Home » News » Assembleia/MT vai refazer edital do concurso

A Fundação Getúlio Vargas (FGV) deve ser a nova organizadora do concurso para a Assembleia Legislativa do Mato Grosso (AL-MT). Após cancelar contrato com a IDP, a AL parece ter encontrado nova instituição para realizar a seleção para 430 vagas. Segundo informações da própria assembleia, a FGV é a mais cotada para assumir a posição. A decisão deve ser anunciada em pouco tempo, já que a previsão é realizar o concurso ainda este ano, para que os servidores sejam empossados no início do ano que vem.

Foi divulgado no Diário Oficial da última segunda-feira, dia 2, um aviso de revogação do edital. A partir de agora um novo edital vai ser elaborado pela organizadora escolhida. A AL-MT deseja realizar o concurso com oferta de 430 vagas, para os níveis médio e superior. Do total de vagas, 215 são para os níveis médio e superior, com salário de R$2.286,22. Além disso, ainda há oferta de outras 215 vagas para o nível superior, das quais 207 são para cargos que dispõem de vencimento de R$5.034,88, e as outras oito são para o cargo de procurador legislativo, com ganho mensal de R$6.057,93. A carga de trabalho é comum a todos, sendo de 30 horas semanais.

O contrato com a IDP foi cancelado, pois a instituição, por ser de pequeno porte, só poderia fazer concursos com até 12 mil inscritos. Porém, a seleção para a Assembleia contabilizou mais de 49 mil inscritos. Até a paralização do processo, cerca de 8 mil candidatos haviam pago a taxa de inscrição. Informações quanto a devolução da taxa devem ser divulgadas ainda nesta semana.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

2 Comments

  1. silvana disse:

    o dinheiro das inscrições vão ser devolvidos quando

    • Redação EVP disse:

      Boa tarde, sugerimos que você busque mais informações junto ao órgão responsável pelo concurso. Obrigado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *