Home » News » TO: Comissão do concurso público dos Bombeiros garante certame em 2013

Os 10.500 candidatos do concurso público do Corpo de Bombeiros do Estado podem ficar tranquilos, pois o certame deverá ser retomado ainda neste ano. Depois de dificuldades enfrentadas pela comissão do concurso junto à empresa organizadora do certame, que culminaram na rescisão do contrato, o presidente da comissão, coronel Dodsley Yuri Tenório Vargas confirmou que a segunda colocada na licitação será chamada para dar continuidade no processo seletivo ainda em 2013.

Como forma de tranquilizar os candidatos com inscrição confirmada, o coronel frisou que não haverá mudanças neste sentido. “Todos podem ficar tranquilos porque nós não reabriremos as inscrições e não faremos qualquer tipo de alteração com relação aos inscritos no concurso”, garantiu.

O único procedimento que poderá ser realizado, conforme Vargas, é uma confirmação dos dados cadastrais dos candidatos, com a mudança de empresa organizadora. “Se houver uma diferença no sistema entre as empresas, o que poderá acontecer é que os candidatos ratifiquem as informações pessoais das inscrições”, completou.

Depois dos dois adiamentos de data da prova, que tinha previsão inicial de ser realizada no dia 22 de setembro, o Corpo de Bombeiros entrou com processo para rescisão do contrato. Segundo o presidente da comissão do certame, a segunda colocada no processo licitatório para a realização do concurso já foi informada que será a nova responsável pelo certame. “A nova empresa é a Consulplan, que está organizando o concurso da Polícia Militar”, frisou o coronel Vargas.

Desta forma, completa a contratação da nova empresa, a meta do comando do Corpo de Bombeiros é que o concurso seja iniciado ainda neste ano, segundo o presidente da comissão. “É uma exigência nossa junto à empresa, que o concurso seja iniciado ainda em 2013 porque devemos ter uma resposta imediata aos candidatos e à sociedade”, destacou.

O concurso
O concurso para soldado do Corpo de Bombeiros teve inscrições encerradas no último dia três de setembro. O volume de inscritos surpreendeu a organização com mais de 20 mil inscrições, sendo efetivadas 10.500. Este número alto, conforme o presidente da comissão do concurso, foi uma das justificativas da empresa contratada para a realização do certame para o primeiro adiamento da data. “Eles disseram que estavam prevendo duas mil inscrições, mas foram mais de 10 mil”, frisou o coronel Yuri Vargas.

A data inicial para o início do processo seletivo era dia 22 de setembro, mas a empresa contratada, conforme o coronel do Corpo de Bombeiros não cumpriu os cronogramas e adiou a data por duas vezes. “Depois do segundo adiamento nós pressionamos a empresa que nos informou que não tinha condições financeiras para realizar o certame e nos pediu um adiantamento financeiro, mas isso não está previsto em lei”, completou.

De qualquer maneira, a previsão da organização do concurso é que a primeira etapa das seis que compõem o certame seja realizada ainda em 2013. Ao todo, foram disponibilizadas 100 vagas, sendo 90 para o sexo masculino e 10 para o feminino. A concorrência ficou alta e foi registrada em 202,3 candidatas por vaga para as mulheres e 94,1 candidatos por vaga para os homens.

Fonte: Surgiu
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *