Home » News » INSS: Vagas de analista vão exigir graduações específicas

Por meio de seu perfil no Twitter, o ministro da Previdência Social, Garibaldi Alves, informou que as 500 vagas do concurso de analista do seguro social contemplarão áreas específicas – não havendo oportunidades para formados em qualquer graduação. “O edital trará todas essas informações. Será para formações específicas”, afirmou ao responder um dos seus seguidores. Todavia, o ministro Garibaldi não especificou quais cursos de nível superior serão exigidos. O INSS também não comentou a questão. O edital do concurso está previsto para ser divulgado em maio, com as inscrições sendo abertas no mesmo mês.

Os rendimentos da carreira são de R$6.813,25, sendo R$4.511,00 de Gratificação de Desempenho de Atividades do Seguro Social (GDASS), R$1.187,27 de Gratificação de Atividade Executiva (GAE), R$742,02 vencimento básico e R$373 de auxílio-alimentação. No momento, Departamento de Desenvolvimento de Carreira do INSS finaliza o processo de escolha da organizadora do concurso. A expectativa é de que, no mais tardar, no fim deste mês o anúncio seja feito pelo presidente do instituto, Lindolfo Sales.

As 500 deverão contemplar todo o país, mas o INSS ainda não informou a distribuição delas pelos estados. A lotação do concursados levará em conta as agências do Plano de Expansão da Rede de Atendimento do INSS, que estão sendo construídas em municípios com mais de 20 mil habitantes espalhadas pelo país. Em 2008, ocorreu o último concurso para o cargo de analista, sob organização do Cespe/UnB. Foram cobradas 150 questões objetivas, sendo 50 sobre Conhecimentos Básicos (Português, Atualidades, Raciocínio Lógico e Noções de Informática), 30 sobre Conhecimentos Complementares (Ética no Serviço Público, noções de Direito Previdenciário, Administrativo e Constitucional) e 70 sobre Conhecimentos Específicos.

No entanto, houve uma exceção: os inscritos para analista do seguro social, na especialidade de Direito, responderam somente a questões sobre Conhecimentos Básicos (70) e Conhecimentos Específicos (80). Para todos, a aprovação esteve condicionada à obtenção de um mínimo de pontos estabelecido para cada agrupamento de disciplina e do conjunto da prova.

Fonte: Folha Dirigida

Saiba mais no SOS Concurseiro

1 Comment

  1. CLAUDIA disse:

    QUERO PARTICIPAR DE TODOS OS CONCURSOS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *