Home » News » Petrobras assegura convocação de aprovados dentro do número de vagas

Companhia diz que admissão observa as necessidades empresariais. Empresa emitiu nota com esclarecimento sobre concurso para 1,5 mil vagas

A Petrobras divulgou nota em seu site para esclarecer dúvidas dos interessados em relação ao concurso realizado em 2012 para 1.521 vagas (RH-1/2012). Questionada pelo G1 sobre quantos aprovados foram convocados para tomar posse, a companhia informou que convocou candidatos em quantitativo superior ao inicialmente previsto em edital, para alguns dos cargos publicados em seu edital, e que algumas convocações ainda estão sendo finalizadas.

De acordo com a Petrobras, o número de admissões somente será totalizado depois do encerramento do prazo de validade para todos os cargos do processo seletivo. A validade do processo seletivo encerrou-se em 7 de junho para todos os cargos, à exceção de advogado júnior, inspetor de segurança interna júnior e técnico de perfuração e poços júnior, cuja validade expira em 24 de junho.

A Petrobras ressalta que fica assegurada a admissão dos candidatos aprovados em todas as etapas do processo seletivo público e classificados dentro do número das vagas previstas no edital, observadas as necessidades empresariais e o prazo de validade do processo seletivo.

Os candidatos aprovados além do número de vagas previstas poderão ser admitidos, caso ocorram a eliminação de candidatos devido ao não-atendimento de algum dos requisitos do  edital, desistência de aprovados e novas vagas surgidas no decorrer do processo seletivo, sempre observado o prazo de validade. Por isso, a empresa afirma que opta pela formação de um cadastro de aprovados em quantitativo superior ao número de vagas disponíveis.

Assim, em função da possibilidade de desistências e eliminações de candidatos ao longo das etapas de um processo seletivo público, alguns candidatos são convocados na condição de suplentes. Segundo a Petrobras, o candidato é informado de que sua possível admissão está condicionada à eliminação e/ou desistência de candidatos melhor posicionados e às necessidades administrativas e operacionais da companhia, desde que haja tempo hábil para a finalização do processo pré-admissional e consequente convocação e apresentação, observado o prazo de validade do processo seletivo. Eles são convocados para realização das etapas de comprovação de requisitos e de qualificação biopsicossocial.

De acordo com a companhia, a Petrobras é uma empresa de economia mista, integrante da administração indireta, que desenvolve suas atividades em caráter de livre competição com outras empresas, em função das condições de mercado, ao contrário das entidades da administração pública direta, cujos efetivos são definidos em lei. Por isso, segundo a Petrobras, a fixação dos quantitativos de vagas é feita com base na demanda de pessoal identificada por cada unidade da companhia, considerando o desenvolvimento de suas atividades sob o regime da livre concorrência.

A empresa esclarece que na administração pública direta, um desligamento implica a admissão de um novo servidor. Já na Petrobras, quando ocorre um desligamento, por qualquer motivo, a companhia pode optar por transferir empregados de uma área para outra, readequar atividades para otimizar o uso do quadro de pessoal ou admitir novo empregado, por meio de processo seletivo público.

A Petrobras explica que para fazer o processo seletivo identifica as demandas de pessoal e a unidade de recursos humanos planeja, estrutura e executa o processo seletivo.

“Ressalte-se que as novas indicações de vagas, posteriormente à realização do planejamento do processo seletivo, não se configuram em regra, mas sim em exceção, decorrente de necessidades administrativas e/ou operacionais surgidas contingencialmente. Dessa forma, tal fato não se impõe como uma realidade para todos os processos seletivos, visto que a aprovação posterior de admissões nem sempre ocorre”, informa.

No link http://www.petrobras.com.br/pt/quem-somos/carreiras/concursos/ é possível obter informações sobre as convocações realizadas de cada um dos cargos/polos de seus processos seletivos vigentes, atualizadas periodicamente, no “Acompanhamento das convocações”. Além disso, é possível obter outras informações, tais como editais publicados e provas de processos seletivos anteriores.

O candidato pode ainda enviar mensagem para o e-mail [email protected] ou telefonar para (021) 3224-2011.

Fonte: G1

Saiba mais no SOS Concurseiro

3 Comments

  1. Candidato disse:

    A grande questão é: Se existe um concurso dentro da prazo de validade, e surgindo uma vaga a qual existe cadastro reserva, a PETROBRAS, ainda pode optar em transferir ou readequar atividades para suprir uma vaga? Sendo o edital publicado com o numero de vagas imediatas, qual o motivo da convocação iniciar a três meses do fim do prazo de validade do concurso? São essas as duvidas que muitos concursados do cadastro reserva e suplentes, muito bem colocados no concurso, muitos em 2ª ou 3ª colocação, querem ter esclarecidas!!! Além da utilização de empresas terceirizadas contratadas que suprem várias vagas dentro da PETROBRAS!!!!

    • Candidata Aprovada disse:

      Eu fui aprovada no concurso de 2012 da Petrobras, a validade era de 6 meses, prorrogável por mais seis meses. E foi prorrogada. Terminava em junho. E asseguro que todos os candidatos que passaram dentro do número de vagas foram chamados. Fui contratada agora em junho. Respondendo à pergunta, “qual o motivo da convocação iniciar a três meses do fim do prazo de validade do concurso? “. A convocação iniciou em março para que fossem feitos os exames médicos, todos por conta da empresa. Porém a hospedagem, a alimentação e o transporte, durante 3 dias, ficava por parte do candidato. No meu caso, tive que ficar na capital do meu estado, RJ. Alguns suplentes também foram chamados para fazer exames. E da minha turma, 2 suplentes entraram. Porque dois candidatos aprovados dentro do número de vagas, desistiram. A empresa não é obrigada a contratar ninguém que não passou dentro do número de vagas.

      • Candidato disse:

        É confortável dar uma resposta dessa na sua posição, parabéns descobriu a América! Porém existem muitas lacunas as quais a sua opinião não interessa, estão acontecendo coisas erradas sim e embora na velocidade da justiça, mas, “as coisas” estão sendo verificadas! Eu espero na justiça e não em pessoas como vocês, obrigado por perder seu tempo respondendo algo que não lhe diz respeito!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *