Home » News » PGE-AC: Novo concurso para procurador foi confirmado

Quem está à procura de estabilidade no trabalho já pode começar a se preparar. A Assessoria de Comunicação da Procuradoria Geral do Estado do Acre (PGE-AC) confirmou que irá realizar um concurso público de regime estatutário ainda para este ano. A seleção vai oferecer, inicialmente, seis vagas para o cargo de procurador. Para participar, os candidatos precisam ter nível superior em Direito e inscrição definitiva na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A remuneração pode ultrapassar R$18 mil, de acordo com a titulação do profissional. A dispensa de licitação para escolha da organizadora responsável pelo concurso já foi publicada no Diário Oficial do Estado do Acre.

Os interessados em participar da seleção prevista podem estudar o modelo das etapas do concurso anterior, visto que será seguida uma mesma linha de elaboração do edital. A seleção anterior foi composta por cinco etapas, a primeira delas uma prova objetiva e a segunda uma prova escrita. Já a terceira etapa possuiu duas fases, na primeira o candidato teve que elaborar uma peça processual de natureza contenciosa para solucionar um caso hipotético e na segunda ele precisava elaborar um parecer jurídico da área de consultoria para solucionar um caso hipotético. A quarta consistiu em uma prova oral sobre direito constitucional, administrativo, tributário, processual civil e trabalho/ processual do trabalho. Na quinta etapa, os candidatos passaram pela prova de títulos.

O último concurso do órgão aconteceu em janeiro deste ano. Também foram oferecidas seis vagas para o cargo de procurador do estado, com atuação somente na capital. Foi cobrada uma taxa de inscrição no valor de R$250. Com a incidência de aumentos legais, o salário base para o cargo passou de R$14.737,25 para R$15.378,00 em dezembro de 2012. Nessa mesma data, havendo mais de uma titulação (pós-graduação), o salário alcançou R$18.453,60. A contratação dos servidores aprovados nesta seleção ainda está em vigor, pois teve validade de dois anos a contar da data da homologação do resultado final, e pode ainda ser prorrogada, uma única vez por igual período.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *