Home » News » Professores cobram na Justiça correção de edital de concurso no RS

Estão abertas inscrições para concurso com 10 mil vagas para professores. Entre outras coisas, educadores cobram cumprimento da lei do piso.

A Secretaria de Estado da Educação do Rio Grande do Sul abriu nesta quarta-feira (27) as inscrições do concurso público para 10 mil vagas para professores. O CPERS/Sindicato, que representa a categoria, entrou com uma ação judicial para que fossem corrigidas supostas falhas no edital. O sindicato solicitou ao Ministério Público (MP) que o órgão acompanhe o caso e analise os questionamentos apresentados.

O CPERS/Sindicato cobra o cumprimento da lei do piso nacional no que se refere ao salário base e ao 1/3 de hora atividade. Além disso, o edital continua prevendo uma cláusula de barreira que diferencia os critérios de seleção dos demais concursos públicos do estado e também do país.

Procurada pela reportagem do G1, a Secretaria de Educação do Rio Grande do Sul disse que não irá se manifestar até que receba uma notificação oficial.

Fonte: G1

Saiba mais no SOS Concurseiro

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login