Home » News » MG: Deputado quer 10% de cotas em concursos para ex-viciados

Durante um ciclo de debates realizado na última quarta-feira (6/11), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o deputado estadual Vanderlei Miranda (PMDB) ressaltou sua intenção de incluir na agenda de prioridades do governo estadual uma medida que reserva 10% das vagas de concursos públicos para ex-dependentes químicos. De acordo com o político, a intenção é reinserir o antigo usuário de drogas no mercado de trabalho e, consequentemente, mantê-lo afastado do vício.

Segundo Miranda, a sociedade não sabe o que fazer com o dependente químico após sua recuperação. “É preciso uma estrutura de acolhimento para inseri-lo de volta na família, no trabalho e na sociedade”, acredita. O deputado ressalta que a cota não garante a ocupação do cargo público, pois de qualquer forma o ex-usuário de drogas teria que passar pelo processo seletivo, podendo ou não ser aprovado.

A sugestão foi apresentada pela primeira vez quando o deputado fazia parte de uma comissão especial para debater o combate às drogas. Atualmente, Miranda é presidente da Comissão de Enfrentamento ao Crack. Ainda segundo o político, não foi elaborado ou apresentado um projeto de lei sobre o assunto, no momento, ele apenas aguarda uma resposta positiva por parte do governo do estado. “Queremos alinhar essa proposta com a medida já existente para inclusão de ex-penitenciários”, explica.

Fonte: Correio Web / Papo de Concurseiro
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

2 Comments

  1. Agmon Reis disse:

    Não tenho palavras pra descrever o absurdo que este político quer criar. E estender a ex-penitenciário ainda…tomara que ele crie, depois seja assassinado e o assassino passe em um concurso com a cote que esse louco criou.

  2. Diego Farias disse:

    vou me viciar também agora

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login