Home » News » MAPA e MDA terão 886 oportunidades em breve

O governo federal, por meio dos ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e Desenvolvimento Agrário (MDA), se prepara para abrir 886 vagas na área agrícola.
Haverá ofertas para todas as escolaridades e os editais serão divulgados no segundo semestre.
MAPA
Esperado desde meados de 2011, o concurso para ingresso nos quadros do ministério foi finalmente autorizado em março deste ano. Contudo, o aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) estabeleceu um número de vagas bem inferior ao solicitado pelo MAPA, cerca de 2.500. Foram liberadas 736 oportunidades e de acordo o prazo fixado pelo MPOG, o edital de abertura deve ser divulgado até 18 de setembro.
Dessas vagas autorizadas, 422 são para reposição de pessoal e 314 para substituição de pessoal terceirizado.
As ofertas para nível fundamental contemplam a função de auxiliar de laboratório (70). Há mais chances para aqueles que concluíram o ensino médio ou ostentam formação técnica: agente de atividades agropecuárias (50), agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal (100), técnico de laboratório (184) e técnico em contabilidade (5).
Os cargos para nível superior, no entanto, compõem a maioria. Há oportunidades para administrador (23), agente administrativo (110), bibliotecário (2), contador (2), economista (4), engenheiro (3), engenheiro agrônomo (2), geógrafo (3), fiscal federal agropecuário e psicólogo (2).
As remunerações oscilam entre R$ 2.299,42 e R$ 9.986,59, de acordo com a última atualização da Tabela de Vencimentos dos Servidores Públicos Federais.
Ainda que não haja confirmação oficial, a expectativa é de que o preenchimento dessas vagas atenda bases do MAPA em diferentes pontos do país e não se concentre apenas na sede do órgão em Brasília. O órgão está presente, por exemplo, nos Estados do Pará, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Goiás, Minas Gerais e São Paulo.
MDA

Na última semana, o MPOG publicou portaria autorizando a realização de um processo seletivo para contratação temporária de 150 profissionais para atuação no âmbito do ministério.
Os contratos valerão por um ano e pode ser prorrogados por até mais quatro anos. Esses profissionais atuarão no desenvolvimento de atividades inerentes ao processo de regularização fundiária na Amazônia legal, sob responsabilidade da Secretaria Extraordinária de Regularização Fundiária, subordinada ao MDA.
O MPOG não fixou nenhum prazo para a divulgação do edital de abertura, mas é esperado que a publicação ocorra no segundo semestre. Este edital deve conter o número de vagas, a descrição das atribuições, a remuneração e o prazo de duração do contrato. As remunerações para os postos autorizados devem ser definidas pelo MDA, uma vez que não há tabelamento para esses cargos de caráter excepcional no regime de vencimentos dos servidores públicos federais.
As oportunidades contemplarão os níveis médio e superior. O último concurso para cargos efetivos no MDA foi realizado em 2009.
Criado em 1999 no governo de Fernando Henrique Cardoso, o ministério tem entre suas principais competências a reforma agrária, o reordenamento agrário e a regularização fundiária na Amazônia Legal e a promoção do desenvolvimento sustentável da agricultura familiar e das regiões rurais.
Fonte:JC Concursos

Saiba mais no SOS Concurseiro

1 Comment

  1. Fábio Viscardi disse:

    Olá! Alguns sites voltados para ‘Concursos Públicos’ informarm que o cargo para AGENTE DE INSPEÇÃO SANITÁRIA E INDUSTRIAL DE PRODUTOS DE ORIGEM ANIMAIL o candidato necessita ter Nível Superior, já outros, que é necessário apenas Nível Médio. Enfim, qual é o requisito CORRETO para o certame de 2013?

    No aguardo, Abço!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login