Home » News » Ministério do Planejamento adia inscrições para 51 vagas

Seleção é para analista em tecnologia da informação. O salário é de R$ R$ 7.340,62.

O Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão adiou o prazo de inscrições do concurso público para 51 vagas de analista em tecnologia da informação. Inicialmente as inscrições seriam abertas nesta segunda (6), mas foram adiadas para o dia 13 de maio.

O salário é de R$ 7.340,62. Do total das vagas, 48 são para ampla concorrência e 3 para pessoas com deficiência. Todas as oportunidades são para Brasília.

Para participar da seleção, os candidatos devem ter diploma de concurso de curso de graduação de nível superior em qualquer área de atuação em instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Entre as funções do cargo estão: planejamento, supervisão, coordenação e controle dos recursos de tecnologia da informação e desenvolver, implementar, executar e supervisionar atividades relacionadas aos processos de configuração, segurança, conectividade, serviços compartilhados e adequações da infraestrutura da informática da Administração Pública Federal.

As inscrições devem ser feitas das 10h do dia 13 de maio até às 23h59 do dia 7 de junho pelo site www.funrio.org.br. A taxa é de R$ 70.

O concurso é composto de 2 fases: prova objetiva e prova discursiva e avaliação de títulos.

A avaliação de títulos para os candidatos às vagas de ampla concorrência, aprovados nas provas anteriores, será feita até a posição de número 150.

Os candidatos deverão enviar, obrigatoriamente, por carta com registro nacional ou sedex, durante o período informado no cronograma, cópia autenticada em cartório dos documentos para a avaliação de títulos, para o Departamento de Concursos da FUNRIO (Títulos MP ATI), localizado na Rua Professor Gabizo, 262, CEP 20.271-000, Maracanã, Rio de Janeiro-RJ.

A prova objetiva será aplicada na data provável de 30 de junho.
O concurso terá 1 ano de validade e poderá ser prorrogado pelo mesmo período.

Fonte: G1
Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login