Home » News » Validade de concurso da Casa da Moeda para 1.015 vagas é prorrogada

São 27 vagas imediatas e 988 para formação de cadastro de reserva. O salário varia de R$ 1.395,10 a R$ 3.592,98.

A Casa da Moeda do Brasil prorrogou por mais um ano a validade do concurso público para 1.015 vagas – 27 imediatas e 988 para formação de cadastro de reserva para cargos de nível médio e superior. O salário varia de R$ 1.395,10 a R$ 3.592,98. As vagas são para o Rio de Janeiro. Assim, mais candidatos classificados poderão chamados para tomar posse, conforme forem surgindo vagas no órgão. A validade do concurso vai agora até 26 de março de 2014. As provas objetivas foram aplicadas no dia 4 de março de 2012, no Rio de Janeiro. O resultado final do concurso foi divulgado no dia 26 de março de 2012.

Os cargos de nível médio/técnico são de assistente técnico administrativo – apoio administrativo e programador de computador; auxiliar de operação industrial – acabamento de produção, armazenagem, elétrica, hidráulica, impressão gráfica e mecânica; e técnico industrial – artes gráficas, edificações, eletrônica, eletrotécnica, mecânica, meio ambiente, pré-impressão, projetos elétricos e projetos mecânicos. São 7 vagas efetivas e 476 para cadastro de reserva.

Os cargos de nível superior são de administrador de dados, análise de negócios, arquitetura, contabilidade, desenvolvimento de sistemas, designer, economia e finanças, engenharia de produção, engenharia elétrica, engenharia eletrônica, engenharia mecânica, engenharia metalúrgica, gestão em TI, gravação de valores, logística de transporte, patrocínio, PCP e vendas, produtos e processos, projetos artísticos, recursos humanos, rede de telecomunicações e suporte, segurança da informação e suporte em TI. São 20 vagas imediatas e 512 para cadastro de reserva.

O processo seletivo público teve provas objetivas, sob responsabilidade da Fundação Cesgranrio, e qualificação biopsicossocial e procedimentos admissionais competentes, sob responsabilidade da Casa da Moeda do Brasil.

Fonte: G1

Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *