Home » News » AL/MT deve publicar resultado de concurso até fevereiro, diz presidente

Provas foram realizadas em Cuiabá e Várzea Grande no início de dezembro. Edital da Fundação Getúlio Vargas não prevê data para divulgar resultado.

O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), deputado Romoaldo Júnior (PMDB), declarou nesta quinta-feira (2) que prevê que os resultados do concurso público realizado em parceria com Fundação Getúlio Vargas (FGV) deverão ser divulgados até o início do mês de fevereiro. As provas foram realizadas nos dias 7 e 8 de dezembro em Cuiabá e Várzea Grande, cidade da região metropolitana da capital.

A reportagem procurou o deputado estadual em busca de uma previsão de divulgação do resultado devido à ausência de qualquer data estipulada no edital do concurso público. Na central de atendimento telefônico da FGV, o candidato recebe apenas esclarecimentos a respeito do edital, de forma que não consegue obter qualquer previsão sobre o resultado oficial. A orientação acaba sendo a de esperar e acompanhar o site da instituição.

Já Romoaldo indicou nesta quinta-feira que até o fim do mês o resultado deverá ser publicado. No máximo, no começo do mês de fevereiro.

O concurso da ALMT visa preencher 430 vagas ofertadas para o serviço público no Poder Legislativo, sendo 168 para preenchimento imediato. Os salários variam de R$ 2.286,22 a R$ 6.057,00.

O certame atraiu mais de 32 mil pessoas. As provas foram realizadas em 35 locais nas cidades de Cuiabá e Várzea Grande.  No último dia 10 os gabaritos oficiais foram disponibilizados no site da FGV.

O concurso da ALMT foi lançado em julho, mas acabou suspenso após indícios de irregularidades e desajustes no edital. A empresa realizadora do certame foi trocada pela FGV.

Antes responsável pelo processo, a IDP Cursos e Projetos desistiu do contrato com a ALMT alegando que o certame previa uma demanda de até 17 mil inscritos, enquanto a procura, segundo informou à época o presidente Romoaldo Júnior, estava por volta de 50 mil candidatos – o que, na realidade, foi cerca de 35% menor que a estipulada.

Fonte: G1
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

2 Comments

  1. Hilvanete Suares disse:

    No dia 10.12 foi publicado o gabarito preliminar para interposição de recursos, até hoje estamos aguardando o gabarito final.

  2. Marilene Mello disse:

    Fiz o concurso e achei muito estranho o segundo resultado oficial da prova objetiva de português, pois todas as respostas estavam diferentes das respostas do primeiro gabarito, também oficial. Nunca vi isso acontecer em uma prova de concurso. Pra se pensar…………. ????????????.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *