Home » News » STF retifica concurso com 36 vagas para Analista e Técnico Judiciário

O Supremo Tribunal Federal (STF) publicou retificação ao concurso público nº. 01/2013 com 36 vagas para Analista Judiciário e Técnico Judiciário, organizado pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (CESPE/UnB).

Teve alteração das nomenclaturas dos seguintes cargos: Analista Judiciário, da área de Apoio Especializado, para Revisão de Textos; Técnico Judiciário, da área Administrativa, na especialidade de Segurança Judiciária; e Técnico Judiciário, da área de Apoio Especializado, Tecnologia da Informação.

Essa retificação também modificou a data de publicação do resultado final das provas objetivas e o resultado provisório da prova discursiva, para 17 de janeiro de 2014. Além disso, teve mudança no texto do quadro referente ao número de provas discursivas a serem corrigidas.

Serão contratados profissionais com formação em curso superior, para a função de Analista Judiciário, nas Áreas Administrativa, Apoio Especializado em Análise de Sistemas de Informação, Comunicação Social, Engenharia Elétrica, Estatística, Medicina do Trabalho, Ortopedia, Revisão de Textos, Suporte em Tecnologia da Informação e Judiciária. A remuneração é de R$ 7.506,55.

Também existem oportunidades para Técnico Judiciário nas áreas Administrativa, Segurança Judiciária e Tecnologia da Informação. Essas funções exigem o ensino médio ou técnico na área de atuação e oferecem o salário de R$ 4.575,16.

As inscrições serão realizadas pelo endereço eletrônico www.cespe.unb.br, entre às 10h do dia 18 de outubro de 2013 e 23h59 do dia 4 de novembro de 2013. A taxa de participação é de R$ 80,00 para Analista Judiciário e de R$ 60,00 para Técnico Judiciário.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas de Conhecimentos Básicos e Específicos, além de prova discursiva, de caráter eliminatório e classificatório. Essas avaliações serão aplicadas no dia 15 de dezembro de 2013, em locais e horários a serem definidos e divulgados com antecedência.

A validade desse concurso será de um ano, contado a partir da data de publicação da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Fonte: PCI Concursos
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *