Home » News » Procurador do Trabalho: saíram as regras do concurso

Boa notícia para quem almeja se tornar um procurador do Ministério Público do Trabalho (MPT). Saiu a Resolução nº 108 do Conselho Superior do órgão, que estabelece as regras iniciais do concurso para a carreira. Para concorrer, é necessária a formação em Direito, tendo, no mínimo, três anos de atividade jurídica comprovada. O salário bruto para o desempenho da função é de R$24.057,33. Leia a resolução no arquivo anexo ao final da matéria.

O conteúdo programático da seleção está dividido em três grupos, sendo eles: Direito Constitucional e Direitos Humanos, Direito Individual e Coletivo do Trabalho, Direito Processual do Trabalho, Direito Civil e Direito de Empresa e Regime Jurídico do Ministério Público (I); Direito Processual Civil e Direito Administrativo (II); e Direito Previdenciário da Seguridade Social, Direito Penal, Direito Internacional e Direito Comunitário (III).

O número de vagas, cronograma do concurso e lotação dos nomeados ainda não estão decididos. No entanto, as etapas da seleção serão compostas por inscrição preliminar, seguida de provas objetiva, subjetiva e prática. Sendo aprovado, o candidato deverá efetuar o cadastro definitivo no certame para, em seguida, submeter-se à prova oral e aferição de títulos.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *