Home » News » Câmara aprova reajuste para policiais civis e militares, bombeiros e delegados

O Plenário da Câmara aprovou nesta quinta-feira duas propostas que tratam dos servidores do Distrito Federal. O Projeto de Lei 4921/12 aumenta os valores de soldos, subsídios, gratificações e vantagens pecuniárias de policiais civis e militares, bombeiros e delegados de polícia do Distrito Federal. Já o Projeto de Lei 4366/12 cria cargos em carreiras da Polícia Civil do Distrito Federal. Ambas as propostas são do Executivo e seguem para análise do Senado.

De acordo com o PL 4921/12, o aumento será dividido em três parcelas – em março de 2013, 2014 e 2015. Os soldos dos coronéis, que têm a maior patente nesse caso, chegarão a R$ 3.195,04 em 2015. O valor hoje é de R$ 2.760.

A maior parcela dos salários desses militares, no entanto, está na chamada Vantagem Pecuniária Especial (VPE), que será aumentada dos atuais R$ 6.192,73, pagos aos coronéis, para R$ 7.279,17 a partir de março de 2015. No caso dos soldados de segunda classe, que recebem os menores valores, o reajuste elevará a VPE dos atuais R$ 1.199,54 para R$ 1.498,95.

Polícia Civil
Em relação aos subsídios da Polícia Civil, o projeto eleva dos atuais R$ 19.699,82 para R$ 22.805,00 o salário dos delegados de polícia, peritos criminais e médicos legistas de categoria especial. Já os agentes (de polícia e penitenciários), escrivães e papiloscopistas de categoria especial passarão a receber até R$ 13.751,51 em março de 2015.

De acordo com o Executivo, a proposta terá impacto de R$ 56 milhões em 2013, R$ 115 milhões em 2014, R$ 179 milhões em 2015 e R$ 212 milhões de 2016 em diante. Esses valores referem-se somente aos reajustes da Polícia Civil do DF.

Para os aumentos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros Militar, o impacto será de R$ 110 milhões em 2013, R$ 227 milhões em 2014, R$ 349 milhões em 2015 e R$ 413 milhões de 2016 em diante.

Novos cargos
O Projeto de Lei 4366/12 aprovado pelo Plenário hoje cria 3.029 cargos: 200 de delegado de polícia, 80 de perito médico-legista, 199 de perito criminal, 2 mil de agente de polícia, 495 de escrivão de polícia e 55 de papiloscopista policial. Hoje, de acordo com a lei, já existem 400 delegados de polícia, 80 peritos médicos-legistas, 201 peritos criminal, 3649 agentes de polícia, 505 de escrivães e 305 papiloscopistas.

De acordo com o projeto, o preenchimento das vagas ocorrerá de forma gradual, a partir de janeiro de 2014.

Íntegra da proposta: PL-4366/2012 / PL-4921/2012

Fonte: Agência Câmara
Saiba mais no SOS Concurseiro

 

3 Comments

  1. LeAndrade disse:

    E quando SP terá a mesma consideração com os policiais civis e militares do nosso Estado?
    Precisa ser estabelecido o mesmo pagamento para os referidos servidores, independentemente de Estado da Federação.
    Os Estados pedem participação igualitária da arrecadação de Tributos e na hora de converter em benefícios para os servidores se omitem.
    É de causar indignação comparar o salário do Delegado de Polícia de SP com o do DF!

  2. SGT. VETERANO EDSON PEREIRA POL MIL SP disse:

    SOU PRAÇA DE 1 959, E DESDE DESTA DATA , QUE VEJO FALAR, QUE VAMOS TER UM SALARIO DIGNO ( PRAÇAS ) POL MIL SP., E ATÉ O DIA DE HOJE , O QUE TENHO VISTO É A TOTAL FALTA DE RESPEITO PARA COMNOSCO, EM RELAÇÃO AO SALARIO, NÃO É POSSIVEL QUE UMA PÓLICIA, DENTRO DA FEDERAÇÃO, O SD RECEBA MAIS DE 8.000,00 REAIS E OS OUTROS ESTADOS ,CONTINUE NESTA MERRECA , PRINCIPALMENTE SP, QUE É O ESTADO QUE MAIS ARRECARDA , E PRA ONDE VAI TODO ÊSTE DINHEIRO, CHEGA DE FAZERNOS DE IMBECIL , QUE POLITICAGEM QUE SAFADEZA, SE LIGA, O MAIOR INIMIGO DO GOVERNO, É UM POVO CULTO, E NA NOSSA LENDARIA POL MIL. PAULISTA , NÃO EXISTE MAIS ESTE CANCER ( ANALFABETO ), GOVERNADOR NÃO SE FAÇA DE DOIDO NÃO, QUE VC NÃO PRESTA , ESSA AÍ TODO MUNDO SABE.

  3. Marcos Antônio Lemes disse:

    Parabéns mais em São Paulo o salaria do Policial continua uma vergonha,PEC 300. Já

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *