Home » News » Analisando a banca: Fundação Carlos Chagas

Uma das melhores estratégias para conquistar a aprovação é conhecer os critérios e metodologias da banca responsável pela organização do concurso. Conhecer o perfil de cada banca é uma grande vantagem para qualquer candidato. Por isso, o Mapa da Prova elaborou uma série com análises das principais bancas do país. Na última reportagem da série analisamos o Cespe/UnB. Agora é a vez da Fundação Carlos Chagas (FCC).

As provas da FCC são compostas por questões de múltipla escolha de cinco alternativas, nas quais devem-se identificar o item correto ou o item errado, de acordo com o que é pedido no comando da questão, por isso, ao resolver provas da FCC, é aconselhável estar atento se o enunciado pede para que seja marcada a questão correta ou a questão errada. A FCC costuma pedir mais que se aponte a alternativa errada do que as outras bancas.

Uma das características mais marcantes da FCC é que as provas se utilizam de parte maior do edital, o que significa que o conteúdo programático é mais diluído na prova. Além disso, a FCC utiliza formas e fórmulas repetitivas. O conhecimento explícito do edital e o treinamento pelas questões da FCC costumam ter um resultado interessante, pois você vai se sentir mais familiarizado com o conteúdo das questões.

A FCC é notória promotora de concursos de Tribunais Regionais do Trabalho e, em menor grau, de outras instituições do Judiciário. Se você está estudando para algum concurso jurídico é provável que a prova seja da Fundação. Assim, o estudo contínuo e atualizado das questões desta banca pode ser a melhor forma de trabalhar em um tribunal.

Em português o domínio do verbo é primordial para o bom desempenho na prova. A regência e a concordância, os tempos e os modos, estão sempre presentes. O Português pedido pela FCC é extremamente normativo, enquanto outras bancas aceitam a utilização sub normativa ou contemporânea da língua.

Na seara legal há a necessidade do conhecimento explícito da lei. Na FCC a ‘letra da lei’ acaba se tornando mais importante do que interpretações doutrinárias ou jurisprudenciais.

Em Informática e Tecnologia da Informação as questões tendem às interpretações e usos funcionais da disciplina, sempre buscando aferir se o candidato possui o uso da tecnologia e dos conceitos requisitados. Neste sentido o uso de tecnologias recorrentes — como ferramentas de produtividade ou suites de escritório — se tornam presentes nas provas de Informática mais básica, enquanto os usos de gerenciadores de bancos de dados ou de sistemas de segurança informacional nas provas de TI.

A FCC
A Fundação Carlos Chagas é uma instituição privada sem fins lucrativos, dedicada à avaliação de competências cognitivas e profissionais e à pesquisa na área de educação. Fundada em 1964, expandiu rapidamente suas atividades, realizando, em todo o Brasil, exames vestibulares e concursos de seleção de profissionais para entidades privadas e públicas.

A FCC executa integralmente todas as atividades necessárias para a realização de processos seletivos – Concursos e Vestibulares – e de Avaliação Educacional. A fundação dispõe de bancas examinadoras formadas por profissionais especializados em cada uma das disciplinas que comporão as provas.

De acordo com a fundação, são desenvolvidos estudos, com base nas análises estatísticas dos resultados das provas e das questões aplicadas, para aperfeiçoar suas provas objetivas, dissertativas ou práticas e demais processos. A Fundação Carlos Chagas já foi responsável por processos seletivos de órgãos públicos dos três poderes e autarquias, fundações e empresas públicas. A atuação da banca tem destaque no Poder Judiciário, para o qual já foi responsável por concursos de 9 Procuradorias, 6 Tribunais Estaduais de Justiça, todos os 24 Tribunais Regionais do Trabalho, 20 Tribunais Regionais Eleitorais, 17 Tribunais de Contas, 5 Tribunais Regionais Federais, além de seleções para o Tribunal Superior do Trabalho e o Tribunal Superior Eleitoral e tribunais de alçadas civil e criminal, entre outras seleções.

Para o Poder Executivo são quase 100 órgãos que tiveram suas seleções realizadas pela FCC, entre prefeituras municipais, secretarias de estado, ministérios e órgãos de segurança pública.

Já para o Poder Legislativo, são quase 10 Casas Legislativas entre câmaras municipais, assembleias estaduais e Câmara Federal.

Fonte: Blog Mapa da Prova
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

4 Comments

  1. Carlos Samuel disse:

    ótimo artigo!

  2. Gustavo Moura disse:

    Qual é a opinião sobre as provas discursivas, aplicação da redação da banca?

  3. Eliene Moreira de Sena Mamado disse:

    Excelente descrição! Vou ficar atenta para as outras bancas. Pena que perdi da banca CESPE. Onde posso encontrar a descrição?

  4. stefanni disse:

    Muito bom, realmente algumas das quais foram citadas,já havia notado, este post só me fez ter certeza !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login