Home » News » Presidente de sindicato cobra concurso para peritos em Mato Grosso

O presidente do Sindicato dos Peritos Oficiais Criminais do Estado de Mato Grosso (Sindpeco), Márcio Godoy, cobra do governo a realização do um concurso público para atender a demanda do setor. A Associação Brasileira de Criminalística determina que o ideal seria ter, em média, um perito para cada cinco mil habitantes. No entanto, em Mato Grosso, somente no início do ano passado, a quantidade de profissionais corresponderia a um para cada 21.679 habitantes. Laudos ficariam atrasados por falta de efetivo.

De acordo com o presidente, a atual situação tende a se agravar com o passar do tempo, porque a população aumenta e, com ela, a demanda por laudos. O sindicato aponta que alguns casos não podem ser concluídos judicialmente, porque é este documento técnico, baseado em estudos em laboratório, que norteia as decisões dos juízes. “Na cidade de Agua Boa, temos apenas um perito para atender o município e toda região. Ele trabalha 30 dias por mês, não tem feriado, final de semana. Além disso, ele não tem servidor da atividade meio para dar apoio como motorista, uma secretaria, ele faz tudo sozinho. A situação é caótica e até agora não foi apresentado uma solução para esse caso”, disse, por meio de assessoria.

Márcio lembrou que ano passado, o governo já havia sinalizado a realização do concurso. Além disso e das melhores nas condições de trabalho, os peritos cobram readequação do piso salarial e do Plano de Cargos e Carreira da categoria. Haveria uma defasagem de 8 anos.

Fonte: Só Notícias

Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *