Home » News » Decisão do CNJ pode gerar reviravolta em resultado de concurso em Alagoas

ma decisão do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pode gerar uma modificação no resultado do concurso do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL), divulgado nesta quarta-feira (20).

Por unanimidade, o CNJ julgou pela anulação da etapa do teste psicotécnico para analista judiciário. A decisão foi publicada no último dia 19.

A ação foi impetrada pela advogada Fernanda Marinela. Na decisão do CNJ, o conselheiro Jefferson Kravchychyn determinou que a nota da fase seja anulada de modo que o concurso prossiga sem que ela seja considerada. Com isso, de acordo com advogada, todas as notas deverão ser recalculadas.

Segundo a advogada, os critérios para a realização da prova do concurso devem ser claros e no edital não havia a previsão da avaliação psicotécnica. “Devido ao não conhecimento alguns candidatos ficaram nervosos e foram eliminados. E é bem claro que todas as etapas da avaliação devem estar previamente descritas”.

Nesta quarta-feira (20), o Tribunal de Justiça divulgou, no Diário de Justiça Eletrônico (DJE) os resultados provisórios da avaliação de títulos, da investigação social e dos exames de sanidade física e mental dos concorrentes aos cargos de analista judiciário especializado do concurso público de provas e títulos para provimento de vagas e formação de cadastro de reserva.

Fonte: Cada Minuto

 Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *