Home » News » Planejamento autoriza 200 vagas temporárias para a ANS

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MP) autorizou nesta sexta-feira (26/4) a abertura de novo processo seletivo simplificado com 200 vagas temporárias para a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). As informações foram publicadas no Diário Oficial da União, página 62 da primeira seção.

Para concorrer, será preciso possui nível superior nas áreas de direito, saúde administração, ciências contábeis, ciências da computação, sistemas de informação e engenharia, de acordo com a vaga pretendida. As oportunidades são para as atividades técnicas especializadas de complexidade intelectual e técnicas de suporte.

A lotação dos aprovados será para os núcleos do Rio de Janeiro, Distrito Federal, Mato Grosso, Ceará, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Pernambuco, São Paulo, Ribeirão Preto/SP, Pará, Bahia e Paraná.

Segundo a publicação, os profissionais serão contratados para desempenhar atividades relacionadas à análise e aos processamentos administrativos decorrentes de demandas pendentes de ressarcimento ao Sistema Único de Saúde (SUS). Também para a resolução dos passivos acumulados de processos de autorização de funcionamento de operadoras, representação, cancelamento, planos de recuperação e regimes especiais de direção fiscal, de liquidação extrajudicial, entre outros.

O prazo de duração dos contratos deverá ser de um ano, com possibilidade de prorrogação até o limite máximo de cinco anos.

Outro concurso
Paralelamente a este certame, outra seleção para a ANS está ocorrendo. Há 81 oportunidades de nível médio e superior, sendo 31 para o cargo de analista administrativo; 26 para especialistas em regulação e saúde suplementar; 21 para técnicos administrativos; e três para técnico em regulação e saúde suplementar. O Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é a banca organizadora.

Para os graduados em qualquer curso reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) – analista administrativo e especialista em regulação da saúde suplementar -, a remuneração é de R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20, respectivamente. Já aos postos de nível médio/ técnico – técnico administrativo e técnico em regulação de saúde suplementar – os salários são, respectivamente, de R$ 4.760,18 e R$ 4.984,98.

A seleção será composta por provas objetivas, de conhecimentos básicos e específicos, e discursivas. Haverá, também, avaliação de títulos para os candidatos de nível superior. Somente ao cargo de especialista em regulação da saúde suplementar terá curso de formação, aplicado no Rio de Janeiro.

Interessados podem se inscrever até as 23h59 do dia 13 de maio pelo site www.cespe.unb.br/concursos/ans_13. A taxa é de R$ 100 para especialista em regulação de saúde suplementar, R$ 95 para analista administrativo, R$ 85 para técnico em regulação de saúde suplementar e R$ 80 para técnico administrativo.

Fonte: Correio Web

Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login