Home » News » IPHAN retifica edital com 163 vagas de nível superior

O Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) divulgou retificação do processo seletivo 001/2013, na qual informa que o pagamento da taxa de inscrição deve ser realizado em banco específico e não mais em qualquer agência bancária, como havia sido divulgado inicialmente. Mais detalhes podem ser verificados no próprio documento.

As inscrições do certame têm início nesta sexta-feira, 25 de outubro de 2013 e a responsabilidade técnico-administrativa e execução é do Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES). O objetivo é provimento temporário de 163 profissionais de nível superior.

As oportunidades serão distribuídas entre as áreas de Logística, Convênios e Contratos (31); Arqueologia (80); e Arquitetura ou Engenharia Civil (52), com reserva de nove oportunidades para pessoas com deficiência.

Em todos os casos as jornadas de trabalho serão de 40h semanais e as remunerações serão de R$ 6.130,00 para a área de Logística e de R$ 8.300,00 para as demais áreas.

Os contratados serão designados para a sede do IPHAN, em Brasília, e para as cidades de Rio Branco (AC), Maceió (AL), Manaus (AM), Salvador (BA), Fortaleza (CE), Vitória (ES), Goiânia (GO), São Luís (MA), Belo Horizonte (MG), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Belém (PA), João Pessoa (PB), Recife (PE), Teresina (PI), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Natal (RN), Porto Alegre (RS), Florianópolis (SC), Aracaju (SE), São Paulo (SP) e Palmas (TO). No caso da área de Arquitetura ou Engenharia Civil, também haverá vagas em cidades do interior de alguns Estados.

As atribuições dos cargos e o programa de provas constam no edital completo e os interessados no certame devem se inscrever de 25 de outubro de 2013 a 18 de novembro de 2013 pelo endereço eletrônico www.iades.com.br (link do edital), com limite das 22h do último dia. As taxas terão valor de R$ 66,00 e R$ 70,00, conforme a área de escolha.

Será aplicada prova objetiva de caráter eliminatório e classificatório na data provável de 15 de dezembro de 2013, nas 27 capitais da Federação. A avaliação será composta por 50 questões de conhecimentos básicos (língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo, informática básica e direito constitucional e administrativo e administração pública) e específicos (conceitos e legislação aplicada ao Patrimônio cultural e conhecimentos específicos da área a que se concorre) e terá duração de quatro horas. Os horários e locais serão divulgados no site do certame em 9 de dezembro de 2013.

Também haverá avaliação curricular, de caráter apenas classificatório. Os candidatos devem comparecer para realizar as provas com antecedência mínima de uma hora e estar munido de documento de identidade e caneta esferográfica de tinta azul ou preta, fabricada com material transparente.

Fonte: PCI Concursos
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login