menu

Maioria dos servidores estaduais do país tem nível superior, diz IBGE

IBGE novo concurso vem aí


A Diretoria Administrativa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) está acelerando ao máximo os preparativos do concurso para as carreiras de técnico (300 vagas; nível médio), analista, tecnologista (60 para cada cargo; ambos de nível superior) e pesquisador (12; superior com mestrado ou doutorado).

Embora o Ministério do Planejamento tenha autorizado 440 vagas, o projeto básico estabelece que serão oferecidas 432, sendo 300 para o nível médio e 132 para o nível superior (veja no anexo abaixo, junto com quadro de requisitos). O Rio de Janeiro será contemplado com 138 vagas, sendo seis para técnico e todas 132 para os cargos de analista, tecnologista e pesquisador. As outras 294 vagas de técnico serão distribuídas entre 281 municípios de 23 estados. A contratação será feita sob regime estatutário, garantindo estabilidade empregatícia. De acordo com o projeto básico, a taxa de inscrição já teria valores pré-definidos, sendo R$50 para técnico (nível médio), R$110 para analista e tecnologista (superior) e R$140 para pesquisador (superior com mestrado ou doutorado). A expectativa é de que até meados de julho a organizadora já tenha sido escolhida. Para concorrer a uma das 300 vagas de técnico em informações geográficas e estatísticas, será preciso possuir, além do nível médio, carteira de habilitação categoria “B”. A remuneração inicial é de R$3.186,10.

Para as 120 vagas de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatística e tecnologistas em informações geográficas e estatísticas (60 em cada cargo), o candidato deverá ter formação superior em áreas específicas (ver anexo). Para essas duas carreiras, a remuneração inicial é de R$6.728,60 (podendo chegar a R$7.085,33 com aperfeiçoamento, R$7.442,06 com mestrado e R$8.303,24 com doutorado). Já para disputar as 12 vagas de pesquisador será necessário ter mestrado ou doutorado. A remuneração inicial será de R$8.233,26 ou R$9.280,45, respectivamente. Para todos os cargos, os rendimentos já incluem R$373 de auxílio-alimentação. Além do Rio de Janeiro, os outros 23 estados contemplados com vagas são Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Provas – Pelo projeto básico do concurso, as avaliações objetiva (todos os cargos) e discursiva (apenas para analista/Análise de Sistemas/Desenvolvimento de Aplicações e pesquisador) estão previstas para 13 de outubro. A seleção ainda contará com prova prática (para tecnologista nas áreas de conhecimento Programação Visual/ Planejamento e Desenvolvimento para Mídias Eletrônicas, Edição de Vídeo e Geoprocessamento), no dia 27 de outubro, e análise de títulos (pesquisador), entre os dias 13 e 19 de novembro. Para os candidatos a técnico serão cobradas 60 questões objetivas de Língua Portuguesa, Inglês, Raciocínio Quantitativo Lógico, Conhecimentos Gerais, Conhecimentos Específicos, Geografia e Noções de Informática. Para se classificar será preciso alcançar, no mínimo, 40% do total de pontos.

Os interessados aos cargos de analista e tecnologista responderão de 60 a 70 questões objetivas (dependendo da especialidade) de Língua Portuguesa, Inglês, Raciocínio Quantitativo Lógico e Conhecimentos Específicos, conforme a área de conhecimento. Para se classificar, será preciso alcançar, no mínimo, 50% do total de pontos. Para técnico, as provas ocorrerão em 23 estados. Já para as carreiras de nível superior, apenas no município do Rio de Janeiro

5 comments

  1. Pablo

    Olá,

    O que seria o “anexo” do trecho:

    “Para as 120 vagas de analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatística e tecnologistas em informações geográficas e estatísticas (60 em cada cargo), o candidato deverá ter formação superior em áreas específicas (ver anexo)

    Esse anexo já existe, ou só sai junto com edital?

    Posted on 26 de junho de 2013
    • Lariza

      Tenho a mesma dúvida

      Posted on 25 de julho de 2013
  2. Reinan

    gotaria de saber encontro a lita com as cidades nas quais terão as vagas

    Posted on 2 de setembro de 2013
  3. Vanessa

    Oi, não tenho carteira de habilitação. Vcs sabem dizer se posso fazer o concurso e tirá-la depois?

    Posted on 23 de setembro de 2013
    • jill

      Infelizmente não. Também morri nessa… =(

      Posted on 27 de setembro de 2013

Leave your reply

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Go to top