Home » Eu Já Passei » “Um herói não desiste” conheça a história do Fellippe Takanori

Olá meu nome é Fellippe Takanori Corrêa Ito, tenho 29 anos, natural do Rio de Janeiro e moro atualmente em Maricá RJ. Minha formação é de Nível Médio, cheguei a cursar Engenharia, mas vi que não é a minha praia. Meu último emprego foi no CREA-RJ onde ocupava cargo de auxiliar administrativo.

Comecei a estudar para concurso em 2011, ocasião em que iniciei efetivamente os estudos para tentar uma vaga no CREA-RJ, o Conselho Regional de Engenharia e Arquitetura. Obtive a 5º colocação e foi o meu 1º concurso.

A ideia de virar servidor público surgiu na necessidade de bancar as minhas despesas (como um plano B), pois o meu sonho é ser piloto de avião comercial. Devido a este objetivo maior eu necessitava custear todo o investimento de uma maneira honesta e realista. Honesta porque é da minha ética conseguir os fins através de meios lícitos e realista, pois não tenho mais 18 anos de idade, e o mercado de aviação mesmo aquecido é complicado de entrar se você passa muito tempo sem ter experiência. Ou seja, eu teria que arrumar um jeito rápido de entrar no mercado e ao mesmo tempo pensando no futuro caso acontecesse de eu não conseguir estar realizado na aviação. Como também tenho outras coisas o qual desejo fazer como viajar, praticar esportes, desenvolver meu lado musical etc. decidi que o melhor emprego seria um que me desse estabilidade. É claro que se nada der certo na aviação para mim, até porque não tiro a chance de dar errado, pois tenho como lição o arrependimento de ter cursado engenharia e depois ver que não era isso que eu almejava. De qualquer modo, me sinto confiante tendo um cargo público, pois sei que as atribuições que irei exercer serão para o interesse público, e isso me motiva a ter ética profissional e também o gosto pela profissão.

Nesta caminhada do concurso público tive que vencer muitos desafios e o primeiro foi de quebrar tabus. Para quem não vive o concurso acha que quem passa é por sorte ou porque tem conchavo lá dentro, eu até que pensava isso até decidir fazer. Então quando eu vi que a coisa era séria mesmo fui com tudo. O meu primeiro concurso foi para o CREA-RJ e na ocasião tive que começar tudo do zero, eu sempre tive dificuldade com português, mas com muito esforço, dedicação e perseverança consegui aprender o suficiente para ser aprovado no CREA-RJ. Isso foi em 2011! Trabalhei lá até outubro de 2012 até que avaliei minha carreira e minha situação a qual não dava para custear o meu sonho de ser piloto, cheguei a prestar exames teóricos para ser piloto, mas ainda precisava vencer as temíveis e caras horas práticas de voo. O meu salário não dava e hoje em dia até que penso que eu poderia ter arriscado mesmo assim, porém como eu temia que fosse demorar demais pagando assim aos pouquinhos e realmente a caminhada de formação de um piloto é complicada e extensa, decidi arriscar outro concurso que eu pudesse ganhar mais e assim encurtar a caminhada da formação.
Decidi voltar a estudar para concursos ainda trabalhando no CREA-RJ. Comecei a estudar no ônibus na ida e na volta do trabalho e aos finais de semana. Comprei tudo que era necessário, livros, apostilas, tablet, enfim tudo que fosse preciso para aproveitar o máximo do pouco tempo disponível. O fato é que com essa jornada toda eu não conseguia cumprir bem o edital sempre ficava faltando algumas coisas que eu não conseguia administrar. Por isso em outubro de 2012 eu decidi largar tudo (havia economizado uma poupança para custear os estudos) então pedi demissão do CREA-RJ e fui morar com parentes. Passei por problemas pessoais (falta de perseverança), familiares (descrença que você iria conseguir aprovação), financeiros (tive que voltar a trabalhar no que apareceu para custear algumas inscrições, pois a poupança havia acabado) enfim, tudo isso foi duro? Foi! Mas posso garantir que aprendi muito com isso. Se hoje sou uma pessoa melhor comigo e com os outros é por causa dessas dificuldades que passei.

Muitos não fariam o que eu fiz, mas entendam que o concurso para mim é o plano B, eu não quero passar a vida sendo servidor (eu respeito demais ser servidor). Meu plano A é ser aviador, sempre foi. Eu estou retomando a minha vida que estava estagnada desde os bancos e corredores quando estudava engenharia. A melhor coisa foi decidir o que eu não quero pra minha vida (engenharia) e abrir as portas para que eu pudesse descobrir e tentar ser (aviador) – pois desde criança sempre fui fascinado por aviões, era a brincadeira preferida.

Passei por conflitos existenciais, superei-os e hoje consigo ver uma luz, consigo enxergar um caminho que quando eu estudava engenharia eu não via! Para não dizer que sou aventureiro eu tentei sim (pensava que trabalhar era um fardo e não um prazer) e por isso que as portas não se abriam para mim, pois descobri que não consigo fazer por muito tempo aquilo que não me dá prazer. Fico apático e desmotivado e isso me impedia de prosseguir na engenharia. Agora não, pois como tenho um plano A, o plano B (ser servidor) será mais tranquilo, estarei sempre olhando para cima (claro sem perder na qualidade do meu serviço, sei separar o profissionalismo necessário que a profissão exige) e também terei um carinho em ser servidor, essa carreira é que estará bancando os meus sonhos principais (como um pai que custeia o sonho do filho) só que será com mérito e suor.

Muitos me perguntam se eu tivesse continuado na engenharia eu poderia evitar passar essa dificuldade de estudar pra concurso. Até poderia, mas eu não tenho como controlar as dificuldades, elas são inevitáveis, fazem parte de qualquer profissão. Existe uma coisa fundamental: a engenharia assim como a medicina lida com vidas! Se você assina um projeto mal feito (um cara sem vocação para aquilo) você mata o cidadão quando um navio afunda ou quando uma marquise cai na cabeça dele, assim como um médico que mata o paciente quando faz uma cirurgia errada ou quando é negligente. Isso me aterrorizou e se eu não tenho gosto pelo que faço, por que vou fazer isso? Apenas pra ganhar dinheiro? Sendo servidor eu eliminaria essa tensão de lidar com vidas, pelo menos é um trabalho com menos responsabilidades (cargo de técnico) e assim como todo técnico sonha em ser Analista e depois Procurador, etc. eu sonho em ser piloto. Qual é o problema? Não dá pra você assumir tamanha responsabilidade (nível superior) sem ter gosto por aquilo que você faz, é perda de tempo e arriscar acabar com a sua carreira por fazer um serviço incompetente. Veja tantos profissionais incompetentes por aí, talvez eles sejam infelizes no que fazem, fizeram a escolha errada e tem medo ou receio de tomar outra atitude, já tem o cômodo proporcionado pela sua profissão (mesmo que sem vocação na carreira).

O meu método de estudo foi modificado aos poucos e sempre testando um que fosse realmente eficiente e eficaz para mim. Comecei levando bomba no concurso da Ancine, no TRT-RJ, no DECEA, na Petrobrás. Obtive aprovação nos concursos da Infraero-2011 (Op. Tráfego aéreo – 63º lugar, mas não sonho mais em ser chamado devido às privatizações), Câmara de Mesquita-2012 (te. Finanças – 8º lugar, mas foi cancelado devido à ilegalidade do concurso), 7º concurso do MPU-2013 (120º lugar para Téc. Administração), SERPRO (3º lugar – Suporte Administrativo) e finalmente 2º lugar no Banco do Brasil 2013-1 – Escriturário (2º na microrregião Niterói e 13º na Macrorregião Rio de Janeiro).

Com relação a decepção que senti com a reprovação ela não pode ser maior que a vontade de seguir em frente, o saldo deve ser sempre positivo. É necessário aprender com os erros que levaram à derrota. Entenda que na vida teremos muitas derrotas, mas isso não faz de você necessariamente um fracassado! Se você tenta, não consegue e desiste logo de primeira você leva um título de fracassado, mas se você tenta, não consegue e continua tentando até conseguir você é um herói. Aprendeu com as derrotas da vida. O que liga um fracassado a um herói na vida é a decisão. Um herói não desiste, pode até aguardar o momento certo, tentar outras coisas pra chegar ao objetivo, mas nunca se desvia do objetivo maior, seja qual for, no meu caso é ser piloto de avião, mas se não der certo posso tentar outras coisas, isso não faz de mim um fracassado, pelo menos não terei remorsos aos cinquenta anos de idade por não ter tentado! Isso é importante, tentar e fazer de tudo para que depois não nos sintamos incapazes de não ter tentado ou de ter desistido na primeira dificuldade. A vida é pra isso mesmo, pra testar, aprender e crescer.

Falando um pouco dos métodos de estudo, eu comecei utilizando vídeo aulas pois achava mais cômodo estudar em casa. Até hoje tenho essa mania. Já tentei estudar em cursinhos, mas vi que não conseguia estar sempre presente e de forma proveitosa, curso é um serviço e por ser um serviço não é tangível a cada momento te entregam um “produto” diferente. É difícil ter um padrão nas aulas, mesmo que o professor seja expert a própria turma tem as suas variações de humor, de perguntas, etc. Eu sempre fui metódico e gosto das vídeo aulas por isso, sei que o “produto” será entregue com um tempo exato, num mesmo formato e com mais conteúdo, pois como o professor estará “isento” da turma ele poderá refletir melhor a aula que ele dará, por outro lado não tem o feedback imediato da turma, isso é um ponto ruim. Se você sabe ser autodidata poderá entrar em fóruns de internet, poderá enviar uma dúvida por e-mail, etc. tudo de uma forma pensada e planejada.

Se o professor não souber ele te responde com fundamento em pesquisas. Mas quando o professor é bom e experiente ele já sabe a sua dúvida e responde sem esperar o aluno perguntar. Já no cursinho a resposta é imediata e pra mim fica difícil, queria dar um “pause” na aula presencial para refletir sobre, mas não posso, tenho que esquecer aquele assunto e partir para o próximo. É como decidir por assistir um filme no cinema ou alugar um filme na locadora. No cinema, se você bobear em seus pensamentos ou no ruído dos outros, você perde aquela cena, mas quando aluga na locadora você tem o privilegio de pausar quando quiser e pode voltar àquela cena que você não entendeu ou se você quiser ver de novo! Enfim eu prefiro vídeo aulas sobretudo pela minha mania autodidata mas não desmereço as aulas presenciais que em termos de “energia” podem somar ao concursado apático e desmotivado. Lembre-se motivação é interior. O professor pode até manter um ambiente propício para o aprendizado, mas se você não criar uma abertura para aprender nada vai fazer isso por você. Se liguem nisso.

Com relação às ferramentas de estudo, acho que tudo ajuda, se você usa mapas mentais, canetas coloridas, cadernos, slides, processador de texto, planilha. Sobretudo manter um bom planejamento até o dia da prova (use e abuse da planilha) distribua as matérias em cada dia (adequando às suas necessidades), se você tem uma mente dispersa (como eu sou) cronometre os estudos, assim conseguirá fazer outras coisas além do estudo. Cronometrando você tem a sensação que está numa maratona (eu pensava que era um nadador tendo que fazer a cada treino, um tempo menor) e vai estudando cada vez mais rápido e com mais conteúdo em menos intervalo de tempo. O que garante um saldo superpositivo e proveitoso, além de acelerar o cérebro para as baterias de exercícios e a própria prova. Ser ágil na prova é saber administrar o tempo e nisso – estudar com o cronômetro ajuda a ter uma noção do tempo. Não dá pra pensar muito, tem que ser objetivo e estratégico na hora da prova.

O nervosismo muitas vezes vem, quando não sabemos bolar uma estratégia, quando acabamos a prova temos a sensação que fomos mal e não conseguimos melhorar nas próximas aumentando o nervosismo. Talvez a falta de treino das diferentes estratégias para que na hora da prova você use aquela que mais se identificou. Eu por exemplo começo pelas específicas (que dão mais pontos) se tiver redação, faço por último, mas logo depois de português, pois os textos já te aquecem para a redação. Se você administra bem o tempo sobra até para revisar as questões mais difíceis. O lance é sair da prova com sentimento de dever cumprido, de ter sido eficiente. A eficácia será alcançada com o resultado da prova. Se for mal, é hora de rever os pontos fracos e melhorá-los. Só assim se obtém a aprovação. Passar de primeira no CESPE-UNB é lenda. Se você conseguiu parabéns. Mas eu me esforcei muito e posso dizer que mereci essa aprovação.

O Eu Vou Passar me auxiliou na aprovação pela maneira mais barata possível. Ele me ajudou a reduzir a relação custo/efetividade (aprovação com o menor custo possível) e também o melhor custo/benefício (para um mesmo conteúdo oferecido no mercado ele tem o menor custo). Não peca na qualidade (senão não teria ajudado na aprovação!). As aulas são de qualidade excepcional e única (nenhum outro curso tem esse formato que utiliza a lousa e caneta junto com os slides). Ao mesmo tempo é um bate papo informal (descontraindo o ambiente de estudo) sem perder a seriedade e foco do conteúdo.

Com relação ao custo é o melhor do mercado. Você tem acesso ao universo EVP sem restrições, (sem ter que comprar um novo pacote para cada concurso que abre), e o melhor: você pode baixar as aulas! Se existe uma coisa ruim é deixar de estudar por falta de grana! Nesse caso o investimento é muito baixo e não tem nem como dizer que foi inviável estudar por falta de grana no EVP! Mesmo que você possa só pagar um mês, pelo menos conseguirá baixar as aulas que cumprem o seu edital (se as aulas já estiverem completas é claro), mas diria que 80% no 1º mês você já consegue baixar. As atualizações dos cursos são constantes, você vai sentir necessidade de pagar a 2º mensalidade, a 3º e assim por diante até a aprovação! Nada melhor que estudar com material atualizado e o EVP mantêm isso firme. Já vi muitos cursos online por aí com cursos desatualizados e que eles só montam os pacotes sem se preocupar com a qualidade, estão mais preocupados com o que vão receber do que o que vão ofertar. Depois não sabem o porquê do seu insucesso com os concurseiros.

A aprovação no concurso do SERPRO, Banco do Brasil e futuramente MPU (120º colocação, ainda vai demorar um pouco) me deu asas para começar a caminhar no meu objetivo principal que é ser piloto, sei que será difícil, a caminhada será longa – pelo menos uns 2 anos pela frente ainda – mas tenho plena convicção da vitória (que não é sempre acertar, mas sempre tentar e tentar até conseguir) .

O concurso do SERPRO- 2013 teve 3.059 candidatos para 6 vagas mais cadastro de reserva (509,83 candidatos/ vaga). Minha colocação final foi 3º lugar no cargo de suporte administrativo para a sede do Rio de Janeiro.

O concurso do Banco do Brasil – 2013 teve 94.000 candidatos na Macrorregião (RJ) e 9.942 na Microrregião (Niterói, SG, Maricá). Minha colocação foi 2º lugar na Microrregião e 13º na Macrorregião. E foi cadastro de reserva.

O 7º concurso do MPU – 2013 teve 15.498 candidatos com 2 vagas mais cadastro de reserva. Demanda de 7749 candidatos/vaga, mas como sabem o MPU tem tradição de convocar muitos candidatos. Minha colocação foi 120º lugar para Apoio Téc. administrativo.

Metas futuras: 8º concurso do MPU (não abriram as vagas que estava aguardando), BACEN (técnico) e qualquer um que tenha pelo menos um salário maior. Pois o concurso é o plano ‘B’ já o plano ‘A’ é a aviação, que para formação demanda muito dinheiro. E como já tenho 29 anos e ainda penso em ter família, viajar, etc. enfim, tocar os meus projetos paralelos que estão estagnados! Tento ser realista e sonhador ao mesmo tempo, as minhas decisões são baseadas nisso. O mais importante é ser feliz no seu momento presente! É uma ilusão pensar que só seremos felizes após a aprovação, pois não será!

Estar de bem com a vida é de suma importância para uma boa aprovação em qualquer área da vida, não só em concursos. A maior provação da vida é resolver as questões interiores e seguir adiante. Viver é muito bom! Mas depende de como você encara o seu momento atual. Se te amarras demais ao passado ou ao futuro, tu não viverás. A vida é o agora (seja estudando ou vadiando) o que importa é a tua consciência tranquila no travesseiro à noite.

Uma mensagem aos concurseiros:

“Bem-aventurado o homem que suporta a provação; porque, tendo sido aprovado, receberá a coroa da vida, a qual o Senhor prometeu aos que o amam.” [Thiago 1-12].

Persistam, persistam e persistam! Se for isso mesmo que querem, conseguirão. Cuide da tua vida também, pois só pelo merecimento que os bons conseguem a sua graça.
Um agradecimento a toda equipe do Eu vou Passar, a todos os professores que são muito esforçados, aos técnicos de apoio das gravações, ao João, ao Mário pela oportunidade do depoimento de transmitir palavras de esperança aos concurseiros aflitos. E um carinho especial aos professores Giovanna Carranza, Thiago Pacífico, PH e Fernando Pestana. Considerem-se todos abraçados! Assim que eu sair de férias, irei ao Recife cobrar esse abraço, vice!?
Que Deus abençoe a todos.
Muito Obrigado.

 

58 Comments

  1. Vanessa Caetano disse:

    Adorei, parabéns :)

    • PETRYANA disse:

      Fellipe trabalho na aviação comercial há 8 anos. Quero muito ser servidora pública e o meu objetivo é exatamente o oposto ao seu. Não desista pois vc chegará lá. Outro dia encontrei na cabine um copiloto que estudou comigo na escola técnica em 2005 (CEFET_CE). Engraçado é que desde aquela época o sonho dele era ser piloto e ele conseguiu. Tenho certeza que vc será um excelente piloto. Desejo sucesso na busca pelo seu sonho.

  2. Jaisla Mirele disse:

    Parabéns Fellippe pela conquista!
    Gostei muito do seu depoimento! Sucesso!!

  3. Siane disse:

    Parabénsssssssss ! É muito bom termos um objetivo claro na vida, isso nos dará força para estarmos sempre motivados. Se ser Piloto é o seu sonho vá em frente, tenho certeza que conseguirá e serás um ótimo profissional. Obrigada por nos motivar com sua trajetória ! Felicidades amigo !

  4. Monica disse:

    Que Deus continue abençoando sua vida, parabéns pelos concursos aprovados, e com certeza você será um PILOTO, abraço!

  5. Vânia disse:

    Que bom, Fellippe, seu depoimento ajuda todos nós que estamos na luta. Vitória merecida. Vc estudava qtas horas por dia? Obrigada. Abrç.

  6. BENTO JOSE DOS SANTOS GOMES disse:

    São esses relatos que nos motivam a labutar cada vez mais
    visando alcançar nossos objetivos.

  7. Mariana disse:

    Parabéns mesmo! Você é um exemplo de superação, perseverança e fidelidade a uma objetivo.
    Que seus passos continuem a ser iluminados…Obrigada por compartilhar seu momento conosco e inspirar tantas outras histórias que estão passando por aqui e que certamente serão vitoriosas!
    E sem mais, deixo um trecho que muito aprecio: “Não deixe…que a rotina acomode, que o medo impeça de tentar…Desconfie do destino e acredite em você. Gaste mais horas realizando do que sonhando, fazendo que planejando, vivendo que esperando…” -Fernando Pessoa

  8. Beatriz disse:

    Excelente texto, muito sincero e motivador! Tenho 27, recém-formada, mas não satisfeita com meu curso. Tornei-me concurseira, também como plano B. Identifiquei-me bastante com a sua escrita. A vida parece estacionar, a espera é longa, vem a depressão, o cansaço… Fui classificada em um concurso da CESPE, estava dentro das vagas na primeira etapa; mas como tinha uma segunda etapa de avaliação de títulos (e como eu não tinha títulos por ser recém formada), fui para o cadastro reserva. Isso me deixou arrasada, afinal havia ido melhor na prova do que os outros candidatos… Mas o jeito é seguir em frente e tentar até ser convocada. Já desisti de um plano A em minha vida do qual me arrependo até hoje, não desistirei de mais nenhum! Quanto ao seu plano A, de ser piloto, é um lindo plano, tenho certeza de que conseguirá! Sem o sonhos a vida fica seca, sem graça, torço para que o seu sonho seja realizado!

  9. PAULA disse:

    Muito bonita sua força de vontade. Meu marido é piloto e ralou muito pra chegar na linha aérea, mais teve de abdicar de muita coisa.
    Esse era o sonho dele desde os 3 anos de idade.
    Você abdicaria de sua carreira pública pra ser piloto? Pois o tempo de um piloto é muito corrido!

    Parabéns, fica com Deus!

  10. Elinaldo Rodrigues disse:

    Parabéns seja feliz seguiremos aqui atrás do nosso sonho.

  11. Hugo disse:

    Primeiramente, parabéns pelas suas conquistas, principalmente seu poder de “Vou Vencer”…rsrsr
    Sou da Comunidade do DECEA 2012 e tmb levei bomba neste concurso…Conheço vc de lá. Onde tmb vi a postagem.
    Fiquei muito feliz de ler a sua história e tmb de me sentir cada vez mais incentivado e motivado a conquistar os meus objetivos e metas. Obrigado mais uma vez. Palavras confortadoras e iluminadas.

    Deus te guie e abençoe. Boa sorte nos próximos resultados.

    Abraço.

  12. Betânia Rita disse:

    Parabéns, cara! Que palavras, hein!? Me animou bastante, me fez refletir bastante acerca do que eu realmente quero! TUDO DE BOM!

  13. Marina disse:

    Parabéns, Fellippe!
    Adorei esta parte: “Estar de bem com a vida é de suma importância para uma boa aprovação em qualquer área da vida, não só em concursos. A maior provação da vida é resolver as questões interiores e seguir adiante. Viver é muito bom! Mas depende de como você encara o seu momento atual. Se te amarras demais ao passado ou ao futuro, tu não viverás. A vida é o agora (seja estudando ou vadiando) o que importa é a tua consciência tranquila no travesseiro à noite.” – fica como lição!

  14. Ivan Reis disse:

    Muito bom esse depoimento, pois nos dá mais forças para persistir em busca de nossos objetivos!
    Parabéns Fellippe, você é merecedor do sucesso!!!

  15. Nilo Júnior disse:

    “Entrega o teu caminho ao Senhor,confia nele e o mais ele o fará”, Parabéns mesmo!!!!!!!!!!!!!!!

  16. maria de nazare carlos teixeira disse:

    OLÀ FELIPE sua história é exemplo pra todos nós. Que Deus te abençoe sempre..bom saber que vc é um filho de Deus assim somos irmãos.A minha vez tambem está perto

  17. Katia disse:

    Parabéns,me emocionei,quando tinha a sua idade eu pensava que já estava velha,rsrsrs…hoje vejo que com 29 anos vc tem toda a vida pela frente ainda,vc é muito jovem e vai realizar todos os seus sonhos principalmente pq o principal vc tem: cabeça boa e muita garra!
    Daqui a pouco vc vai gostar tanto de ser servidor que vai ser piloto apenas como um hobby! Boa Sorte!

  18. Iris Medeiros disse:

    Fellippe, linda as suas palavras…. ainda ontem depois do gabarito da ANTT perguntei ao Senhor…”devo continuar estudando? Acho que concurso não é para mim!” Chorei muito pois só conseguir fazer 58 pontos…. o Senhor me respondei com Habacuque 3,17…. logo depois fui buscar minha filha na igreja e enquanto esperava no carro pedir para o senhor continuar falando …. e no meu celular comecei a ouvir a pregação do pastor “Lucinho Barreto – Mumuração , e hoje logo ao levantar vejo o seu testemunho maravilhoso….. Agradeço a Deus em primeiro lugar por não me deixar desistir ,pois Ele é a minha força , e a vc por me permitir conhecer a sua luta e sua vitória. São várias dessas mensagens , que levanta o caído. Deus te abençoe.
    Iris – Bsb

  19. Maely disse:

    Inspirador…
    Parabéns pelo seu caminho, por lutar pelo seu sonho =)
    Sucesso para vc!!!

  20. Francie disse:

    Adorei o depoimento do Fellippe…me identifiquei demais com suas batalhas. Ainda não fui aprovada e já desanimei tantas vezes, já pensei em desistir mas há poucos meses consegui resolver os meus conflitos internos e tô na luta novamente com força total. Agradeço a Deus por tudo que tenho passado pois também sinto que tenho amadurecido muito com tudo isso. Boa sorte para todos nós. A vitória é certa aos que crêem!!!!

  21. Bruno disse:

    Parabéns Fellipe pelas conquistas e grato por compartilhar sua jornada, inspirando e “re-motivando” cada um de nós.
    Tanto seu histórico como suas opiniões são muito bem pontuadas e super coerentes.
    Importante também foi expor e afirmar o seu “plano A”. Não vejo problema em se ter um plano dessa forma. Muito pelo contrário: melhor ter pessoas como você, com “planos A” em mente e desempenhando bem e honestamente o sua carreira de servidor “plano B” e que futuramente deixará a vaga para outro (alguém vai achar ruim?rs), do que pessoas que querem “servir” mais como “encosto”, “sanguessuga”, até se aposentar, sendo, isso sim, um objetivo de vida medíocre. Gente que quer facilidade não falta por aí…
    Independente de querer continuar ou sair do serviço público, o mais importante é bem servir enquanto estiver na função. De quebra, ainda levará para sempre essa experiência de determinação, disciplina, luta etc pro resto da vida, sendo piloto ou não.
    Mais uma vez, valeu pelo depoimento
    Abraço

  22. Romulo disse:

    MUITO FELIZ com estas palavras!!! Muita fe e garra para todos nos nessa tragetoria!
    SUCESSO!!!

  23. GEORGE FERNANDO disse:

    MEUS PARABÉNS MEU AMIGO, VOCÊ É MUITO DETERMINADO.

  24. Elvis disse:

    Inspirador seu depoimento, parabéns, sucesso…

  25. Joaquim disse:

    Parabéns Fellippe, seu depoimento foi muito importante para mim. Estou na casa dos quarenta e o meu sonho é ter um bom emprego público…comecei tarde…mas não perco a esperança…já me classifiquei em vários…hoje luto para está entre os primeiros…sucesso!

  26. Leonídia disse:

    Parabéns Fellippe! vc é um grande exemplo para nós,concurseiros!

  27. FRANCISCO AUGUSTO GONDIM SILVA disse:

    Parabéns!!! Palavras incentivadoras. Imprimirei para lê-las sempre.
    Sucesso!

  28. Rodrigo disse:

    Parabéns muleque doido. Eu sonhava em fazer um track e também em ter uma ninja. Me tornei CAT A, e agora os saltos estão suspensos por conta dos estudos e a moto uso pra desestressar e viajar. Sugiro que em seus fins de semana de desestresse, visite aeroclubes, veja os aviões, faça amizade com os pilotos, paraquedistas, pergunte sobre as escolinhas. Acho que você já pode ir fazendo algumas fases iniciais para tirar seu brevê. Talvez dar um salto duplo de paraquedas, ou voar de avião com algum piloto que faça amizade durante um fim de semana. Apenas pra sentir um gostinho do seu sonho. Isso renova e dá mais forças para seguir atrás deles. Frases soltas suas como “olhar pra cima”; isso é mania mesmo da gente que voa. Abs

  29. Djalma Neto disse:

    Parabéns parceiro.
    ótima trajetória. Também passei no BB 2013 no RJ. Estou na saga agora para passar no BACEN, cargo de técnico.

  30. daniela disse:

    MUITO INSPIRADOR, obrigada de verdade pelo seu depoimento, eu tenho certeza que vc será um excelente PILOTO futuramente, mas antes um excelente servidor..abraços!!!!!!!!!!

  31. Humberto disse:

    Parabéns. Esses depoimentos são como pílulas motivacionais, me identifico um pouco com cada história.

  32. fernando disse:

    Seu depoimento parece um pouco com o que eu passo. Sou graduado em História, mas descobri que o Cinema e a Fotografia encantam-me, todavia, são cursos, equipamentos, investimentos que não são baratos nem no Brasil e nem em qualquer lugar do mundo. Assim, escolhi estudar para tribunais (trt principalmente) para os cargos de técnico e analista adm. para fazer de trampolim para o que quero de fato, usando a grana para realização desse investimento pessoal. Como você disse sobre ter um respeito sobre a carreira pública, tenho muito, inclusive minha mãe é aposentada da antiga Nossa Caixa. A vida é luta e batalha todos os dias e eu não vou desistir nem de passar num tribunal e nem de tentar trabalhar com cinema e fotografia.

  33. Alessandra disse:

    Parabéns!!! Seu depoimento foi extraordinário! Assim como você tenho um sonho e assim como você não irei desistir dele. Temos que nos espelhar em exemplos bons, e o seu é de muita valia. Obrigada!

  34. Tatiana disse:

    Oi Felippe. Sua história me emocionou muito, E é inspiradora para muito gente viu!? Fico na torcida para você conquistar seus sonhos, Também estou nesta batalha e não podemos desistir!!!! Que Deus continue sempre lhe abençoando! Beijão

  35. Laiane Lourenço disse:

    Muito bonito e motivador seu depoimento! Que Deus continue abrindo as portas que você tem batido! Parabéns!

  36. LEandro Vieira disse:

    Olá Felipe, muito gratificante seu relato, só quem se dedica a vida de concurseiros , para entender realmente o tão é importante ler historias como a sua, parabéns , e pode ter certeza é uma questão de tempos para realizar seu sonho com a aviação, pois a dedicação é o caminho da realização . Obrigado, são fatos assim que me motiva mais ainda.

  37. Reinaldo disse:

    Parabéns! Perseveres e vencerás! Você é um exemplo disso. Muito motivadora a sua história e com boas dicas para estudar. Obrigado (pelo exemplo e pelas dicas!)!

  38. André disse:

    Parabéns Fellippe, emocionado aqui com sua história! Não tenho dúvida que você também será um ótimo piloto.

  39. tre disse:

    Além de tudo é lindo rsrs

  40. Cara-de-Bronze disse:

    Eis-me aí!

  41. Annie disse:

    Parabéns Fellippe, pelo seu esforço, sua luta diária. Que Deus te abençoe ricamente e pode ter certeza que o sonho vai ser realizado!
    Quando fazemos a nossa parte, Deus faz a dEle também. ;)
    Um grande abraço a você, ao joão, e ao professor Thiago Pacífico.

  42. Edson Aoki disse:

    Parabéns cara, o que molda o caráter são as dificuldades!
    Vai fundo em busca dos seus sonhos!

  43. FELIPE TAKANORI disse:

    Muito Obrigado pelos comentários pessoal!
    Fiquem a vontade para me add no facebook,
    https://www.facebook.com/takanori.ito.1257

    A gente se fala!

  44. Djalma disse:

    Perfeito! sucesso!!

  45. jeferson disse:

    caramba cara, eu tenho quase o mesmo sonho q vc.
    só que é ser piloto de helicoptero.
    tambem estou tentando concurso pra ver se consigo chegar ate la.
    parabens pela conquista.

  46. GUSTAVO disse:

    Parabéns guerreiro. A luta continua rumo a aviação .

  47. Maria das Graças disse:

    Parabéns, Felipe! Tenha certeza de que, são testemunhos assim como o seu que encoraja muitas pessoas a continuarem perseverando até realizarem seus sonhos! Deus continue abençoando todos os seus projetos e, que seus sonhos sejam os mesmos do Senhor!

  48. Antonio disse:

    Felipe, parabéns pela sua trajetória. Só para nós termos uma ideia, Mais ou menos quantas questões você deixou em branco na prova do MPU? Sua colocação foi excelente e logo irão lhe chamar, fique atento às publicações do DOU, hein.

  49. Priscila disse:

    Fellippe Você é um vencedor, Obrigado pelas palavras, não tenha duvida que você irá conseguir realizar seu sonho, pois vejo que você tem humildade, e sem isso não chegamos a lugar algum!

    Abraços!

  50. Lindinalva Santos disse:

    Parabénssss! Sucesso sempre!

  51. leovch disse:

    Parabéns pelas conquistas e, principalmente, pela convicção que vc possui sobre aquilo que vc deseja na vida. Isso é admirável!!!

  52. Cleber Carnevale disse:

    O Sofrimento é passageiro, desistir é pra sempre!!! Você está no caminho certo! Avante guerreiro! Parabéns!!!

  53. marilene disse:

    Muito emocionante , e motivante seu depoimento ,sua história.
    Parabéns !!! Que Deus ilumine sua caminhada , você é uma pessoa de garra e terá sucesso sempre.

  54. Mislaine disse:

    Parabéns Fellippe!!! Depoimento sensacional! Consegui me enxergar em várias frases tuas, como quando disse que “a decepção com a reprovação não pode ser maior que a vontade de seguir”, sempre que confiro os gabaritos sinto como se levasse uma espécie de “taca moral”, mesmo assim me sinto ainda determinada. Sonho com o dia que também contarei minha história por aqui. Ah! Tenho essa “ilusão” de ser mais feliz após a aprovação, porque minha vida agora está uma canseira só.

    Abraços e mais sucesso! Fica com Deus!

  55. Regina Guimarães disse:

    Parabéns, você é um vencedor…sua história me
    inspirou…confesso que tava pensando em desistir,mas depois que li seu depoimento ,fiquei mais confiante e esperançosa…beijos

  56. Karol disse:

    Belas palavras, me motivaram bastante. Só em ler a palavra português, já me dar uma ”vontade de sair correndo”! Odeio, odeio e odeio.Eu trabalho(terceirizada) na ANAC, mas insatisfeita com o cargo, vou fazer um concurso esse ano para ter uma estabilidade melhor, espero conseguir a aprovação, mas ainda que não consiga, eu não desistirei.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *