Home » News » Antaq: Agência faz pedido de concurso para 202 vagas

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq) encaminhou ao Ministério do Planejamento um pedido de concurso para preenchimento de 202 vagas, sendo 23 para técnico administrativo, 80 para técnico em regulação de serviços de transportes aquaviários, 22 para analista administrativo e 77 para especialista em regulação de serviços de transportes aquaviários, segundo a Assessoria de Imprensa da agência.

Para os técnicos administrativos e em regulação de serviços de transportes aquaviários, o requisito é o nível médio e a remuneração atual é de R$5.138,18 e R$5.357,98, respectivamente, já incluindo R$373 de vale-alimentação. Já para os cargos de analista e especialista, a exigência é o superior e a remuneração é de
R$9.636,20 e R$10.392,20, respectivamente, incluindo auxílio. A carga horária de todas as funções é de 40 horas semanais.

O último concurso da Antaq, realizado em 2009 e organizado pelo Cespe/UnB, contemplou essas mesmas carreiras. Na época, a avaliação dos candidatos ocorreu por meio de prova objetiva, com 120 questões de múltipla escolha. Para os técnicos, foram propostas 50 de questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa e Atualidades) e 70 de Específicos, além de um exame discursivo.

Quem concorreu às funções de nível superior foi submetido a 30 questões de Conhecimentos Básicos (Língua Portuguesa, Atualidades e Língua Inglesa), 30 de Complementares (Noções de Direito Administrativo, Constitucional e Tributário) e 60 de Específicos e também uma prova discursiva. Para os especialistas, ainda houve outras duas etapas: análise de títulos e curso de formação.

A seleção de 2009 abrangeu 15 localidades: Brasília/DF, Belém/PA, Manaus/AM, Porto Velho/RO, Fortaleza/CE, Recife/PE, Salavador/BA, São Luís/MA, Corumbá/MS, Rio de Janeiro/RJ, São Paulo/SP, Vitória/ES, Florianópolis/SC, Paranaguá/PR e Porto Alegre/RS. A Antaq tem a responsabilidade de regular, supervisionar e fiscalizar as atividades de prestação de serviços de transporte aquaviário e de exploração da infraestrutura portuária e aquaviária.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *