Home » News » Mais de 2 mil vagas encerram inscrição nesta quinta; salários até R$ R$ 18 mil

Acaba nesta quinta-feira (27/2), o prazo de inscrições de quatro concursos públicos que, juntos, ofertam 2.367 vagas. As oportunidades são para ingresso na Marinha do Brasil; no Corpo de Fuzileiros Navais da Marinha; na Defensoria Pública do Rio de Janeiro (DPGE/RJ) e na Procuradoria-Geral do Acre (PGAC). Há chances para todos os níveis de escolaridade, com salários de até R$ 18 mil.

Marinha
São 180 vagas, abertas pelo Centro de Instrução Almirante Graça Aranha (Ciaga), para ingresso no curso de formação e adaptação de aquaviários. Interessados podem se inscrever pelo site www.ciaga.mar.mil.br.

Há chances de nível fundamental e médio técnico para ambos os sexos. Os postos são: moço de convés, moço de máquinas, cozinheiro, taifeiro, enfermeiro e auxiliar de saúde. Candidatos ainda devem possuir indicação de empresa. Haverá provas no dia 26 de abril, além de teste de suficiência física. A data de início do curso de formação ainda não foi definida. Ele será ministrado no Rio de Janeiro, Angra, e Macaé.

Fuzileiros Navais
São oferecidas, ao todo, 1.860 vagas – sendo 1.620 chances preferencialmente para candidatos do Sul e Sudeste para lotação no Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (Ciampa); e 240 vagas destinadas preferencialmente a candidatos do Nordeste e Centro-Oeste, no Centro de Instrução e Adestramento de Brasília (Ciab).

Interessados podem se inscrever pelo site www.mar.mil.br/cgcfn. A taxa custa R$ 12. Para participar é preciso ter entre 18 e 21 anos de idade, altura mínima de 1,54m e máxima de 2,00m, além de ter nível fundamental completo.

O concurso será composto por seis etapas: exame de escolaridade (no dia 29 de abril), verificação de dados biográficos, verificação de documentos, inspeção de saúde, teste de suficiência física e exame psicológico. Quem passar por todas as fases poderá se matricular no dia 27 de julho de 2015 no curso de formação de soldados fuzileiros navais, com duração de 17 semanas, a ser realizado no Ciampa, no Rio de Janeiro, e no Ciab, em Brasília. O salário será de R$ 590. Se aprovado, o então soldado passa a receber R$ 1.435.
Após o curso, as 1.860 vagas são divididas da seguinte maneira: 1.079 para o RJ, 186 para o DF, 74 para o RS, 112 para o PA, 74 para o MS, 205 para o AM, 56 para o RN e 74 para a BA.

DPGR/RJ
A oferta é de 321 oportunidades para níveis médio e superior. Do total de vagas, 5% são reservadas para deficientes e 20% para candidatos negros e índios. Os salários variam entre R$ 2.914,97 e R$ 3.589,52 para jornadas de trabalho de 40h semanais.

Interessados podem se inscrever até as 23h59, por meio do site da banca organizadora, a Fundação Getulio Vargas (FGV). As taxas de participação são de R$ 77 e R$ 110, para níveis médio e superior, respectivamente.

Haverá provas objetivas no dia 6 de abril no turno matutino para nível superior, e vespertino para nível médio. Do total de chances, 252 são para o cargo de técnico superior jurídico (bacharéis em direito); 50 para técnico superior especializado (graduados em engenharia civil, estatística, contabilidade, economia, psicologia, entre outros) e 19 para técnico médio. A seleção é válida por um ano, podendo ser prorrogada por igual período.

PGAC
São seis vagas ao cargo de procurador do estado. As inscrições devem ser feitas pelo site www.concursosfmp.com.br, até às 20h. A taxa custa R$ 250. As provas objetivas, antes previstas para serem realizadas no dia 16 de fevereiro, agora serão aplicadas no dia 23 de março.

O salário é de R$ 15.378, podendo chegar a R$ 18.453,60 com titulações. De acordo com a PGAC, o número de vagas pode aumentar dependendo do interesse e disponibilidade orçamentária do órgão.

Para concorrer é preciso ser bacharel em direito e ter inscrição definitiva na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). A FMP Concursos é a banca organizadora.

Além da avaliação objetiva, os candidatos serão submetidos à prova discursiva, prática, oral e avaliação de títulos.

Fonte: CorreioWeb

1 Comment

  1. Alexsander disse:

    Como fazer parde da marinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *