Home » News » Ministério da Agricultura receberá nova autorização do Planejamento

Os interessados em prestar o concurso do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) terão que esperar um pouco mais do que os cerca de 30 dias previstos para o início do concurso. Segundo informações do órgão, o Ministério do Planejamento não publicará mais uma portaria prorrogando o prazo para a divulgação do edital, que se encerraria na próxima quinta-feira, 19. No lugar da simples prorrogação, será editada uma nova autorização, que poderá determinar o limite de até seis meses para a divulgação do aguardado edital.

Após reportagem do jornal O Estado de São Paulo informando que os dirigentes do Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional (Idecan), que havia sido escolhido por dispensa de licitação para organizar a seleção, eram integrantes do partido do ministro Antônio Andrade (PMDB-MG), o Mapa revogou a escolha da organizadora. Depois da nova autorização, que ainda não há data para ser expedida, o órgão realizará uma licitação para definir a entidade que promoverá o concurso para 736 vagas.

Das oportunidades, 70 são para o cargo de auxiliar de laboratório, que exige o nível fundamental e proporciona rendimentos de R$3.543,89. Haverá, também, 184 vagas para técnico de laboratório. A exigência é o ensino médio, mais formação em técnico agrícola ou agropecuário. Os ganhos são de R$5.557,17. A oferta será de 100 vagas para o cargo de agente de inspeção (médio, com remuneração de R$5.557,17); 50 para agente de atividades agropecuárias (formação na área, com ganhos de R$5.557,17) e cinco para técnico de Contabilidade (curso médio na área. Os rendimentos são de R$2.570,02).

No nível superior, haverá 172 vagas para fiscal agropecuário, que tem remuneração de R$11.531,69. O cargo requer formação em Agronomia, Farmácia, Química, Veterinária e Zootecnia. No concurso, ainda haverá vagas para administrador (25), bibliotecário (duas), contador (seis), economista (quatro), engenheiro (três), geógrafo (três) e psicólogo (duas). A remuneração será de R$3.980,62.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login