Home » News » Tribunal de Justiça de Alagoas fará concurso para novos juízes

Presidente da comissão reconhece que demanda no Estado é para 90 magistrados.

É público e notório a carência de juízes no Estado de Alagoas, onde há casos em que magistrados chegam a acumular até quatro comarcas, o que torna humanamente impossível de atender toda a demanda da população. Este cenário deve mudar. É o que Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) espera e para isso, a Corte designou uma comissão para a realização de concursos públicos para ingresso na Magistratura, que acompanhará todas as etapas do certame.

Fazem parte da comissão, o desembargador Tutmés Airan, como presidente, e o juiz André Guasti Motta, como secretário. Além deles, o desembargador Pedro Augusto Mendonça de Araújo e o advogado Adrualdo de Lima Catão, também compõem a comissão.

“A primeira etapa do concurso deverá ocorrer no início do próximo ano para o preenchimento de 30 vagas de novos juízes”, conforme revelou o desembargador Tutmés Airan. O presidente da comissão informou que a carência do Judiciário alagoano é de quase três vezes mais o número de vagas que serão disponibilizadas, ou seja, Alagoas precisa de mais 90 magistrados para atender a população. Na próxima segunda-feira, 11, a comissão se reunirá para traçar o planejamento.

O juiz André Guasti informou que o Tribunal já baixou uma resolução limitando o número de comarcas por juiz, que será de apenas duas: uma como titular e outra em substituição, para assim melhorar a prestação jurisdicional.

“Ainda hoje existem magistrados com três ou quatro comarcas, mas agora isso é exceção”, declarou o magistrado, contando que a grande maioria dos juízes são responsáveis por pelo menos duas comarcas, inclusive ele, que acumula Boca da Mata, Capela, e Marechal Deodoro, quando o titular se declara impedido de julgar.

Fonte: Tribuna Hoje
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login