Home » News » EBSERH divulga resultado final de concurso com 702 vagas para HU-UFTM

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) divulgou por meio da banca, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), o resultado final do concurso que oferta 702 vagas de níveis médio e superior para lotação no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HU-UFTM).

Saiba mais
O primeiro edital ofertou 13 vagas de nível superior para advogado, analista administrativo (administração), analista de tecnologia da informação (suporte e redes), engenheiro (civil, clínico, de segurança do trabalho e eletricista), pedagogo e psicólogo. Outras 90 chances foram de nível médio para assistentes administrativos e técnicos de informática e em segurança do trabalho. Os salários variam de R$ 1.841 a R$ 7.774.

No segundo edital foram 212 vagas para nível superior, nos cargos de assistente social, biólogo, biomédico, cirurgião-dentista, enfermeiro (assistencial, cardiologia, saúde do trabalhador, nefrologia, oncologia, terapia intensiva, terapia intensiva neonatal), farmacêutico, físico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, profissional de educação física, psicólogo, tecnólogo em radiologia e terapeuta ocupacional. Além de 313 oportunidades de nível médio para técnico em saúde bucal, em radiologia, em óptica, em laboratório de patologia, de farmácia e em enfermagem. Os salários vão de R$ 1.630 a R$ 7.774.

O terceiro documento ofereceu 74 chances para médicos formados em anestesiologia, cancerologia clínica, cardiologia, cirurgia cardiovascular, cirurgia de mão, cirurgia geral, cirurgia plástica e vascular, clínica médica, endocrinologia e metabolismo, endoscopia digestiva, geriatria, ginecologia e obstetrícia, hematologia e hemoterapia, infectologia, medicina do trabalho, medicina fetal, neurologia, oftalmologia, patologia, pediatria, pneumologia, radioterapia, urologia, entre outras especialidades.

Cinco por cento das vagas são destinadas a pessoas com deficiência. Além das provas objetivas, houve avaliação de títulos e experiência profissional, a depender da escolaridade.

Fonte: Correio Web
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

A Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH) divulgou por meio da banca, o Instituto Americano de Desenvolvimento (Iades), o resultado final do concurso que oferta 702 vagas de níveis médio e superior para lotação no Hospital das Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (HU-UFTM).

Saiba mais

O primeiro edital ofertou 13 vagas de nível superior para advogado, analista administrativo (administração), analista de tecnologia da informação (suporte e redes), engenheiro (civil, clínico, de segurança do trabalho e eletricista), pedagogo e psicólogo. Outras 90 chances foram de nível médio para assistentes administrativos e técnicos de informática e em segurança do trabalho. Os salários variam de R$ 1.841 a R$ 7.774.

No segundo edital foram 212 vagas para nível superior, nos cargos de assistente social, biólogo, biomédico, cirurgião-dentista, enfermeiro (assistencial, cardiologia, saúde do trabalhador, nefrologia, oncologia, terapia intensiva, terapia intensiva neonatal), farmacêutico, físico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo, nutricionista, profissional de educação física, psicólogo, tecnólogo em radiologia e terapeuta ocupacional. Além de 313 oportunidades de nível médio para técnico em saúde bucal, em radiologia, em óptica, em laboratório de patologia, de farmácia e em enfermagem. Os salários vão de R$ 1.630 a R$ 7.774.

O terceiro documento ofereceu 74 chances para médicos formados em anestesiologia, cancerologia clínica, cardiologia, cirurgia cardiovascular, cirurgia de mão, cirurgia geral, cirurgia plástica e vascular, clínica médica, endocrinologia e metabolismo, endoscopia digestiva, geriatria, ginecologia e obstetrícia, hematologia e hemoterapia, infectologia, medicina do trabalho, medicina fetal, neurologia, oftalmologia, patologia, pediatria, pneumologia, radioterapia, urologia, entre outras especialidades.

Cinco por cento das vagas são destinadas a pessoas com deficiência. Além das provas objetivas, houve avaliação de títulos e experiência profissional, a depender da escolaridade.

Fonte: Correio Web

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *