Home » News » Epagri/SC: PDV deve influenciar número de convocados em concurso público

O recorde de inscrições no Plano de Demissão Voluntária Incentivada (PDVI) da Epagri pode influenciar no número de candidatos do Cadastro de Reserva convocados para contratação. Estas pessoas podem ser chamadas à medida que surgirem novas vagas.

A alta adesão ao Plano de Demissão supera a expectativa da empresa, que era de cerca de 400 inscrições, mas já somam mais de 600. O concurso da Epagri, que tem validade de dois anos (prorrogáveis por mais dois anos), está diretamente vinculado ao PDVI. Sendo assim, quanto mais funcionários deixarem a empresa neste período, mais candidatos do Cadastro Reserva assumirão as funções.

Segundo o presidente da Epagri, Luiz Hessmann, o concurso, que está com as inscrições abertas, oferece 94 vagas e formações de Cadastro Reserva. “Devemos contratar em fevereiro e março mais de 250 técnicos para renovar o quadro funcional da Epagri”, diz.

O concurso da Epagri recebe inscrições até às 16h de segunda-feira, 11 de novembro. As provas serão realizadas no dia 1º de dezembro.

Há vagas para as mais variadas áreas, contemplando funções que requerem o Ensino Fundamental (operário rural e tratorista), Ensino Médio (técnico de laboratório, técnico de meteorologia, assistente de pesquisa, assistente administrativo e extensionista rural) e Ensino Superior (extensionista rural, analista administrativo financeiro, advogado, analista de recursos humanos, meteorologista, analista de tecnologia da informática, pesquisador, analista de economia e analista de mercado).

Os salários vão de R$ 832,71 até R$ 5.996,83, que poderão ser acrescidos de vantagem pós-graduação (de 10% a 30% sobre salário-base) ou adicional de graduação (20% sobre salário-base).

As inscrições podem ser feitas pela internet e custam R$ 50, R$ 75, ou R$ 100, de acordo com o cargo. Para se inscrever ou conferir o edital, acesse o site da Fundação de Estudos e Pesquisas Socioeconômicas (Fepese).

Fonte: A Tribuna
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

1 Comment

  1. rafael disse:

    e os operarios até agora nada de serem chamados para contratação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login