Home » News » BR Distribuidora: Mais de 46 mil estão na disputa por cargos de nível médio

A Petrobrás Distribuidora (BR Distribuidora) informou que há 46.797 inscritos em seu concurso, destinado ao preenchimento inicial de 44 vagas, além de formação de cadastro de reserva, em cargos dos níveis médio e médio/técnico. Em breve, a Fundação Cesgranrio, organizadora, deverá disponibilizar a relação candidato/vaga por estado. Os candidatos devem ficar atentos, pois o cartão de inscrição, com horário e local de realização dos exames, estará disponível no site da Fundação Cesgranrio, organizadora, a partir do dia 10 de abril. No dia 14 de abril, os concorrente responderão a 50 questões de Conhecimentos Básicos (20) e Conhecimentos Específicos (30), que variam de acordo com o cargo.

As disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Informática I (técnico de administração e controle; de contabilidade; e de suprimento e logística), Informática II (técnico de operação; e de segurança) e Língua Inglesa (apenas técnico de suprimento e logística) serão cobradas na parte básica da prova. Para conseguir a aprovação, é necessário obter os mínimos de 50% dos pontos de Conhecimentos Básicos (com nota diferente de zero em todas as disciplinas) e 60% de Conhecimentos Específicos.

Dicas – A Cesgranrio é uma das bancas mais tradicionais de concursos, e o professor de Português Marcio Coelho, que leciona na Academia do Concurso, deu dicas de como são as provas elaboradas pela fundação. Segundo ele, uma parte da prova é de interpretação e compreensão de texto, e a outra, de gramática. Os concurseiros devem ficar atentos à distribuição do conteúdo nas questões. “Na interpretação, os textos são bem formativos, muito claros. Em gramática, são cobradas questões de concordância e regência verbal e nominal, crase, acentuação, pronomes e verbos, pontuação e ortografia.”

Márcio aconselha aos candidatos a começarem o exame pela parte da gramática, pois é importante que a mente esteja tranquila quando chegarem na interpretação e compreensão dos textos. “Começar pela gramática é sempre a melhor opção. E, quando forem responder às questões de interpretação, deixem a primeira para fazer por último, pois o texto vai estar fresquinho na cabeça.” Para obter sucesso e ajudar na rotina de estudos, o professor aponta que os candidatos devem estudar, em média, oito horas por dia. “É importante dividir o tempo para que os concurseiros não fiquem exaustos. O ideal é que os candidatos estudem três horas no curso e cinco em casa, para exercitarem o que foi passado em sala de aula, além de se basearem nas provas anteriores.”

Como muitos concorrentes trabalham e não têm tempo de sobra para se preparar em um curso preparatório, o especialista  diz que é importante esses participantes estudarem, pelo menos, quatro matérias por dia, duas de manhã e duas à tarde. Para finalizar, Marcio disse para os candidatos manterem a calma, pois a Cesgranrio não faz pegadinhas. “Fiquem tranquilos, a banca é muito objetiva e previsível, ou seja, e as provas são sempre muito diretas. É só não ficarem nervosos que tudo dará certo.”

Fonte: Folha Dirigida

Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *