Home » News » CPOS/SP deve publicar novo edital já em abril

A Companhia Paulista de Obras e Serviços (CPOS), órgão do governo do Estado de São Paulo, realizará concurso público para o preenchimento de 26 vagas, sendo 8 para quem possui ensino médio com formação técnica e 18 para quem possui curso de nível superior. As remunerações iniciais variam de R$ 2.434,15 a R$ 4.402,71, com jornada de trabalho de 40 horas semanais.  De acordo com o coordenador de recursos humanos do órgão, Marcos Mabril, no decorrer desta semana deverá ser iniciado o processo de licitação para a escolha da empresa ou fundação organizadora. A intenção, segundo ele, é de que o edital de abertura de inscrições seja publicado ainda no decorrer de abril.

As 8 vagas de ensino médio serão para o cargo de projetista. Neste caso, é necessário possuir curso técnico em edificações ou desenho de construção civil. A remuneração inicial é de R$ 2.434,15.

As opções de nível superior são para tecnólogos de construção civil (6 vagas), hidráulica e saneamento (3), eletrotécnica (3), automação industrial (1),  gestão ambiental (1) e geoprocessamento (1), bem como  para engenheiros eletricista (2) e mecânico (1). Para estes, a remuneração inicial é de R$ 3.703,85 para os tecnólogos e R$ 4.402,71 para os engenheiros.

Normalmente, as contratações na CPOS são feitas por um período de 45 dias, podendo ser prorrogado pelo mesmo período. Após este prazo, sendo positivo o resultado da avaliação feita pelo responsável da área, o contrato é convertido automaticamente por prazo indeterminado, pelo regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

O último concurso do órgão ocorreu em 2013, com oferta de 11 vagas para os cargos de arquiteto, engenheiro civil, técnico de obras e técnico em segurança do trabalho. A organizadora, na ocasião, foi a RBO.

O órgão – A Companhia, criada em 1991, é responsável pelas soluções de engenharia elaboradas para os órgãos da administração direta e indireta do governo do Estado de São Paulo. Entre as atividades da CPOS estão o gerenciamento de obras, conservação e ampliação de edifícios, reformas, desenvolvimento de projetos, vistoria de terrenos, laudos de avaliação, regularização imobiliária, processamento de licitações, estudos ambientais e gestão do licenciamento ambiental.

Fonte: JC Concursos
Saiba mais no SOS Concurseiro.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *