Home » News » Preparação emocional para concursos: Todo obstáculo exige superação

Pessoas envolvidas na realização de seus feitos vivenciam inúmeras sensações que lhes posicionam emocionalmente frente ao contexto. Daí a configuração do sucesso, do prestígio, da credibilidade. Isso tem mais a ver com uma postura pessoal que propriamente com o ambiente externo.

Não são as pessoas que lhe coroam, é sempre você mesmo. Pois, o que mais temos que enfrentar são aqueles que nos colocam pra baixo, menor e inferiorizado. A guerra de energias é titânica, vultosa. Principalmente quando se está no início de configurar uma carreira, pois ainda não há muita segurança pessoal e você quer provar aos outros que é bom e ser reconhecido. É o que acaba acontecendo com todos.

Curioso é que nesta busca de ser visto e respeitado pelas demais pessoas, você vai construindo uma base, que poderá ser promissora ou não. Para muitos os caminhos e as decisões que definem tais caminhos vão lhes colocando em conflito consigo mesmo e demandando muito desgaste. Com isso a perda da fé acaba acontecendo e será preciso retomar. Portanto, ter fé em si mesmo, representa SUCESSO.

Tal sucesso, credibilidade e prestígio vão se expressar nas suas realizações, em tudo o que você consegue colocar para fora e expressar ao mundo e às pessoas que você cultiva. Se for alguém árido, por exemplo, como uma planta seca, perceberá que tudo a sua volta é sem vida, seu quarto, sua casa, seu relacionamento, suas amizades, seu corpo, etc. Você acaba expressando o que tem em você, o modo como se trata. Isso transparece nas suas ações.

Por isso não confunda sucesso com conquista de posição financeira e profissional como algo isolado. Como se os outros aspectos de realização não fossem lhe dar a dimensão da sua estatura – esta que te leva a um estágio superior, de conexão com as suas habilidades.

Ao reparar em pessoas de sucesso, perceba como sabem a respeito de outras coisas. Esse tal conhecimento tão específico, que lhe é exigido, não te proporciona o sucesso pleno. Não se deve confundir, para não se enganar, que a conquista por vezes de um cargo não necessariamente lhe traga a felicidade. Apenas lhe coloca numa rota onde terá que tomar novas decisões a fim de obter o sucesso juntamente com a alegria de viver e desfrutar seus talentos. Você será demandado a ir além! Do contrário, entenderá que o sucesso é unicamente ganhar o salário no final do mês. Com o tempo isso já não mais te estimula, principalmente quando você foi um desses concurseiros pra lá de excelentes. Acaba que sendo convidado a manter essa qualidade, e isso é representa Ser inteiro.
Digamos que a rota promissora de sucesso está na busca de uma excelência como pessoa, como profissional, como alguém que nutre as relações que fazem parte de sua vida, trazendo-lhe conforto, lazer, afeto, amizade, consideração, carinho e tantas outras realizações que se somam a esta postura de fluir na própria vida e com isso conquistar seu lugar!

Seu lugar ao sol existe, mas saiba que ao humanizar seu trajeto profissional, tornando-o completo, inteiro, você alcança mais que o passaporte para exercer uma função, você empresta a qualidade pessoal conquistada, oferecendo um contorno em sua vida, de maneira tal que esta te dá o sentido da realização e do sucesso e que precisa de sua fé e determinação.

Luiza Ricotta é psicóloga e professora em cursos de pós-graduação e preparatórios para a carreira pública. É especializada no atendimento a concurseiros, tendo desenvolvido e criado a “Preparação emocional do candidato”. É autora de livros, entre eles: “Preparação emocional em concursos: equilíbrio e excelência”.

Fonte: JC Concursos
Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login