Home » News » MT: Concurso para juízes atrai candidatos de todas regiões do país

O percentual de 13,38% de ausência foi baixo, segundo a organização. O Tribunal de Justiça abriu 12 vagas para juiz de Direito.

O concurso para ingresso na magistratura do Poder Judiciário de Mato Grosso atraiu candidatos de todas as regiões do país. Neste domingo (23 de fevereiro) 1.625 concorrentes realizaram a prova objetiva de um total de 1.876 que tiveram as inscrições deferidas. O percentual de 13,38% de ausência foi baixo, segundo a organização. O Tribunal de Justiça abriu 12 vagas para juiz de Direito.

Segundo o coordenador da Fundação Escola Superior do Ministério Público, Alécio Lovatto, instituição responsável pela elaboração do concurso e aplicação da prova objetiva, a previsão é de que o gabarito seja disponibilizado na próxima terça-feira (25) no Diário da Justiça Eletrônico e na página da Fundação.

“A partir daí correrão os trâmites previstos no Edital do Concurso, dando prazo para quem, eventualmente, queira entrar com recurso”, explica Lovatto.

Nascido em Londrina (PR), mas lotado em Vitória da Conquista, na Bahia, o delegado da Polícia Federal Ricardo de Castro estava confiante. “Fiquei sabendo que a estrutura do Tribunal é excelente e seu passar neste concurso com certeza ficarei aqui em Mato Grosso”.

Presente no local da prova, o desembargador Luiz Ferreira da Silva, que integra a Comissão de Concurso para a Magistratura, deixou uma mensagem àqueles que postulam a arreira.

“Hoje não se admite mais que um juiz seja fechado, mas mesmo assim ele tem que se comportar de maneira diferenciada. A magistratura é um sacerdócio e é preciso abrir mão de muitas coisas pessoais para trabalhar em prol da sociedade, atuando com equilíbrio e sensatez”, afirma.

A analista judiciária do Tribunal de Justiça do Amazonas, Natalie Lima, também tem grande expectativa. Paraense, nascida em Belém, ela já prestou concurso para a magistratura e aos 28 anos de idade está convicta do que deseja. “Não tenho dúvida que trocaria de Estado para seguir carreira”, disse ao lado do amigo também paraense, o delegado Arthur Albuquerque, que atua no Amapá e veio a Mato Grosso prestar o concurso.

Fonte: Expresso MT
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *