Home » Eu Já Passei » Primeiro lugar no TCE-PA é do EVP!

Eis me aqui, me chamo Persistência!

Meu nome é Ercilio Marinho T. Filho, conhecido como Ercilinho, no fórum dos concurseiros (FC), tenho 28 anos, formado em Ciências Contábeis e moro em Belém do Pará. Vim compartilhar um pouco desta longa, sacrificante e prazerosa caminhada de concurseiro.

O início de tudo.

Tudo começou no final da faculdade, quando pensei em prestar concurso público. Após a formação, decidi, com o apoio dos meus pais e sabendo das dificuldades financeiras que encontramos iniciar uma nova jornada, sem volta, na seara dos concursos e, a partir do início de 2007, comecei um planejamento (a idealizar um sonho) para ingressar no serviço público, especialmente na Receita Federal.

As dificuldades farão parte de uma caminhada vitoriosa. Saiba enfrentá-las!

Os anos de 2007 e 2008 foram os mais difíceis na caminhada de concurseiro, pois, além de buscar a disciplina e a concentração ideal, bem como terminar a especialização no 2° semestre de 2008, eu não possuía, nesses anos, os recursos necessários para investir em livros, como por exemplo, 1 teoria + 1 exercício, e nem nos cursos telepresenciais, já que na minha mãe era a única que sustentava a casa no momento. Neste período, estudei as disciplinas de Português, Informática, Contabilidade Geral e os Direitos Constitucional, Administrativo e Tributário com apenas um livro de teoria de cada matéria, sem ter nenhum professor ao lado para orientar, ou seja, estas disciplinas aprendi sozinho. Sem dúvida, não foi fácil aprender sem orientação, mas era a única forma de dar continuidade aos estudos e ao tão sonhado cargo público, mesmo sabendo que poderia demorar um pouquinho até a aprovação. Eu estava decidido!

Sabe colegas, diante tantos obstáculos, eu perdi a conta de quantas vezes pensei em desistir, quantas vezes chorei por não ter os materiais que eram necessários, quantas vezes ora a Deus pedindo força, quantas vezes…contudo, sempre pensava nos benefícios que iriam alcançar no futuro (estabilidade financeira, bom salário, investir na família presente e futura e ainda ser um investidor na obra de Deus) e, desde o começo, de fato, eu já enxergava a mão do Pai suprindo as minhas necessidades e me sustentado para superar os obstáculos do presente e do por vir, pois, como afirma, em Salmos 66:19: “Mas, na verdade, Deus me ouviu, atendeu à voz da minha oração.”

Em 2009, começamos a enxergar os milagres de Deus na nossa família ao abençoar com o aumento da aposentadoria da minha mãe, a Carol – minha irmã – prestou seu 1° concurso federal é passou de primeira, além de ter conhecido pessoas maravilhosas que me auxiliaram com incentivo e também disponibilizaram vários materiais, fora a oportunidade única de conhecer e ser assinante, desde o dia 05/12/2010, do Eu Vou Passar. Que alegria, hein?!

Agora, você já pensou se eu tivesse desistido em meio às dificuldades?! Com certeza, se desistisse, eu não estaria escrevendo a você, caro leitor, a minha história de superação. Então, a partir de hoje, decida a escrever a sua!

As primeiras colheitas demonstram a direção que trilhamos.

No ano de 2008, consegui a minha primeira classificação no concurso da SEDUC (Contador), fiz o mínimo para classificar e fiquei em 147° lugar (último lugar…Glória a Deus) e isso foi motivo de muita alegria…mas muita alegria, pois estava tendo discernimento que trilhava pelo caminho certo. E no mesmo ano, consegui um 3° lugar na PRODEPA (Processamento de Dados do Estado do Pará), sendo que fiquei empatado com os dois primeiros colocados. Advinha, qual foi o último critério de desempate? Isso mesmo: a idade. E, assim, fiquei em terceiro.rsrsrs.

Em 2010, consegui me classificar no TCM em 61° lugar ACE (40 vagas) e ainda fiz o concurso da DPU conseguindo o 4° lugar – Contador (uma vaga) e, no ano de 2011, consegui ficar em 3° lugar (Auditor) e 4° lugar (Técnico em Contabilidade) na INFRAERO, ambos os cargos eram para cadastro de reserva (CR).

No início do ano de 2012, fiz o concurso para Auditor Fiscal Municipal (Pref. de Ananindeua – PA) e alcancei o 23° lugar (20 vagas), mas foi dolorido ficar fora das vagas, devido ter cometido um descuido no cartão resposta (só porque coloquei um “pontinho” numa das assertivas e, assim, anularam a questão). E ainda passei em 3° lugar (duas vagas) no IPAMB e 4° lugar (CR) na FUNPAPA, ambos concorri para o cargo de Contador. Portanto, em questão de bater na trava, eu já estava profissional. rsrsrsr.

A grande batalha!

Em novembro de 2011, comecei a participar de um grupo voltado para os Tribunais de Contas (especialmente TCE/PA) e, assim, por um tempo, deixei de lado o estudo para Receita Federal.

Quando saiu o edital para Analista do TCE/PA, no final de maio de 2012, fiz minha inscrição no concurso e fui estudar com toda garra. Após a divulgação da concorrência (1483 inscritos para 9 vagas), confesso que fiquei espantado com o número de inscritos e também um pouco desanimado, todavia sempre acreditava que tinha chegado a minha hora e DEUS já havia reservado uma vaga para mim.

Neste tempo pós-edital, de aproximadamente 2 meses antes da prova, eu estava ciente de que a minha aprovação iria depender do planejamento, da disciplina e do foco (sigla PDF) e tinha convicção do preço que deveria ser pago para alcançar um bom resultado no TCE/PA e, diante isso, eu li todo o MCASP (parte I, IV e V) e alguns CPC, fiz os resumos dos assuntos mais pertinentes do MCASP, treinei mais de 30 redações e resolvi quase 3.000 mil questões. Sem dúvida, foi um tempo desgastante, entretanto muito produtivo.

Já há duas semanas antes da prova, planejei como iria fazê-la, revisei os tópicos mais importantes, dediquei um tempo de concentração total (tipo para uma final de Copa do Mundo), pratiquei atividade física (corrida) e fiquei mais tempo com minha família.

No momento da realização da prova, eu tinha em mãos uma prova com 80 questões de múltipla escolha + 2 discursivas (mínimo 10 e máximo de 15 linhas) para responder em 5 horas. No decorrer da resolução dela, após a aproximadamente 1hora e 30 minutos, faltou luz no local e, por causa disso, quase me deu um “treco”, pois tinha a clareza da dificuldade da prova e que seria bastante cansativa, e não queria que fosse anulada. Por quê? Porque o nível da prova iria nivelar pra cima. Quando estava sem luz, ainda com a pouca claridade que refletia da janela, mudei a estratégia da prova e comecei a fazer as duas questões discursivas…e creio que isso fez com que eu permanece na briga pelas vagas, devido alguns cansaram a visão resolvendo a prova objetiva ou ficaram esperando a luz voltar ou só fizeram a discursiva no final quando já estavam cansados. Afinal, foram cerca de 5h e 50 minutos de prova e, após sair da sala, estava uma dor de cabeça absurda, no entanto valeu a pena todo esforço e a nova estratégia adotada.

Logo que saiu o resultado final, eu fiquei em “estado de choque”- na frente do computador – quando vi minha colocação, enquanto que a minha mãe, ao saber do resultado, começou a chorar e a louvar a Deus pela vitória alcançada. Bom, fui abençoado por Deus com o 1° lugar (ACE – Contador) do TCE/PA e, após longos 6 anos de HBC, puder perceber que o tempo de estudo, de privações, de dor, de tristeza e de dificuldade não foram maiores que alegria sentida naquele momento. Pude visualizar que a sementinha plantada no início, deram seus frutos e, assim, como diz a palavra de Deus: ”O Senhor fará de vocês a cabeça das nações, e não a cauda”.

Agora, depois da aprovação no TCE/PA e a nomeação prevista para final de outubro, ainda não sei qual a vontade de Deus para minha vida, todavia, como um grande mestre diz: “tudo se inicia com oração”. Então, estarei em busca da boa, perfeita e agradável vontade de Deus, seja continuando os estudos para Área Fiscal ou não (AFRFB ou ICMS) ou “encerrando” a carreira de concurseiro. Que seja feita à vontade do Senhor!

Honre quem é digno de honra!

Digo que o EU VOU PASSAR é uma família sonhadora que nos motiva a superar todos os obstáculos existentes nesta caminhada. Eu espero que vocês continuem a ser uma fonte de inspiração, uma fábrica de sonhos, para muitos que não possuem condições financeiras em arcar com os estudos. Este, sim, é um curso referencial que visa à disseminação da educação. Glória a Deus pela vida de todos que fazem parte deste trabalho maravilhoso!

A vocês, colegas do EU VOU PASSAR, grandes guerreiros que, como eu (e é claro já bem empregado…hehehehe), ainda continuam nesta árdua e dolorida caminhada, jamais esqueçam de DEUS (seu filho Jesus), pois Ele foi o meu conforto e sustento nos momentos de aflição…e, fica a dica, sempre dê o seu máximo na preparação, pois a sua nota, em geral, é consequência de uma boa preparação. Tenha sempre em mente: “não passar em concurso é normal, O ANORMAL É PASSAR. Reprovações poderão ser muitas, mas lembre-se: você só precisa de uma boa aprovação!” (Alexandre Meirelles).

E também agradeço a todos que investiram em mim, aos colegas do FC (sandro maranhão, rodrigouaua e outros) aminha família (meus pais e irmãos)pelo apoio incondicional, a Rede de Jovens e Adolescentes Radicais da Última Geração – RUG (IEQ Pedreira) – pelos princípios e os valores ensinados da palavra de Deus, aos professores do EU VOU PASSAR que sonham junto com o João Antônio neste projeto tão inovador e, principalmente, aquele que me deu o fôlego de vida e de ter a oportunidade em expressar todo o meu amor e o quanto sou grato por tudo que Ele tem feito. Obrigado, Jesus!

SOMENTE DEUS é digno de toda a honra e glória, pois a minha vitória foi Ele que me concedeu!!

 

Que Deus abençoe sua caminhada!

Ercilio Marinho (Ercilinho).

14 Comments

  1. leiza oliveira de freitas disse:

    seu comentario me fortaleceu em td, principalmente na fé, estou nesta luta tbm e sua determinação em DEUS me faz ver o mover dele em minha vida. parabéns seu testemunho renovou minhas forças em continuar a jornada.

    • Ercilio Marinho disse:

      Obrigado, leiza!
      Que a sua principal fonte de inspiração esteja em DEUS, pois como Jesus disse: “Se beberes desta água, jamais terás sede”.
      Louvado seja DEUS por tudo!

  2. Gerson Lima disse:

    Meu conterrâneo, em primeiro lugar que Deus o ilumine ainda mais. Parabéns por suas conquistas, meu caro!
    Bom eu ter aberto uma nova janela no meu navegador para ver alguns depoimentos no Eu já passei e me deparar com um ilustre paraense que conquistou seu pódio, que não saiu da fila e chegou lá.
    Exclusivamente, seu depoimento ficará nos Favoritos de meu navegador e o lerei sempre que estiver querendo capengar.
    Quando Deus me permitir, quem sabe, talvez virei aqui para compartilhar com você e outros guerreiros de algo tão nobre quanto a sua conquista. Sei muito bem o quanto são anos de tentativas…. Sucesso meu conterrâneo!

  3. Ronan Moura disse:

    Grande amigo Ercílio ! Estou muito feliz com sua vitória, glória a Deus ! Que testemunho tremendo ! compartilho integralmente de todos os comentários já citados. Parabéns a você e sua família por essa vitória que Deus abençoe mais e mais ! E muito obrigado por todo apoio espiritual e didático para concursos ! Grande e forte abraço amigo !

  4. Ercilio Marinho disse:

    Obrigado, hilton.
    Deus te abençoe!

  5. Ercilio Marinho disse:

    “Todas as coisas cooperam para o bem daqueles amam a Deus, segundo o seu propósito”.
    Deus te abençoe, cidoca!

  6. Ercilio Marinho disse:

    Obrigado!

  7. Ercilio Marinho disse:

    Ruy, após a aprovação, terei umas merecidas férias e, atualmente, ministro aulas para área contábil, além de aguardar a convocação no TCM-PA.
    Obrigado!

  8. Ercilio Marinho disse:

    Patrícia, fico feliz por, no mínimo, poder inspirar e motivar a todos que desejam alcançar a aprovação.
    “Tudo posso naquele que me fortalece”.
    Que Deus te abençoe!

  9. Tamires Silva disse:

    Não tive como conter as minhas lágrimas em ver o seu testemunho caro amigo!! louvo a Deus pela sua vida, Deus honra quem merece honra. seu testemunho lavou minha alma, renovou minha fé, e me fez ver a árdua guerra que é passar em concurso público, sempre que eu pensra em desistir, volto e leio seu testemunho. Nada é fácil !! e a batalha é grande, são anos de luta.. eu iniciei a guerra fielmente em agosto de 2014, dedicação total pro sonho que arde em meu coração, sempre colocando tudo nas mãos do Senhor Jesus, Ele quem tem dado zelo sobre a minha vida, aleluia!! irmão, desejo toda sorte de benção pra vc!! que vc possa ser sempre esse instrumento nas mãos de Deus pra abençoar as nossas vidas.

  10. Patrícia disse:

    Meu coração se alegra ao ler depoimentos de superação e Vitória em Cristo. Sou mais uma nessa longa batalha: Sofrida, cansada e muitas vezes com pouco ânimo para prosseguir. Penso em mim e minha situação e não vejo possibilidades, porém, ao olhar para Cristo, vejo o caminho, a verdade e a vida.Aguardo uma bênção e um dia estar a ajudar a tantos que assim como eu lutaram por seu sonho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login