Home » News » IBGE: Edital para 432 vagas deve ficar para setembro

O edital do concurso para 432 vagas no Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), previsto para este mês, deve atrasar: segundo fonte ligada ao órgão, o documento somente será divulgado a partir da segunda quinzena de setembro. “Ocorreram alguns atrasos. A minuta do edital já está pronta, mas ainda passará pela organizadora e voltará ao IBGE, para ter sua publicação autorizada. Isso levará alguns dias. O edital deverá ficar mesmo para setembro”, relatou a fonte. O contrato com a Fundação Cesgranrio, para organização do concurso, deverá ser assinado até o final da próxima semana, ou seja, 23 de agosto.

As vagas serão distribuídas pelas carreiras de técnico (300, nível médio); analista e tecnologista (60 para cada cargo, ambos de nível superior); e pesquisador (12, superior com mestrado ou doutorado). Todas as oportunidades de nível superior serão destinadas ao Rio de Janeiro. Já as de técnico, serão para vários estados. Para técnico, a remuneração é de R$3.186,10, e para pesquisador em informações geográficas e estatísticas, os ganhos são de R$7.420 (podendo chegar a R$9.280,45 com titulação). Já para tecnologista em informações geográficas e estatísticas e analista de planejamento, gestão e infraestrutura em informações geográficas e estatísticas, os rendimentos são de R$6.728,60 (podendo chegar a R$8.303,24 com titulação). Todos os valores incluem o auxílio-alimentação, de R$373.

O Rio de Janeiro será contemplado com 138 vagas, sendo seis para técnico e as demais 132 para analista, tecnologista e pesquisador, de nível superior. As outras 294 vagas de técnico serão distribuídas por 281 municípios de 23 estados. Além do Rio de Janeiro, os outros 23 estados contemplados com vagas serão Acre, Amazonas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Roraima, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

FOLHA DIRIGIDA teve acesso ao projeto básico do concurso, que é enviado às organizadoras, e nele consta a previsão de que as inscrições seriam aceitas a partir do dia 26 de agosto, até 17 de setembro, o que não deverá mais ocorrer. A taxa de inscrição já tem valores pré-definidos: R$50 para técnico, R$110 para analista e tecnologista e R$140 para pesquisador. Os candidatos serão submetidos a provas objetiva, discursiva e prática, além de análise curricular, de acordo com o cargo. A contratação será sob o regime estatutário, que garante estabilidade.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

2 Comments

  1. marcelo batista santos disse:

    eu quero participa da prova

  2. pedro disse:

    carreiras de técnico (300, nível médio); É pra apenas quem tem mesmo o técnico em alguma área,ou apenas o nivel medio tbm havera vagas?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *