de trinta anos . Lei não pode violar os direitos humanos!

    Posted on 25 de fevereiro de 2014
    • sam

      ele só foi designado por que nao estudou e passou em um concurso como prevê a constituição para provimento de cargos publicos. quando ele assinou o contrato de designação ele estava ciente de toda essa “falta” de direitos, e mesmo assim assinou e quis trabalhar lá. E nao falo isso sem experiencia do ocorrido, passei em 1º lugar no concurso da minha cidade, trabalho há 2 anos designado no cargo que eu passei por que nao existe vaga, e trabalho ciente de que tenho menos direitos do que deveria ter. a lei 100 não é e nunca foi justa. Mas principalmente no brasil é sempre assim, o camarada vai na entrevista de emprego e lá falam: vc vai trabalhar 8 horas por dia vai ganhar X reais, vai fazer isso e aquilo, o car vai assina e aceita, menos de 1 mes depois tá lá na repartição reclamando que o salario é pouco que o chefe é ruim, etc.

      Posted on 13 de março de 2014
  50. Clovis

    Chega de tanto esperar por essa decisão.Todos nós sabemos que essa lei 100 é inconstitucional.
    é hora do supremo mostrar e fazer justiça.
    Eu na minha vida tive que fazer concurso ,esperar as promoções na época oportuna e nunca foi me dado de mão beijada nada.Agora nós concursados queremos nosso lugar.
    O pessoal da lei 100 teve muito tempo para estudar e também fazer concurso.Os serviçais que não tinham condições de passar em nenhum concurso já teve tempo para se aposentar.Afinal essa lei veio para contemplar essa categoria.

    Posted on 26 de fevereiro de 2014
  51. Bela

    Poderia escrever um texto grande falando minha opinião, mas vou explicar a grosso modo mesmo. Nao duvido da capacidade de nenhum dos funcionarios beneficiados pela lei, mas sou formada em Filosofia e tenho plena consciencia de que nao posso dar aulas de Matemática. Por que entao qualquer formação pode não só dar essas aulas como efetivar no cargo? Acho que existem mais pessoas fora da lei 100 a serem prejudicadas!

    Posted on 27 de fevereiro de 2014
  52. Fábio

    O que mais deixa triste é saber que os sindicatos parecem defender os contratados e não os concursados. Essas entidades são pagas e mantidas com o dinheiro das categorias e deveriam defender o correto, tantas pessoas que estudaram muito, pagaram pelo concurso e não conquistaram seus direitos (as vagas). Afinal os sindicatos estão do lado do Anastasia ou do povo?? Esse ano é ano de eleição, espero que as pessoas pensem melhor na hora de votar e tirem esses políticos que compram até a imprensa aqui no Estado…

    Posted on 27 de fevereiro de 2014
  53. Luciana

    Depois de ler tantas mensagens acima, percebi o quanto a educação ficará pior… colegas de profissão brigando enquanto deveriam estar lutando juntos… é muito triste… cada um está preocupado com o “seu”, e enquanto a categoria estiver dividida nada vai melhorar na educação. Várias pessoas beneficiadas pela lei 100 dedicaram anos de suas vidas na educação com carinho sem recurso… isso não é levado em conta, pois o que vale é provar no papel sua capacidade… Em vários momentos na educação fomos levados a refletir sobre avaliação e na prática … só avaliação escrita conta…. Acredito que a lei 100 ajudou muitos profissionais que, apesar de seu bom trabalho, não conseguiram aprovação no papel… Então vão refletir mais, falar menos e tentar unir a categoria… é o que a educação precisa, são os profissionais que a torna melhor.

    Posted on 28 de fevereiro de 2014
  54. valdeci

    Olha
    eu tambem passei n concurso e ja tenho advogado preparado para entrar na JUSTICA .pois pretendo ocupar o meu cargo de efetivado,o que me parece justo.

    Posted on 28 de fevereiro de 2014
    • Lana

      E esse advogado seu vai conseguir! Vai esperando….

      Posted on 22 de março de 2014
  55. Marcondes

    Fico assustada com as leituras que vejo aqui pois profissionais da EDUCAÇAO assim tao afoitos por querer algo com o sofrimento do outro, desejam nada e querem tudo . Assim caminha um profissional que nem imagina o que se pode esperar de uma DECISAO onde deixa cd pessoa sem chao, comigo foi assim me EFETIVARAM e me perdoem se peguei o lugar de alguem o que for justo acontecera e desejo felicidades a tds , pois no decorrer do processo muitas coisas aconteceram e nossa classe nuca foi unida e nao é agora que sera . O ser humano tem muito que evoluir em seu campo espiritual. Ja presenciei colegas de trabalho passando lista de assinatura para a devida DERRUBADA da Lei 1OO que vergonha que eu fiquei diante delas, pois se o salario delas aumentasse td bem mas…. entrego a palavra final MEU SENHOR E MEU DEUS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Posted on 1 de março de 2014
    • sam

      tem que derrubar mesmo, essa lei é inconstitucional, principalmente no trecho onde diz que deve-se prover cargos a concursados.

      Posted on 13 de março de 2014
    • Lana

      Estes serão os educadores do futuro, coitado de nossos filhos. Vão aprender só coisas que eles estão delegando:Inveja, Avareza: apego ao dinheiro de forma exagerada, desejo de adquirir bens materiais e de acumular riquezas.

      – Ira: raiva contra alguém, vontade de vingança.

      – Soberba: manifestação de orgulho e arrogância.

      -Vaidade: preocupação excessiva com o aspecto físico para conquistar a admiração dos outros.

      – Preguiça: negligência ou falta de vontade para o trabalho ou atividades importantes.
      Que educação!

      Posted on 22 de março de 2014
  56. cleusa

    Salete, desde quando é justa uma lei que prejudica o direito dos outros. Vá estudar que vc terá melhor proveito. Não há nada melhor que entrar pela porta da frente. Imagine, por exemplo, que vc tem uma quantia no banco. Sua por direito. Vem outra pessoa e lhe rouba , e vc fica a ver navios. Acha justo? O que sentimos com a lei que vc diz justa, é a mesma coisa. Reflita, e se puder,e responda.

    Posted on 1 de março de 2014
    • julie

      Que comparação ridícula! Quem te roubou? Nada vem ao homem se não lhe for de direito. Deixa de ser amargurada e querer o mal dos outros! Para de julgar… Porta da frente é vc trabalhar com honestidade, é vc não enrolar em sala de aula, é vc merecer seu salário! Sou efetivada e agradeço a Deus por isso! Se for da vontade Dele que caia a Lei, algo melhor fará por nós! A TODOS OS EFETIVADOS, VAMOS TER FÉ E PEDIR A DEUS QUE FAÇA O MELHOR.

      Posted on 21 de março de 2014
  57. carlos

    guando sera que vai ser julgada a lei 100

    Posted on 3 de março de 2014
  58. sebastiao g da cunha

    E isso e coisa de pessoas com dor de cotovelo , pois fui benficidado pela lei 100
    nao e por meio de prova que voce avalia-se um profissional mas sim pela sua competencia na execuacao de seu trabalho , na etica criatividade e responsabilidade e outros ,,,,,,

    Posted on 3 de março de 2014
    • sam

      sebastiao g da cunha

      E isso e coisa de pessoas com dor de cotovelo , pois fui benficidado pela lei 100
      nao e por meio de prova que voce avalia-se um profissional mas sim pela sua competencia na execuacao de seu trabalho , na etica criatividade e responsabilidade e outros ,,,,,,

      a é? entao chega em qualquer lugar hoje pra conseguir um emprego e fala que voce tem “experiencia” comprovada e tenta concorrer a esse emprego com um cara do lado que tem um papel que fala que ele tem conhecimento e vejamos quem consegue o emprego
      claro se voce for apadrinhado do dono da empresa concerteza será voce com a experiencia, mas em todos os outros casos, nao.
      o problema dos lc 100 é que se acomodaram, acharam que iria ser pra sempre, vá estudar e quem sabe no proximo concurso vc consiga uma vaga

      Posted on 13 de março de 2014
      • Maristela Ferreira

        Que triste hein? Que categoria mais desunida! …..rsrsrsrs… e verificar que os tais concursados invejosos (dos efetivados pela Lei 100 ) não sabem nem escrever, que absurdo os erros de ortografia destes que se dizem inteligentes e passaram no concurso! Quanta ingenuidade, de se acharem melhores que os efetivados! Melhores???? rsrsrsrs… nem escrever corretamente sabem!

        Posted on 23 de março de 2014
  59. cleusa

    Maria Regina,
    Talvez seja prorrogado por mais dois, quem sabe. Que Deus os ajude! Vocês merecem. Estarei torcendo , aliás, sempre torço para que a justiça prevaleça.

    Posted on 9 de março de 2014
  60. Alexandre

    Pessoal,
    Devemos ter cuidado com nossas acusações pois esta situação é desagradável tanto para quem é concursado, quanto para quem se beneficiou da Lei 100. Como nosso colega Jorge Milani mesmo escreveu, é uma situação constrangedora para os dois lados. Quem criou a Lei foi o Estado e agora todos estão pagando por esta ação. Quem foi beneficiado com a Lei 100 fica todo dia se questionando se amanhã estará empregado, e quem é concursado, fica aguardando o que ira acontecer. Quem tem que resolver esta situação é o Estado e de forma que ninguém seja prejudicado e olha que nem sou funcionário público.

    Posted on 11 de março de 2014
  61. joao

    Maria Regina! você está correta,mas mesmo assim não iram bulir nas vagas dos efetivados.Procurei ajuda jurídica para entrar com mandato de segurança em relação a uma vaga excedente ,vaga ocupada por efetivado,não pude judicialmente! Perante a lei só poderia fazê-lo com relação as vagas disponibilizadas em edital,contudo meu advogado entrou em contato com SPF e eles disseram que tal lei será julgado este ano,antes das eleições,esta pessoa trabalha lá, e disse que tal deverá seguir o mesmo destino das sua irmã homóloga do norte do país…QUANTO a data foi um vacilo meu…DEUS esteja sempre com vós.

    Posted on 13 de março de 2014
  62. sam

    a questão é bem simples, foram efetivados em 2007 e se acomodaram achando q isso seria pra sempre, tiveram 7 anos pra estudar e fazer concurso, mas pra que se sendo efetivada tenho “os mesmos direitos” ne? nao acho certo que efetivados percam os empregos, mas sou a favor de que façam a coisa certa: “mandem embora” todos os efetivados, preencham as vagas com os concursados, e o que sobrar de vaga vai contratando lc 100 até que um dia eles resolvam estudar e passar na prova

    Posted on 13 de março de 2014
  63. joao

    digo:irão.

    Posted on 14 de março de 2014
  64. maria regina teixeira

    AMÉM!!! JOÃO,Será que vai ter outro concurso? Espero que não , preciso trabalhar mas pra mim estudar pra outro concurso tá difícil…. Que Deus me ajude!!!

    Posted on 15 de março de 2014
    • joao

      Amiga e irmã de giz,não fique contando com algo que nunca existiu no ensino de MG,ou seja,não conte com prorrogação de concurso,isso nunca ocorreu.E não será agora que vai ocorrer! vou lhe dar um motivo muito lógico para não acreditar em mais esta mentira de prorrogação de concurso,assim, você mesma a julgará.Nosso governo pode ser tudo menos burro,caso ele prorrogue tal concurso,aí sim,qualquer aprovado poderá entrar com mandato de segurança nas vagas dos efetivados sendo a lei 100 julgada e declarada inconstitucional. Anastasia enviou um documento assinado a todos os efetivados,dizendo a esses não ser necessário prestar o concurso 2011/2012,uma vez que seus cargos estavam garantidos por lei,lei 100 no caso…Veja você mesma,caso a lei venha ser declara inconstitucional,os efetivados poderão e deverão entrar na justiça alegando que não fizeram o concurso por terem tal garantia a cunho do próprio governador do estado,o que acarretaria enorme transtorno jurídico ao mesmo.Vá por mim,nosso governo está com a faca na garganta;de um lado o STF,preste a julgar tal lei,de outro,designados,efetivos e efetivados,todos revoltados com sua pseudo administração.Se ele prorrogar tal concurso e a lei 100 vir a ser declarada inconstitucional em definitivo ,feito que até o (STF.MG) já o fez em primeira instância,ele será obrigado a preencher tais vagas com a gente,aprovados,porém excedentes as 21.327 vagas lanças em edital, No entanto ganhará milhares de processos na justiça por parte dos até então efetivados,acarretando assim a cassação de seu mandato,que por sua vez se resume à sua recandidatura….Segue aqui o nome de uma GRAMÁTICA que adquiri,muito boa e de fácil entendimento:PORTUGUÊS DESCOMPLICADO,AUTOR Henrique Nunes 3ª edição…Faça como eu,estou estudado português e matemática,uma vez que tais matéria deverão voltar a ser exigidas…Obs,hoje português se resume à semântica,principalmente em se tratando de Carlos “chata”.Fique com DEUS!

      Posted on 24 de março de 2014
  65. joao

    Maria Regina! você está correta,mas mesmo assim não iram bulir nas vagas dos efetivados.Procurei ajuda jurídica para entrar com mandato de segurança em relação a uma vaga excedente ,vaga ocupada por efetivado,não pude judicialmente! Perante a lei só poderia fazê-lo com relação as vagas disponibilizadas em edital,contudo meu advogado entrou em contato com SPF e eles disseram que tal lei será julgado este ano,antes das eleições,esta pessoa trabalha lá, e disse que tal lei deverá seguir o mesmo destino da sua coirmã homóloga no norte do país…QUANTO a data, foi um vacilo meu…DEUS esteja sempre com vós.

    Posted on 17 de março de 2014
    • julie

      O ADVOGADO DOS EFETIVADOS É O SENHOR, VAI ENCARAR? E SE JUSTO JOAQUIM BARBOSA VAI JULGAR FAVORÁVEL SIM…

      Posted on 21 de março de 2014
      • joao

        Julie meu anjo! Você sabe porque milhares de pessoa moram de aluguel,embaixo de viadutos ou de marqueses?É POQUE isso é JUSTIÇA embora não seja JUSTO.Faça primeiro da sua parte para depois recorrer ao nosso PAI CELESTIAL.

        Posted on 24 de março de 2014
        • joao

          DIGO,MAQUETES. E PORQUE.

          Posted on 24 de março de 2014
      • joao

        Julie! estou com dó das pessoas que este pseudo governador prejudicou,pessoas como você…Comece a se preparar,pois vem concurso aí,comece a estudar à parti de já.Não deixe tudo nas mão de DEUS,uma vez que esse sempre nos dá as sementes,terra fértil,chuva e clima para plantar,embora cabe a nos semear a semente e proteger nossa plantação das ervas daninhas.Que Deus leve consolo e sabedoria a você.

        Posted on 26 de março de 2014
  66. marlene

    gostaria saber como vai ficar a situação do ASB porque não teve concurso pra esse cargo .E não temos culpa da lei 100 queria ver se quem fala tanto em concurso abreria mão do seu cargo pra outra pessoa ate parece que não estavamos trabalhando todos esses anos .

    Posted on 20 de março de 2014
  67. joao

    maria regina teixeira! Infelizmente vai,segundo o pensamento do jurista,só estão esperando tal concurso caducar,resolvendo assim um problema,pois, caso a lei seja julgada antes,o ensino de minas tornará-se um caus total,com t ações pipocando na justiça,aí sim,qualquer aprovado neste último concurso poderia entrar com mandato de segurança pleiteando as vagas…Ele disse que passaria a ser uma questão interpretativa, como um faca de dois gumes.Isso praticamente poria o ensino de minas,falido e inoperante…Acredite! Vem concurso futuro,meados de 2015 com certeza. Ano que vem minas não mais terá três classes de profissionais,voltando o que era antes, ou seja,efetivos e designados. Amiga e irmã de giz! Não se desespere apenas comece a estudar,você passa novamente;passou uma vez, passa dez se preciso for…JÁ estou me preparando desde o início do ano,dando ênfase para português e matemática,uma vez que a banca deverá ser novamente a Carlos Chagas.digo,Carlos chata…Que Deus a guarde,lembre-se,os males de hoje são os antídotos do amanhã…Para o veneno da serpente,há o próprio veneno para combatê-lo.

    Posted on 21 de março de 2014
    • joao

      digo,caos.

      Posted on 21 de março de 2014
  68. Vanessa

    Olá pessoal. Estive lendo os comentários acima e estou de boca aberta com tanta afronta. Sou lei 100. Não concordo com esta lei e sim, fiz o concurso, mas nós não pedimos para que ela fosse formulada. Há quanto tempo mesmo não havia um concurso na área de educação quando a lei foi formulada? Há pelo menos 6 anos, pois o último concurso antes da lei foi em 2001 e depois da lei, veio o último, ou seja mais ou menos de seis em seis anos. Se você, agora concursado, não tivesse nenhuma expectativa de concurso em sua área e lhe fosse oferecida um situação como esta, você não aceitaria? O fato é que estamos trabalhando e dignamente. Quando o último concurso foi lançado, já não haveriam as vagas da lei 100, então porque agora as pessoas as querem tanto se não era para contar com elas? Se cada um se preocupasse mais com os seus problemas não haveria tanta discussão. Ser educador não é apenas um serviço público que você toma posse e pronto. Ser educador é ter o dom especial de fazer as pessoas se apaixonarem pelo conhecimento.

    Posted on 24 de março de 2014
  69. cleusa

    Julie, faça de sua parte que ,tenho certeza, Deus te ajudará. Sinto em lhe dizer que vcs são muito folgados querendo algo que não lhes pertencem. Pegam o lugar dos efetivos na maior “óleo de peroba”. Não estou preocupada com efetivados . Fico sim, é com os outros que, como eu, estudamos para não ouvirmos nada disso hoje. E para lhe informar, sou efetiva há muitos anos. Não preciso brigar com efetivados pelo meu lugar. Sei onde estão meus direitos e deveres. Se me incomodarem , a justiça está aí é pra isso mesmo.Nenhum efetivado pega meu lugar. Então vou brigar para quê? Se escrevo algo aqui é porque quero abrir os olhos dos efetivos, só isso. Pelo jeito vc nem conhece uma constituição ou uma 8112, ou uma 869. Vá estudar , é o melhor remédio. Deus não ajuda quem não luta.

    Posted on 25 de março de 2014
  70. Anna

    Não temos culpa, pois não laçaram nossas vagas para o concurso.vcs concursados estão nos atacando de uma forma tão cruel que parece que nós somos culpados.Vocês são muitos secos,parassem não de Jesus na vida de vocês,só ódio no coração.Fique na paz,Jesus tomará as providencias necessárias.Eu tenho certeza que ele não desampara ninguém.A porta que Deus abri homem nenhum fecha.

    Posted on 25 de março de 2014
  71. Jussara Almeida

    Até que a Lei 100 poderia ter sido aceita,triste foi como EFETIVA,concursada,nomeada,ter cumprido o estágio probatório perder o MEU lugar para pessoas da Lei 100/M.G.A secretaria do Estado ao dar direito de igualdade para efetivos e efetivados foi quem acionou o estupim dessa bomba.Se a Constituição é clara e lugar para todos havia, que pelo menos assegurasse os direitos de quem entrou para o serviço público por MEIOS LEGAIS.Na verdade o pessoal da Lei 100 foi beneficiado,pois IGUALAR os direitos os colocaram na frente de muitos efetivos que foram vítimas de municipalizações e chegaram na escola depois desse pessoal.Fomos castigados por uma injustiça,e isso precisa ser corrigido,pois todos os anos entramos no quadro de excedência com 10 efetivados na nossa frente e o que é pior: Esnobam da nossa cara.JUSTIÇA S.E.E ,era só o que os efetivos queriam.

    Posted on 25 de março de 2014
  72. FIRMINA

    SEM DEUS NÃO SOMOS NADA,NADA,NADA… PAREM DE BRIGAR E VÃO PRA IGREJA REZAR. ANTES DE TUDO SOMOS TODOS FILHOS DE DEUS, VAMOS AMAR O PRÓXIMO, SEM INVEJA, A BRIGA É PORQUE ELES NÃO ESTÃO MAMANDO PURA INVEJA… PAZ ,PAZ…

    Posted on 25 de março de 2014
  73. maria regina teixeira

    João e hoje o grande dia do julgamento da ADIM 4876 DIA 26/04/14 A PARTIR DAS 14:00 H…
    QUE seja feita a vontade de Deus!!!

    Posted on 26 de março de 2014
  74. Matilde

    Fico com pena de muitos colegas que já possuem 20anos ou mais de trabalho e vão perder. mas é absurdo muita gente que tinha 1 ou 2 anos de trabalho e uma substituição de 30 dias abocanhar dois cargos de uma vez.È ou não é injusto. Pelo menos se tivesse tido critérios mais justos, relacionados a tempo de carreira, um cargo apenas e outros, ainda dava pra engolir, mas assim é um absurdo com aqueles que estudaram e passaram em concursos, assim com eu. E mais além de abocanhar dois cargos ainda se tornou Diretora. E agora JosÈ? …

    Posted on 26 de março de 2014
  75. joao

    Já foi julgado e considerado incostitucional. Para os cargos que existem concurso em andamento a saida dos designados é imediata. Para os outro em no máximo 12 meses

    Posted on 26 de março de 2014
  76. joao

    AMIGOS E IRMÃOS DE GIZ,SE CONFIRMOU O QUE DISSE ANTES.O QUE IRÁ OCORRER AGORA É TODOS OS CONCURSADOS TEREM DIREITO A FICAR NA FRENTE DO DESIGNADOS,OU SEJA EFETIVADOS VOLTARAM A CONDIÇÃO DE DESIGNADOS,MAS,ACREDITEM SÓ VÃO EFETIVAR AS 21.327,AS VIGAS DOS EFETIVADOS NÃO FORAM PARA O CONCURSO,LOGO NÃO SERÃO PREENCHIDAS.VOLTO A FRISAR MEADOS DE 2015 VEM CONCURSO AÍ.

    Posted on 26 de março de 2014
  77. joao

    AMIGOS E IRMÃOS DE GIZ!SE CONFIRMOU O QUE DISSE ANTES.O QUE IRÁ OCORRER AGORA É :TODOS OS CONCURSADOS TEREM O DIREITO,A FICAR NA FRENTE DO DESIGNADOS,OU SEJA, EFETIVADOS VOLTARAM A CONDIÇÃO DE DESIGNADOS ,MAS,ACREDITEM! SÓ VÃO EFETIVAR AS 21.327.AS VIGAS DOS EFETIVADOS NÃO FORAM PARA O CONCURSO,LOGO! NÃO SERÃO PREENCHIDAS.VOLTO A FRISAR, MEADOS DE 2015 VEM CONCURSO AÍ.PEÇO DESCULPAS AO IRMÃOS POR PEQUENOS ERROS DE GRAFIA,MEU TECLADO ESTÁ COM VÁRIAS TECLAS DEFEITUOSAS.SABE COMO É NÉ!SALÁRIO DE PROFESSOR.

    Posted on 26 de março de 2014
  78. Marcelo Augusto Santana

    No processo normal meu advogado pode perder uma causa por acordo entre as partes, ou ate reduzir algumas vantagens. Bom se chama patrocinio infiel, posso acionar um segundo advogado para processar o primeiro. O governo usou a lei 100 como alternativa para resolver um problema ou situação de urgência
    aparado por um suporte jurídico, consequencias essa já previstas. pela lei não temos direito a nada estamos ilegais ,mas por alguns anos resolvemos o que estado precisava. TAMBEM SE CHAMA PATROCINIO INFIEL. Bom
    so cabe um processo;

    Posted on 26 de março de 2014
  79. cleusa

    João , adorei as suas respostas a determinadas pessoas desse site. E como estou torcendo por vcs que estão esperando serem nomeados! Tá vendo! Deus é justo com os que lutam. Espero encontrá-los em breve, isto é ,como meus colegas legítimos.

    Posted on 26 de março de 2014
    • Marcia Machado

      O interessante é ver as pessoas brigando e tentando insistir em algo que vai contra a lei, o nosso país já é uma bagunça total e se começarmos a aceitar uma quebra de lei aqui e outra ali, como é que isso vai ser daqui a pouco? Li vários comentários falando da inexperiência dos aprovados no ultimo concurso e que tomaram posse de seus cargos, mas não estão conseguindo desempenhar bem o seu trabalho. Daí vem a pergunta…Será que todos os efetivados já entraram para seus cargos com experiencia de como lidar com uma sala de aula? Não, todos aprenderam com o tempo, e isso vai acontecer com os novatos que estão chegando agora. Estudei fora do Brasil e tive a oportunidade de lecionar nos EUA, mas por motivos relevantes tive que voltar para o Brasil. Quando aqui cheguei, trabalhei em escolas de idiomas e assim que surgiu o concurso, participei do mesmo, sendo aprovada em primeiro lugar, só que até o presente momento não tomei posse do meu cargo, estou a 2 anos trabalhando como contratada e o pior de tudo e que vivo resolvendo provas, traduções e muitas outras coisas para colegas que trabalham com a mesma matéria que eu “Inglês”, sendo os tais efetivados pela lei 100, mas sem a minima competência pra desenvolver a profissão e isso me deixa indignada, já que falam tanto em competência…como é que um fato deste pode estar acontecendo, ou seja, a incompetência esta em todos os lados, não é somente os “novatos” que são incompetentes, mas sim todos aqueles que não se importam com sua qualificação, abrindo aqui o ultimo questionamento: Se são tão competentes por terem trabalhado por tantos anos como efetivos, porque não tiveram a ousadia de prestar o concurso? Pelo menos pra testar os seus conhecimentos…Não estou puxando pra ninguém, mas o fato é que existe muita gente competente sim, mas a incompetência tá gritante em certos aspecto

      Posted on 31 de março de 2014
  80. luciano

    Parabéns para o estado de MG, pois temos ótimos representantes políticos que manipulam leis e resultados em relação a educação mineira.

    Posted on 26 de março de 2014
  81. maria

    não tenho nada haver com essa lei 100. Mais fui designada para trabalhar este ano em cargo vago, e tenho apenas uma aula na semana nessa escola, e mais 5 em outra escola , comecei a dar aula com designação ano passado, também serei prejudicada nisso aí né??

    Posted on 26 de março de 2014
  82. Péricles de Lima

    É muito triste ver como o ex-governador Aécio Neves, mesmo sabendo da inconstitucionalidade de seu ato, o fez para manipular as consciências de professores em todo o estado e garantir assim a eleição de seu sucessor, Anastasia!
    Com certeza, nenhum professor, contratado ou conscursado tem culpa. Mas a lei tem que ser cumprida. Infelizmente a principal peça de todo esse erro, o senador Aécio Neves, não vai pagar nada por isso.
    A classe do magisterio precisa avaliar coletivamente quais os seus prejuízos e quem é o verdadeiro responsável por isso. Não adianta ficar em briga de concursados versus contratados. Isso né uma divisão fratricida que não nos ajuda em nada.

    Posted on 26 de março de 2014
  83. Marcia Machado

    O interessante é ver as pessoas brigando e tentando insistir em algo que vai contra a lei, o nosso país já é uma bagunça total e se começarmos a aceitar uma quebra de lei aqui e outra ali, como é que isso vai ser daqui a pouco? Li vários comentários falando da inexperiência dos aprovados no ultimo concurso e que tomaram posse de seus cargos, mas não estão conseguindo desempenhar bem o seu trabalho. Daí vem a pergunta…Será que todos os efetivados já entraram para seus cargos com experiencia de como lidar com uma sala de aula? Não, todos aprenderam com o tempo, e isso vai acontecer com os novatos que estão chegando agora. Estudei fora do Brasil e tive a oportunidade de lecionar nos EUA, mas por motivos relevantes tive que voltar para o Brasil. Quando aqui cheguei, trabalhei em escolas de idiomas e assim que surgiu o concurso, participei do mesmo, sendo aprovada em primeiro lugar, só que até o presente momento não tomei posse do meu cargo, estou a 2 anos trabalhando como contratada e o pior de tudo e que vivo resolvendo provas, traduções e muitas outras coisas para colegas que trabalham com a mesma matéria que eu “Inglês”, sendo os tais efetivados pela lei 100, mas sem a minima competência pra desenvolver a profissão e isso me deixa indignada, já que falam tanto em competência…como é que um fato deste pode estar acontecendo, ou seja, a incompetência esta em todos os lados, não é somente os “novatos” que são incompetentes, mas sim todos aqueles que não se importam com sua qualificação, abrindo aqui o ultimo questionamento: Se são tão competentes por terem trabalhado por tantos anos como efetivos, porque não tiveram a ousadia de prestar o concurso? Pelo menos pra testar os seus conhecimentos…Não estou puxando pra ninguém, mas o fato é que existe muita gente competente sim, mas a incompetência tá gritante em certos aspectos….

    Posted on 27 de março de 2014
  84. Lucimar

    Só quero saber que dia vão me chamar para ocupar o meu cargo.

    Posted on 28 de março de 2014
  85. VAGNER

    CALMA PESSOAL! NÃO É A LEI 100 QUE EDUCA NOSSO PAÍS E NUNCA FOI , NUNCA SERÁ. QUANDO FALAMOS DE EDUCAÇÃO, NOSSO PAÍS INDEPENDENTE DE LEI ESTA UMA MERDA. E ACREDITO QUE DEVEMOS SOMAR OS CONCURSADOS E NÃO CONCURSADOS PARA TIRAR ESSES POLÍTICOS QUE FAZEM A MERDA E DEIXA NÓS PROFESSORES NESTA SITUAÇÃO. É HORA DE VOTAR EM OUTRAS PESSOAS E TIRAR ESSE LIXO DE POLÍTICOS DA MAMADA. MUITA CALMA NESTA HORA .BEIJOS

    Posted on 28 de março de 2014
  86. MARIE

    VÃO ESTUDAR PARA GARANTIR SUAS VAGAS , VOCÊS QUE CAIRAM DE PÁRA QUEDAS,ACHANDO QUE ISTO IRIA FICAR DE GRAÇA, AGORA… TCHAU, TCHAU TCHAU .ACABOU…QUEM APOSENTOU,TEVE SEU DIREITO GARANTIDO,QUEM FEZ CONCURSO ANTERIORMENTE TAMBÉM. AGORA A FOLGA ACABOU, JÁ PREJUDICARAM DEMAIS MUITOS CONCURSADOS COM DIREITOS ADQUIRIDOS DE FATO.A JUSTIÇA TARDA, MAS NÃO FALHA.BYE~BYE

    Posted on 28 de março de 2014
  87. Sheila

    Acho um absurdo o que certas pessoas dizem a respeito dos efetivados.Ninguém pediu ao governo para ser efetivado.Afinal, o próprio governo enviou uma carta para cada um dos efetivados dizendo que eram eles tinham seus cargos garantidos e que tinham os mesmos direitos dos outros efetivos. Ninguém pediu isso também! muitas pessoas julgam os efetivados incompetentes, sem condições de passarem em um concurso… um desrespeito total.Muitos não fizeram o concurso porque acreditaram que estavam seguros no cargo.talvez se tivessem feito teriam passado até na frente de muitos que estão aí conversando fiado, sem respeito algum por eles. Acho que deveriam se portar melhor como educadores.
    Sou efetivada em um cargo pela LC100 e passei em primeiro lugar no concurso! Como podem dizer que os efetivados são incompetentes?
    E não fiquem achando que o governo vai colocar os efetivados na rua e que vocês irão ocupar o lugar deles que não vão, turma de otários! O governo com certeza tem uma carta na manga e vai resolver isso da melhor forma possível sem que prejudique nenhum efetivado, pois afinal essa situação é de responsabilidade dele!
    Esqueçam! Vocês só vão pegar nossas vagas quando aposentarmos!!!!!!!!!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkkk!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Posted on 29 de março de 2014
  88. Rosevane

    Eu passei em 13 lugar no último concurso para professora de História estou fora das vagas de acordo com o edital.
    Mas com a inconstitucionalidade da LEI 100 nós temos o direito a essas vagas?
    Se alguém ai for advogado trabalhista poderia me tirar essa dúvida. Não sei se eu, fora das vagas do edital, posso entrar com uma ação na justiça. Estou sem saber o que fazer.
    E pessoal vamos parar com tanta agressividade. AQUI SOMOS TODOS VITIMAS; EFETIVADOS POR ESSA VERGONHOSA LEI 100/07 E NÓS QUE PASSAMOS NO ÚLTIMO CONCURSO. ESTAMOS TODOS SOFRENDO É HORRÍVEL VER O RESULTADO DE ATOS IRRESPONSÁVEIS DESSE GOVERNO E A CORJA QUE LEGALIZOU ESSA ABERRAÇÃO DA LEI 100. ELES SIM SÃO OS VILÕES, NÃO NÓS, CONCURSADOS OU EFETIVADOS. SOMOS SIM VÍTIMAS.
    VEJA BEM. EU, ASSIM COMO OS DEMAIS QUE FIZERAM A PROVA DO ÚLTIMO CONCURSO, ESTUDEI PASSEI NO ÚLTIMO CONCURSO PÚBLICO (FORMA CONSTITUCIONAL E LEGITIMA PARA INGRESSO NO SERVIÇO PÚBLICO) ESTOU EM 13 LUGAR SE NÃO FOSSE ESSA ABERRAÇÃO DA LEI 100 EU JÁ TERIA SIDO CONVOCADA. VOCÊS MEUS ESTIMADOS COLEGAS (INCLUSIVE TENHO AMIGOS QUERIDOS E INTIMOS) QUE NÃO TEM CULPA NENHUMA DESSA ATITUDE CRIMINOSA E IRRESPONSÁVEL DESSE GOVERNO ESTÃO TRABALHANDO A MAIS DE 6 ANOS COM ESSA EFETIVAÇÃO E QUE ESSES IRRESPONSÁVEIS AINDA GARANTIRAM QUE NÃO PRECISARIAM FAZER O CONCURSO PORQUE ESSA LEI NUNCA CAIRIA (SEI QUE ISSO É VERIDICO POIS AMIGOS MEUS DISSERAM QUE NÃO PRECISAVAM FAZER O CONCURSO PORQUE O GOVERNO GARANTIU QUE A LEI ERA LEGITIMA)
    ENTENDAM SOMOS TODOS VITIMAS.
    E ESTOU SENDO SINCERA NÃO ESTOU FELIZ COM ESSA SITUAÇÃO! ELA É ANGUSTIANTE, É UMA VIOLÊNCIA! É CLARO QUE A LEI 100 É UM GRAVISSIMO ERRO E PARA SE FAZER JUSTIÇA (NUNCA DEVERIA TER EXISTIDO) ELE DEVERIA, ASSIM COMO FOI, SER INCONSTITUCIONAL PARA SE FAZER JUSTIÇA O INGRESSO NO SERVIÇO PÚBLICO DEVE SER SIM ATRAVÉS DO CONCURSO PÚBLICO ( E DE FATO TEM UM EM ANDAMENTO) MAS DO OUTRO EXISTEM SERES HUMANOS, PROFESSORES, SERVENTES…. QUE ESTÃO SOFRENDO.
    ENTÃO PESSOAL! VAMOS PARAR COM ESSAS AGRESSÕES. SOMOS TODOS VITIMAS E SABEMOS QUEM DE FATO É O CRIMINOSO. GOSTARIA QUE NESSE PAIS SE FIZESSE UM POUCO DE JUSTIÇA E TODOS ESSES MONSTROS FOSSEM DE FATO PUNIDOS.
    EFETIVADO PELA LEI 100/07:VOCÊ NÃO É MEU INIMIGO E TAMPOUCO CULPADO POR EU AINDA NÃO TER SIDO CONVOCADA PARA ASSUMIR A VAGA PARA PROFESSORA. ASSIM COMO EU NÃO SOU CULPADA PELA DERRUBADA DESSA ABERRAÇÃO CHAMADA LEI 100/07. SOMOS VITIMAS DEVEMOS SIM NOS UNIR.

    Posted on 29 de março de 2014
  89. Patricia

    Quanta alegria, chegou o momento da justiça nesse estado. É hora dos ex-efetivados agora designados compartilhar de todo o sofrimento que é de perambular de escola em escola no início do ano atrás de vagas para designação. Vagas essas, que só surgiam quando os ex-efetivados estavam cansados, ou curtindo umas férias premias, agora somos todos iguais, estudem para o próximo concurso e que sabe vocês possam assumir o que é seus de direito legal sem nenhuma inconstitucionalidade.

    Posted on 29 de março de 2014
  90. Branca/Eva

    Sabemos que a Lei 100 é inconstitucional, mas não pedimos e não fomos consultadas para estarmos nesta situação. Nesse caso a Lei deveria punir quem a criou e dar segurança a nós trabalhadores que merecem o devido respeito.

    Posted on 30 de março de 2014
  91. Nina

    Já que a Lei 100 é inconstitucional, por que o órgão responsável em barrar essas leis ilegais não agiu imediatamente, mesmo cabendo recursos, deixando afetar 98.000 pessoas, na sua maioria arrimo de família durante quase 07 anos? E agora o Estado vai dar segurança para essas pessoas, que já estou sabendo que algumas estão abaladas psicologicamente por uma situação que não têm culpa e não pediram para está?

    Posted on 30 de março de 2014
  92. Lanna

    Como fica a posição do governo? Mandou uma divulgação endereçada para os 98.000 efetivados que a vaga desses não foi computada no último concurso. Lançará um concurso para assegurar esses servidores e considerará a estabilidade daqueles que já tinham um certo tempo de carreira e agora estão sendo punidos injustamente?

    Posted on 30 de março de 2014
  93. Sarah

    O STF olhou a parte da legislação, correto. Mas e o lado humano dos servidores não foram consultados e nem comunicados desse (benefício). Vamos ter um respaldo diante desse acontecimento?

    Posted on 30 de março de 2014
  94. Bida

    Sabemos que o edital do concurso foi divulgado uma quantidade de vagas para cada área. Existe uma Lei que o governo pode chamar para dar posse somente os aprovados dentro do que foi divulgado. Penso que se a Lei existe e a vaga dos efetivados não foram computadas para o concurso, o governo tem toda a autonomia de abrir outro concurso ou decidir o que será feito com essas vagas. Isso deveria ficar bem esclarecido pois as pessoas estão decidindo por si próprias.

    Posted on 30 de março de 2014
  95. Bida

    Estamos sendo vítimas e passando por constrangimentos pelos efetivos, aprovados no concursos e até mesmo pelos designados, por essa situação que não temos culpa de estarmos nela.

    Posted on 30 de março de 2014
  96. Cida

    Houve um concurso, não me lembro bem o ano que foi cancelado o da área de Serviços Gerais. Por que até hoje não sabemos o que aconteceu com esse concurso? Cadê o julgamento dele? Meu irmão passou, foi bem classificado,sonhava com esse cargo e não teve nenhum esclarecimento a essa situação. Cadê o respeito para com essas pessoas?

    Posted on 30 de março de 2014
  97. Madalena

    Os efetivos falam que nós efetivados estamos querendo mandar mais do que eles. A escola e as vagas não são do diretor, filho de diretor, efetivos, efetivados nem designados. A partir do momento que fazemos parte do processo, temos todo o direito de expressar se algo não está correto. Infelizmento o efetivo por concurso acha que é dono do centro educandário em que está inserido e não é por aí. Sabemos que os efetivos tem seus direitos adquiridos, mas alguns se entregam após o período probatório, não lêem nenhuma resolução, não têm conhecimento de como serão distribuídas suas aulas e quando são atropelados em seus direitos colocam a culpa nos efetivados e/ou designados. Tem muita coisa para cair nesse país.

    Posted on 30 de março de 2014
  98. VÂNIA

    Olha gente, o que eu penso é que todos: designados, efetivados, efetivos, aprovados e classificados do último concurso estão sendo prejudicados. Os únicos que estão levando vantagem são os sem vergonhas do governo AÉCIO/ANASTASIA e os servidores que se aposentaram, principalmente os serviçais, pois tem muito professor que foi APROVADO no concurso de 2006 e está neste mato sem cachorro por causa do cancelamento do concurso de 2006 que quiz proteger aqueles serviçais que não tinham sido aprovados. Agora os responsáveis pela revolução (que eram a minoria) estão todos aposentados, e o resto se thgklpmn …
    Vamos parar de brigar gente, e torcer para que cada um tenha o melhor final possível… Os efetivados se Deus quiser vão conseguir passar no próximo concurso, os aprovados deste último vão ter seus direitos garantidos sim, pois também é justo, e creio também caro João que o mais sensato por parte do governo é nomear todos os aprovados e classificados no concurso, pois não se esqueçam são 11.200 EFETIVADOS APROVADOS/CLASSIFICADOS que poderão ter sua situação regularizada. Serão 11.200 famílias salvas. Tenham certeza, tem vaga para todo mundo, pois o numero de pessoas aprovadas no último concurso são insuficientes para preencher todas as vagas disponíveis, juntando-se as vagas disponibilizadas no ultimo concurso, as vagas dos atuais efetivados e os outros cargos vagos ocupados por designados que não foram contabilizadas no concurso.
    VAI DAR TUDO CERTO GENTE … POR FAVOR NUNCA MAIS ACREDITEM EM PROMESSAS DE POLÍTICOS. QUE ISTO SIRVA DE LIÇÃO, E FORA AÉCIO E ANASTASIA.

    Posted on 30 de março de 2014
  99. Tião Ruas - Jordânia

    Sou efetivo em um cargo e efetivado em outro. A Lei 100 é inconstitucional, claro, mas devo ressaltar que as vagas ocupadas pelos efetivados, não foram lançadas no concurso. Se o governo não deu opção para os efetivados concorrerem, devido a ocupação das vagas, deve haver um concurso só para os efetivados, ou anular o outro e fazer um em que todos possam concorrer e se efetivarem legalmente. Esse governo armou uma casa de marimbondo pra todos. O que deverá ser feito agora???…
    Não poderemos ter uma colega professora como a CICI, que não possui argumento para comentar a complexidade deste fato. Nem um efetivado mamou em ninguém e sim trabalhou muito. Mamar é quando se ganha sem nada fazer, ouviu, dona CICI?

    Posted on 31 de março de 2014
  100. joao

    (PARA À CLÉO)7) Com a decisão do STF ficou garantida a posse imediata dos concursados efetivados que passaram no concurso, independente da classificação?

    Não. Esta questão foi uma sugestão do Ministro no julgamento da ADI 4876. Não faz parte da decisão. Qualquer nomeação de concursado, obrigatoriamente, deve seguir a ordem de classificação e aprovação do concurso.

    8) As nomeações do concurso em vigor, já realizadas, serão revistas uma vez que os cargos ocupados pelos efetivados são vagos?

    OBS!!!!!Não é possível alterar as nomeações já feitas porque no momento em que foram feitas, estas vagas não foram incluídas no Edital SEE 01/2011.

    9) Com a decisão do STF, é obrigatória a imediata realização de novo concurso público?

    Não, porque no momento, existe concurso público em vigor.

    10) Diante de todos os prejuízos que o Governo de Minas causou aos efetivados, é possível ajuizar ação por danos morais?

    Esta questão está em análise pelo Departamento Jurídico do Sind-UTE/MG.

    11) O servidor efetivado será demitido imediatamente?

    Não. O efeito da decisão se aplica a partir do momento em que houver o trânsito em julgado.

    12) O Governo é obrigado a prorrogar o concurso em vigor?

    OBS!!!!!!Não. É um ato que depende da sua vontade. Ele não é obrigado. Entretanto, é importante dizer que como tem concurso público em vigor, o Governo é obrigado a nomear os aprovados para todas as vagas divulgadas no Edital SEE 01/2011, respeitando a ordem de classificação, antes de novas nomeações decorrentes de concurso futuro.

    Posted on 31 de março de 2014
  101. marco

    Em Minas, curral eleitoral do PSDB, o povo só tá se f…

    Posted on 1 de abril de 2014
  102. Rosi figueira de carvalho

    Penso que cada um deveria cuidar mais da sua vida e deixar as coisa se resolverem, ficar discutindo o que é certo ou não nessa altura do campeonato não levará a nada. vagas na área da educação em Minas Gerais nunca faltará tanto para contratados ou efetivados (designados sempre existiram e continuarão a existir)Passar em um concurso não quer dizer que vc seja melhor que ninguém, os bichos que comerão um concursado será os mesmos que comerão os designados)

    Posted on 1 de abril de 2014
  103. Rosi

    Prestei o último concurso e fui aprovada. Não estou trabalhando, e ainda não fui nomeada. Estou na expectativa de conseguir o cargo pleiteado. Pois, preciso trabalhar.

    Posted on 2 de abril de 2014
  104. Sílvio Soares Nascimento

    Boa tarde, Prezados.

    Minhas esposa fez o concurso em 2012 e a colocação dela é 200, mas o consurso feito foi 11.200 pessoas que passaram. Será que este número que será admitidos até o próximo concurso para professor do estado de minas. Caso está conquista seja revogado, acho que os outros estado também deveram agir para derruba desta .

    Posted on 4 de abril de 2014
  105. zilma

    sou efetivada na lei 100 nao pedimos isso sou ASB mas tambem fui classificada no ultimo concurso porém pela segunda vez fomos lesados, desrespeitados sendo que da primeira vez nem prova teve e nem devolveram o nosso suado dinheiro da inscriçao e ainda somos obrigados a ouvir e ler tantos absurdos como se essa efetivaçao fosse uma esmola? Ora pois então nos de a posse do concurso e nos efetive dignamente.

    Posted on 4 de abril de 2014
  106. Gilson Justino Miranda

    Em primeiro lugar a lei 100 é totalmente irregular todos sabiam até os “professores leigos” . A primeira coisa que o professor que fez uma graduação é conhecer a lei e fazer respeitar a lei.Lá na constituição no artigo 37, prg. II esta muito claro o acesso ao serviço publico só pode ser através de concurso publico, ou em cargo de confiança do governo com livre nomeação e demissão. Temos que ter respeito a lei. Se a lei não respeitada hoje a manhã vc também poder ser vitima. Todos os professores , secretarios/ as de escolas, serviçais, todos tinham conhecimento da inconstitucionalidade da lei, o (des)governo mineiro criou a lei para beneficiar um grupo de assessores com altos que não tinham como se aposentar com seus altos salarios, então criou essa lei um verdadeiro trem da alegria, uma espécie de apostilamento. Os funcionarios da educação entrou na mesma situação, e ficou feliz. Muitos foram efetivados com seis aulas, três aulas cargos agregando mais de um conteúdos, um verdadeiro
    absurdo. Quanto a ordem do governo de n ão desponibizar as vagas da lei 100 os professores deveriam ter feito o concuso do mesmo jeito pois sabiam que estavam efetivas numa lei inconstitucional. Porém muitos não queriam acreditam na inconstitucionalidade da Lei. Agora ele deveriam entrar com uma ação coletiva contra o Estado, pedido a improbidade administrativa do Aécio e do Anastasia pois gastaram de forma irregular o dinheiro publico, com funcionarios que estavam ocupando cargos de forma irregular. Isso é improbidade administrativa, também dos deputados que aprovaram a lei para fazer política com os beneficiados………..

    Posted on 6 de abril de 2014
  107. rita leao

    Rita Leao

    Bom dia queridos colegas professores do estado de Minas Gerais, sou professora no estado da Bahia, na minha humilde compreensão acredito que o maior equivoco deste problema, está entre os próprios profissionais da educação, pois a luta não deve ser uns contra os outros, designados ou efetivados pela Lei100, ambos são vítimas de um governo corrupto que com certeza efetivou pessoas sem o devido processo legal para ganhar votos na época, o que importa agora a acionar o estado para todos que sejam assistidos nos seus direitos constitucionais. então senhores professores do estado de Minas Gerais se unam em favor do que é justo para todos. Deixemos de olhar para nosso umbigo e comecemos a lutar pela categoria. Tenho certeza que existe vagas para todos, sabem porque? porque nossa profissão está em extinção. Infelizmente ninguém mais quer ser professor, e não é somente pela questão salarial não; é também pela falta de valorização, e pela dignidade que nos está sendo retirada. Espero que Deus abençoe a todos com muita sabedoria nesta lide. beijo no coração.

