Home » News » Banpará define organizadora do concurso

O Banco do Estado do Pará (Banpará) confirmou nesta quinta (20) a organizadora do seu concurso público. A escolhida é a Inaz do Pará Serviços de Concursos Públicos LTDA. Com isto, segundo responsáveis pelo concurso da instituição, a expectativa é de que a publicação do edital ocorra, no mais tardar, até a primeira semana de março.

A oferta será de dez vagas imediatas,  para os cargos de técnico bancário de ensino médio (5), técnico de nível superior – médico do trabalho (1)  e técnico do trabalho – contador (4).  No caso de técnico de nível médio, o concurso também será para formar cadastro reserva de pessoal.

As remunerações iniciais são de R$ 1.648,12 para técnico de nível médio e R$ 6.450 para médico do trabalho. Para contador, a remuneração ainda será confirmada, mas deve variar de R$ 2 a R$ 4 mil, segundo responsáveis pelo concurso.

O edital de licitação determina um prazo de até 20 dias entre a assinatura do contrato com a organizadora e a publicação do edital, o que reforça que a liberação do documento  deve ocorrer de forma bastante rápida.

Para concorrer a técnico na área médica, além de nível superior será necessário possuir pós-graduação em medicina do trabalho e experiência de um ano no cargo. No caso de contador, além de graduação na área, será exigido registro no respectivo conselho regional.

As vagas de nível superior serão destinadas para a cidade de Belém e as de técnico de ensino médio, para Belém, Santarém, Marabá e Castanhal.

Para técnico de nível médio, já está definido que a prova será composta de 60 questões, sendo 30 de conhecimentos básicos e 30 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos básicos, os temas serão sobre língua portuguesa (10), raciocínio lógico (10),  noções de informática (5) e atualidades (5). Em conhecimentos específicos serão sobre matemática financeira (5), atendimento e noções de ética (5) e conhecimentos bancários (20).

Para técnicos nas áreas médica e de contador  serão 60 questões, sendo 20 de conhecimentos básicos e 40 de conhecimentos específicos. Em conhecimentos básicos a prova versará sobre  língua portuguesa (10), raciocínio lógico (5) e noções de informática (5). As 40 de conhecimentos específicos serão sobre atribuições do cargo.

Fonte: JC Concursos
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Login