Home » News » Polícia Científica/GO: Apesar de suspensão, concurso pode ser mantido

Foi realizada nesta quinta-feira, dia 16, uma reunião com o Governador do Estado de Goiás, Marconi Perillo, para definir se será adiada a abertura do concurso para a Polícia Científica de Goiás. O motivo do adiamento seria um decreto do governo estadual, publicado no último dia 2, que determina a suspensão da abertura de novas seleções com o intuito de conter gastos no âmbito do Poder Executivo.

O documento designa 12 medidas para evitar gastos da administração pública, válidas por seis meses, entre as quais suspender a realização de concursos públicos, assim como de seleções para a contratação de temporários. Contudo, o decreto também prevê que sejam feitas exceções em alguns casos. Em evento neste dia 14, o governador anunciou que a seleção será autorizada, o que reforça a possibilidade de a mesma ser mantida.

A abertura da seleção estava sendo analisada pela Secretaria de Estado de Gestão e Planejamento de Goiás (Segplan-GO). Encerrada essa etapa, o que deveria ocorrer até o fim deste mês, seria iniciada a licitação para a escolha da organizadora. A publicação do edital estava prevista para março.

A corporação pretende ofertar 250 oportunidades para perito criminal, 150 para médico legista, 100 para função de papiloscopista policial, e 60 para auxiliar de autópsia. Haverá oportunidades para os níveis fundamental – auxiliar de autópsia – e superior – perito criminal, médico legista e papiloscopista policial. De acordo com a superintendente de Polícia Técnico-Científica, Rejane da Silva Sena Barcelos, os aprovados na função de perito e médico- legista recebem, inicialmente, R$5.700, e os habilitados em auxiliar de autópsia, R$2.711.

O último concurso, realizado em 2010 pela Fundação Universa, foi para formação de cadastro de reserva em cargos de níveis fundamental (auxiliar de autópsia, auxiliar de laboratório criminalístico, fotógrafo criminalístico) e superior (médico legista, papiloscopista policial, e perito criminal).

Os 31.525 inscritos foram avaliados por provas objetiva (todos os cargos) e discursiva (nível superior); análises de aptidão física, médica e exame psicotécnico, avaliação de vida pregressa e investigação social, e curso de formação profissional. O processo teve validade de dois anos.

Fonte: Folha Dirigida
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

4 Comments

  1. Leonardo disse:

    Esse concurso sai este ano, ainda? e vocês sabem informar a remuneração de Papiloscopista atualizada?

  2. wilson disse:

    Quero saber se há um concurso para fotografo da policia técnico cientifica em andamento, ou aguardando edital.
    Grato

  3. TANIAMAR SOUZA BRASIL disse:

    GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE ESTE CONCURSO, SE VAI SER MESMO ANULADO.

  4. FAGNER disse:

    ALGUÉM SABE O NUMERO DE INSCRITOS NO CONCURSO DE AUXILIAR DE AUTOPSIA DO GOIAS?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login