    Posted on 6 de abril de 2014
  108. Deisy

    Sou concursada desde 2006 e gostaria de saber se conseguirei minha mudança de lotação, já que a vaga que pleiteio está ocupada por um efetivado da lei 100! Alguém saberia responder?

    Posted on 8 de abril de 2014
  109. sol

    Infelizmente a Lc 100 caiu.Espero que nosso governo perceba o quanto a educação melhorou em todos os sentidos, depois que nos efetivou. Atualmente não existe mais aquele troca troca de professores , servidores da secretarias e serviços gerais. Todos desempenharam um bom papel. Pelo menos foi assim na escola que atuo. Como tudo ficou melhor, na organização de uma secretaria, na organização de uma cantina e assim vai até chegar numa sala de aula, sem contar no relacionamento humano que criamos entre todos fazendo uma grande família. QUE NOSSO GOVERNO OLHE POR NÓS!!!

    Posted on 12 de abril de 2014
  110. Ana aparecida

    Quantos comentários bobos!Toda pessoa que conhece a constituição sabe que efetivação só com concurso.Portanto, quem foi efetivado pela lei 100 deveria ter estudado e feito o concurso!Esperavam jeitinho?!Não dá para acreditar !É questão de justiça,de optar pela lei ;afinal, para que todos tenham oportunidades ,o concurso é a maneira mais justa,não acham?Acredito que mesmo deixando de ser efetivados ,não perderão o emprego,só perderão o direito de escolha de aulas/funções e remoções ,preenchendo cargos divulgados no concurso e mandando os concursados para a zona rural ,distantes, como presenciei aqui no meu município, e isso é a razão da indignação de concursados.Justa a indignação,não?!

    Posted on 15 de abril de 2014
  111. Renê

    CICI,
    Acho que vc é uma pessoa que não merece uma vaga mesmo concursada, pois já pelo jeito de se expressar pelos seus direitos, vejo a vulgaridade das palavras. Usar esse termo ” os efetivados já mamaram demais” Que professor vc daria? Não queria MEU FILHO ASSISTINDO SUAS AULAS!

    Posted on 23 de abril de 2014
  112. Eliete

    E ai Amanda, que tal aprender a escrever a palavra ACHAMOS, nunca vi antes escrita com X.

    Posted on 24 de abril de 2014
  113. marcelo

    É verdade que a falta da competência de alguns que fizeram o favor de criar essa forma irregular de promoção profissional de muitos em favor de alguns, verdade seja dita, todos os que estão nesta situação sabiam sim que mais ou mais tarde, o veto a essa lei aconteceria, então não falem como se fossem inocentes e que não sabem o que vão fazer, infelizmente o mal de muitos é o de não se prevenir, agora que os concursados estão prestes a tomar a vagas dos efetivados, ficam eles dizendo: há e minhas contas, não sei fazer mais nada a não ser dar educar, porque então não fez o concurso e se garantiu. Estou no meio dos que fizeram o concurso com intuito de garantir de forma legal minha vaga e quero o que tenho direito.

    Posted on 5 de maio de 2014
  114. Amelinda

    Oi gente passei no concurso e estou aguardando a decisão final do STF, mas tenho amigos que foram efetivados pela Lei 100, não trato eles com desrespeito, pois sei que assim como eu, eles também estão angustiados… Acho que como seres humanos que somos (?) deveríamos ter mais compaixão pelo próximo e pedir a nosso bom DEUS que tudo de certo para ambos os lados. Afinal a culpa não é dos efetivados e nem dos concursados. Os comentários que li acima me entristecem, pois vejo que não há respeito nem com o sofrimento dos outros. Ao invés de brigar vamos colocar nas mãos de DEUS para que todos saiam ganhando, pois ele está vendo tudo isso e pode se irritar e sair todo mundo perdendo!!!!! Rezo por efetivados e concursados. Tudo vai acabar bem. Confiem!

    Posted on 6 de maio de 2014
  115. cleusa

    Sarah, respaldo de quê se estão ilegais. O lado humano é o da lei “Carta Magna” em cima das falcatruas de Minas. O lado humano é reconhecer que os concursados têm direito à vaga, é fazer o que é de acordo com a lei. Se fosse o contrário você acharia que é desumano? O pior , no Brasil, é esse jeitinho que as pessoas esperam desses políticos que não merecem nosso voto. Enquanto não encararmos as coisas com mais respeito e seriedade vamos continuar sendo pertencentes a um país medíocre , sem criatividade nem respeito. Que pena!

    Posted on 7 de maio de 2014
  116. jussara s. B.

    Bem gente fiz o concurso , fui bem classificado e tomei posse, graças a DEUS. Não vamos ficar criticando nossos companheiros efetivados, afinal eles não tem culpa de nada , são apenas vítimas desse governo irresponsável,que fazem tudo pensando somente neles. Tenho colegas dentro dessa lei ,são grandes profissionais e não estão mamando… estão trabalhando pra valer. Vamos respeitar né?

    Posted on 27 de maio de 2014
  117. MARIA REGINA

    João ,cadê você ? Dê noticias sobre a lei 100!!!
    Que que tá acontecendo??..

    Posted on 17 de junho de 2014
  118. Maria Regina

    João ,cadê você?!! Dê noticias sobre a lei 100!!
    Que que ta acontecendo!!!

    Posted on 17 de junho de 2014
  119. Luzete Dourado

    Essa lei foi uma ingratidão.Eu estava trabalhando em uma escola à dois anos através do vinculo. Veio um efetivado e me tomo pq disse q ele tinha direito. Agora me responda foi pq ele tem mais competencia do q eu?
    a pessoa q me tomou o cargo é efetivado em dois cargos. ele ficou com dois e eu sem nenhummm.Que distribuição de renda é essa seu Aécio?

    Posted on 17 de setembro de 2014
  120. welton

    O concurso estava ai para quem quizesse fazer. Só para constar muitos da lei 100 fizeram e não passaram, que pena ou que incompetência?????? Pq sei de muitos da lei 100 que fizeram concurso e foram nomeados, e sei também de muitos mais que fizeram e não passaram!!! Nada mais a declaram …

    Posted on 21 de setembro de 2014
  121. SAndra Mara

    As vagas do concurso 2012 não compreendem as dos efetivados! O governo deveria dar a posse para os concursados que passaram “dentro das vagas” e abrir novo concurso com as vagas dos efetivados para oportunizar quem não fez. Mas vcs que estão discutindo deveriam se unir! Vocês são da mesma classe: professores. Agora quem é esperto, aproveita a oportunidade e mude de profissão! agora se tiver prova de português no próximo concurso, essa galera que tá argumentando não passa não… viu?

    Posted on 28 de setembro de 2014

Leave your reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Go to top