Home » News » PM-TO: Saiu edital para 300 vagas de soldado

Começam nesta terça-feira, dia 19, as inscrições no esperado concurso da Polícia Militar do Tocantins (PM-TO), que oferece 300 vagas no cargo de soldado, sendo 270 para homens e 30 para mulheres. Para entrar na disputa, os interessados devem ter o Ensino Médio completo, idade entre 18 e 30 anos e altura mínima de 1,63m para homens e de 1,60m para mulheres, entre outras exigências. A remuneração é de R$3.057,77, mais auxílio alimentação. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade. O prazo de validade do concurso é de dois anos, podendo dobrar.

As inscrições devem ser feitas das 14 horas desta terça-feira, dia 19, até as 23h59 do dia 9 de abril, no site da Consulplan, organizadora. A taxa é de R$60 e deve ser paga até 10 de abril, em qualquer agência bancária. Inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) e membros de família de baixa renda podem solicitar isenção até as 23h59 desta sexta-feira, dia 22, no site da organizadora. O resultado sairá em 28 de março, no site da Consulplan. Os que desejarem entrar com recurso terão o dia 29 do mesmo mês para isso, devendo encaminhar a reclamação para o e-mail indicado no edital ([email protected]). O resultado definitivo sai em 5 de abril, no site da organizadora.

O concurso constará de prova objetiva e redação (eliminatórias e classificatórias), teste físico (eliminatório), avaliação psicológica (eliminatória), exames médicos e odontológicos (eliminatórios), investigação social (eliminatória) e curso de formação (eliminatório e classificatório).

Provas – A prova objetiva será realizada das 8h às 13h (horário do Tocantins) do dia 26 de maio, nas cidades de Palmas, Araguaína, Gurupi, Arraias e Araguatins. Os locais de prova serão divulgados em 20 de maio, no site da organizadora. O exame trará 60 questões sobre as disciplinas de Língua Portuguesa (20), Raciocínio Lógico (5), Atualidades e Conhecimentos Regionais (10), noções de Direito (10), noções de Informática (5) e noções Pertinentes à PM-TO (10). Os candidatos devem ficar atentos pois, ao contrário das outras disciplinas, que têm peso 1, a disciplina de Língua Portuguesa terá peso 2, respondendo, portanto, pela maior parte da pontuação da prova.

Além do exame objetivo, haverá prova de redação, que vale 20 pontos. Serão aprovados na avaliação objetiva aqueles que obtiverem o mínimo de um ponto em cada disciplina e alcançarem ao menos 40 pontos, de um total de 80. Todos os candidatos farão a prova de redação, mas somente os classificados na prova objetiva em até quatro vezes o número de vagas ofertado para cada sexo terão o texto corrigido. A avaliação versará sobre atualidades e conhecimentos gerais e regionais e deverá ter no mínimo 20 e no máximo 30 linhas. Será aprovado aquele que obtiver no mínimo seis pontos, de um total de 20.

Para os aprovados na primeira etapa, o teste físico será aplicado de 27 a 30 de junho, na cidade de Palmas, em hora e locais a serem informados oportunamente pela organizadora. Serão convocados para essa avaliação os classificados na primeira etapa em até duas vezes o número de vagas ofertado para ambos os sexos. As datas de realização das demais etapas ainda serão informadas pela organizadora.

Fonte: Folha Dirigida

Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login