Home » News » São Paulo/SP: Haddad sanciona lei que cria cotas para negros em concursos em SP

Órgãos ficam obrigados a destinar 20% das vagas à comunidade negra. Documento foi publicado na última terça-feira no Diário Oficial.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), sancionou o projeto de lei que cria cotas para a comunidade negra no serviço público municipal. Haddad ratificou o projeto assinado pela bancada do PT na Câmara e que já havia sido aprovado pelo Legislativo.

O texto publicado no Diário Oficial desta terça-feira (24) determina que “todos os órgãos da administração pública direta e indireta do município de São Paulo ficam obrigados a disponibilizar em seus quadros de cargos e comissão e efetivos o limite mínimo de 20% das vagas e/ou cargos públicos para negros, negras ou afrodescendentes.” Será considerada a autodeclaração para a aplicação da regra.

A criação de cotas pela Prefeitura de São Paulo segue uma discussão que existe em nível federal. A Comissão de Direitos Humanos da Câmara dos Deputados aprovou no dia 18 um projeto de lei que reserva para negros e pardos 20% das vagas em concursos públicos da administração federal.

Já em São Paulo, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) lançou um projeto de lei que institui pontuação extra para negros, pardos e índios em concursos públicos estaduais.

Fonte: G1
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login